domingo, agosto 30, 2009

Mental Health: Managing Anger

Mental Health: Managing Anger


What Is Anger?
Anger is a very powerful emotion that can stem from feelings of frustration, hurt, annoyance or disappointment. It is a normal human emotion that can range from slight irritation to strong rage.
Anger can be harmful or helpful, depending upon how it is expressed. Knowing how to recognize and express anger in appropriate ways can help people to reach goals, handle emergencies and solve problems. However, problems can occur if people fail to recognize and understand their anger.
What Are the Dangers of Suppressed Anger?
Suppressed anger can be an underlying cause of anxiety and depression. Anger that is not appropriately expressed can disrupt relationships, affect thinking and behavior patterns, and create a variety of physical problems. Chronic (long-term) anger has been linked to health issues such as high blood pressure, heart problems, headaches, skin disorders and digestive problems. In addition, anger can be linked to problems such as crime, emotional and physical abuse, and other violent behavior.
What Steps Can I Take to Help Manage My Anger?

When you start feeling angry, try deep breathing, positive self-talk, or stopping your angry thoughts. Breathe deeply from your diaphragm. Slowly repeat a calm word or phrase such as "relax" or "take it easy." Repeat it to yourself while breathing deeply until the anger subsides.
Although expressing anger is better than keeping it in, anger should be expressed in an appropriate way. Frequent outbursts of anger are often counter-productive and cause problems in relationships with others. Anger outbursts are also stressful to your nervous and cardiovascular systems and can make health problems worse. Learning how to use assertiveness is the healthy way to express your feelings, needs and preferences. Being assertive can be used in place of using anger in these situations.
Seek out the support of others. Talk through your feelings and try to work on changing your behaviors.
If you have trouble realizing when you are having angry thoughts, keep a log of when you feel angry.
Try to gain a different perspective by putting yourself in another's place.
Learn how to laugh at yourself and see humor in situations.
Practice good listening skills. Listening can help improve communication and can facilitate trusting feelings between people. This trust can help you deal with potentially hostile emotions.
Learn to assert yourself, expressing your feelings calmly and directly without becoming defensive, hostile or emotionally charged up. Consult self-help books on assertiveness or seek help from a professional therapist to learn how to use assertiveness and anger management skills.
What Else Can I Do to Deal With My Anger in a Healthy Way?
If you believe that your anger is out of control and is having a negative affect on your life and relationships, seek the help of a mental health professional. A psychologist or other licensed mental health professional can work with you to develop techniques for changing your thinking and your behavior. A mental health professional can help you to deal with your anger in an appropriate way. Choose your therapist carefully and make sure to seek treatment from a professional who is trained to teach anger management and assertiveness skills.

Reviewed by the doctors at The Cleveland Clinic Department of Psychiatry and Psychology.

sábado, agosto 29, 2009

lorsque vous êtes attaché à vos biens, vous bloquez la circulation de l’abondance?

SAVIEZ-VOUS QUE...

... lorsque vous êtes attaché à vos biens, vous bloquez la circulation de l’abondance?

Nous apprenons qu’avec l’Ère du Verseau, nous entrons dans une époque de prospérité et d’abondance. Voilà pourquoi cette nouvelle époque s’appelle l’Âge d’Or. Cela signifie que l’humain devient si créatif et conscient de ses besoins qu’il aura de plus en plus de facilités à attirer à lui tout ce dont il a besoin. Cela indique aussi que nous nous aimons assez pour savoir que nous avons droit à tout ce qui peut faciliter notre vie matérielle.

Par contre, en même temps, nous devons apprendre à ne pas être attachés à nos biens. Prenez quelques instants pour vérifier en vous votre degré d’attachement à ce que vous avez acquis. Évaluez de un à dix, combien d’émotions vous vivriez si, dans les jours qui viennent, vous perdiez tout ce que vous possédez. Seriez-vous découragé? En feriez-vous une dépression? Crieriez-vous à l’injustice? Accuseriez-vous quelqu’un d’autre? J’ai connu des personnes qui sont allées jusqu’au suicide suite à une perte importante.

Êtes-vous plutôt du genre à vous dire que si, par le passé, vous avez réussi à attirer à vous de l’abondance, vous avez encore en vous tout ce qu’il faut pour en attirer encore? Voilà l’état d’être auquel nous voulons adhérer, l’état de prospérité. Être prospère signifie savoir que quoiqu’il arrive, nous avons en nous des possibilités infinies pour faire circuler l’abondance dans notre vie.

Ceux qui sont attachés à leurs biens bloquent cette prospérité. Pourquoi? Parce que leur ego leur fait croire qu’ils SONT ce qu’ils possèdent et ce qu’ils font.

Vous n’êtes pas ce que vous faites ou ce que vous avez. VOUS ÊTES UN DIEU EN PUISSANCE QUI PEUT CRÉER TOUT CE DONT VOUS AVEZ BESOIN. Alors pourquoi y a-t-il autant de personnes qui ont des difficultés, qui vivent dans la pauvreté? C’est parce qu’elles ne réalisent pas encore qui elles SONT. Si elles perdent leurs biens ou leur travail, elles sont convaincues qu’elles ne sont plus rien et se laissent aller au découragement. Voilà pourquoi elles s’attachent tellement à leurs acquis. C’est la peur qui les domine.

Lorsque vous réalisez que vous êtes un être créateur, vous savez que toute l’abondance qui arrive dans votre vie passe à travers vous pour vous aider dans votre vie matérielle. ELLE NE FAIT QUE PASSER, vous ne devez donc pas l’arrêter en voulant la retenir. Imaginez que lorsque vous avez peur de perdre quelque chose, vous êtes en train d’ériger un barrage dans votre rivière d’abondance Lorsque votre barrage devient assez important, la rivière d'abondance ne circule plus dans votre vie.



Vous pouvez aimer quelque chose sans y être attaché. Cela implique savoir que si nous perdons quelque chose ou quelqu’un que nous aimons beaucoup, l’Univers a l’intention de nous envoyer quelque chose d’encore mieux. Le fait de nous ouvrir à CE MIEUX l’attire automatiquement. En développant cette façon de voir les choses, vous apprenez aussi à pratiquer le lâcher-prise.

Le secret est de toujours être en contact avec ce que vous voulez et de savoir ce que cela vous aidera à ÊTRE lorsque vous l'obtiendrez. Si ça ne vous enthousiasme pas, cela signifie que ça ne répond pas à un besoin.

Il se peut par contre que vous réalisez que votre désir n'était peut-être pas le meilleure moyen d'ÊTRE ce que vous vouliez. Par exemple, certaines personnes désirent avoir leur propre maison à la campagne pour ÊTRE en paix. Une fois la maison obtenue, elles réalisent que ça implique continuellement de longs déplacements pour se rendre au travail. Elles n’ont plus de temps pour se reposer à cause de tous les travaux d’entretien de cette maison et de son terrain. De plus, elles s’aperçoivent que cet entretien coûte plus cher que prévu et par conséquent, elles n’ont plus les moyens de se payer des vacances.

Si c’est votre cas, avant de vous décourager et de vous en vouloir d’avoir pris cette décision, commencez à planifier ce que vous voulez à la place. Sachez que vous ne faites jamais d’erreurs, vous ne vivez que des expériences.

Donc, restez ouverts à l’abondance et peu à peu, il vous sera plus facile de déterminer ce que vous voulez afin de répondre à un réel besoin et de laisser aller tout ce dont vous n’avez plus besoin. Vous n’aurez plus peur de perdre, car vous saurez que l’état naturel de l’humain est de vivre dans cet état de prospérité.

Avec amour,

Lise Bourbeau
Fonte:http://www.ecoutetoncorps.com/home/index_f.php

quinta-feira, agosto 27, 2009

OS 5 PRINCÍPIOS DO REIKI

OS 5 PRINCÍPIOS DO REIKI

São princípios de bem viver, adotados no REIKI pelo mestre Mikaomi Usui, estabelecidos pelo
Imperador Meiji (1869 - 1912) – época da conhecida restauração Meiji, quando o Japão passou
por uma fase de grande progresso e transformação. Os princípios visam nosso desenvolvimento espiritual e devem ser praticados por todos, reikianos ou não.

Só por hoje, não se preocupe.

Só por hoje, não fique zangado.

Só por hoje, seja grato as bênçãos que recebe.

Só por hoje, trabalhe arduamente.

Só por hoje, seja amável com todos os seres vivos.

1º princípio: Só por hoje, não se preocupe.

Preocupamos–nos porque os acontecimentos podem se desenrolar diferentes do que esperamos e desejamos, levando em conta somente as nossas vantagens. A origem da preocupação é o medo. Não adianta "carregar" os fatos ocorridos no passado, pense que fez naquele momento o melhor que podia.

A história dos monges retrata bem "o carregar". Dois monges saíram do mosteiro onde viviam para ir a outra cidade. No caminho encontraram uma moça chorando sentada à beira do rio. Um dos monges perguntou–lhe porque chorava e esta explicou que não podia voltar para casa, pois era de baixa estatura e a água do rio havia subido muito. O monge pegou – a nos braços e atravessou o rio, com ela no colo e, na outra margem, colocou-a no chão. A moça agradeceu, sorridente e feliz foi para sua casa. Os monges continuaram seu caminho. Muitas horas depois, o monge que não havia carregado a moça falou ao outro: "Nós fizemos votos de não tocar em mulheres e você pegou aquela moça nos braços." O monge respondeu: "Há mais de duas horas coloquei-a no chão. E você ainda a está carregando?"

Não se desgaste , preocupando- se com o futuro. Ele será o reflexo do que semearmos agora, no presente. Lembre-se: em tudo que acontece, existe um propósito Divino.

2º princípio : só por hoje. Não se irrite.

O descontrole emocional acarreta a perda da nossa sintonia com a energia universal, além de atrair vibrações densas. Uma maneira eficaz de lidar com a irritação é quando ela acontecer. Parar, reconhecê-la, refletir, e depois deixá-la ir...para sempre. Assim que paramos de nos identificar com a emoção negativa, ela se dissipa. Não devemos alimentar a raiva nem o ressentimento, mas expressar as nossas emoções honestamente, sem reprimi-las. A repressão das emoções é um processo que pode induzir às doenças. Procuremos viver em harmonia.

3º princípio: só por hoje, seja grato às bênçãos que recebe.

O "mau" e o "bom" fazem parte de tudo na vida. Resta-nos experimentar, enxergar cada nova experiência com novos olhos.

Devemos nos lembrar sempre da história de "os males que vêm para bem": Um homem vivia numa pequena aldeia e era muito pobre, só tinha um cavalo e se recusava a vendê-lo porque o considerava um amigo. Os habitantes do vilarejo, achavam-no estúpido, porque poderia vender o animal e acabar com sua pobreza.

Um dia, o cavalo fugiu, os aldeões concluíram que o animal havia sido roubado e melhor teria sido que o homem o tivesse vendido. Isto era um mau. O homem disse para não tirarem conclusões tão depressa e, que o único fato concreto é que o animal não estava mais lá. Dias depois, o cavalo voltou trazendo dezenas de cavalos selvagens. Os aldeões disseram que isto era bom, mas o homem disse para verem os fatos e não só um pequeno fragmento da realidade sem conhecer o todo.

O filho mais velho do homem começou a domar os cavalos e a vendê-los. O rapaz, um dia caiu de uns dos cavalos e quebrou a perna. Os aldeões acharam que isso era uma calamidade, pois o rapaz era o único a ajudar o pai. Mas, o homem continuava firme em não julgar. Logo depois, estourou uma guerra com o reino vizinho. Todos os jovens foram convocados, menos o filho incapacitado do homem... Essa história não tem fim.

Tentemos, portanto, cultivar o hábito saudável de não julgar e agradecer, não importando o que aconteça.

4º princípio: só por hoje, trabalhe arduamente.

Trabalho árduo é trabalhar em nós mesmos, dedicando-nos e devotando-nos ao nosso crescimento espiritual.

Os valores e méritos espirituais são muito diferentes dos mundanos.

5º princípio: só por hoje, seja amável com todos os seres vivos.

"Ninguém possui todas as qualidades, Deus as distribuiu entre todos, para que precisássemos uns dos outros"

Santa Catarina de Siena

Viemos da mesma Fonte de Vida e, estamos todos interligados. É importante aprender a tratar todas as formas de vida com amor e respeito porque necessitamos de todas elas.

Esta benevolência com todos os seres, e todos os reinos, inclui você. Seja amoroso com seu corpo, cuidando dele com amor, respeitando- o, pois ele é seu templo enquanto estiver aqui.

Mestre Mikaomi Usui

Mestra Master de Reiki Usui e Nossa Terra Zaira

terça-feira, agosto 25, 2009

Quantas vezes nós pensamos em desistir

Quantas vezes nós pensamos em desistir,
deixar de lado, o ideal e os sonhos;
Quantas vezes batemos em retirada,
com o coração amargurado pela injustiça;
Quantas vezes sentimos o peso da responsabilidade,
sem ter com quem dividir;
Quantas vezes sentimos solidão,
mesmo cercado de pessoas;
Quantas vezes falamos, sem sermos notados;
Quantas vezes lutamos por uma causa perdida;
Quantas vezes voltamos para casa com
a sensação de derrota;
Quanta vezes aquela lágrima, teima em cair,
justamente na hora em que precisamos
parecer fortes;
Quantas vezes pedimos a Deus
um pouco de força,
um pouco de luz;
E a resposta vem, seja lá como for,
um sorriso, um olhar cúmplice,
um cartãozinho, um bilhete, um gesto de amor;
E a gente insiste;
Insiste em prosseguir, em acreditar,
em transformar, em dividir,
em estar, em ser;
E Deus insiste em nos abençoar,
em nos mostrar o caminho:
Aquele mais difícil,
mais complicado, mais bonito.
E a gente insiste em seguir,
por que tem uma missão....... ..
SER FELIZ!
Sempre ...


Fonte:
Artes Xamânicas
http://artesxamanicas.blogspot.com

sábado, agosto 22, 2009

Solidão

Às vezes precisamos ficar sós... Precisamos dar um silêncio aos nossos pensamentos. .. Necessitamos ter essa referência centrada em nós mesmos para melhor poder entender o mundo à nossa volta... Precisamos saber e entender, o quê e porque queremos... Importante é aquilo que nos afeta, todo o resto é fútil...Se o mundo é para nós, apenas o que sentimos e observamos dele... Então... é preciso digerir e entender melhor o próprio vazio, para poder "ocupá-lo" com elementos que possam somar às experiências de nossas emoções e ao nosso conhecimento. .. Toda evolução depende de etapas inexoráveis.. . Todo conhecimento é uma base para os novos conhecimentos que serão necessários em seguida... Estar só é pré-condição inerente à nossa existência. Sempre teremos que nos separar de quem queremos. Sempre teremos dúvidas que ninguém poderá nos responder. Sempre teremos medos que não conseguiremos vencer. Sempre estaremos tristes e carentes nos momentos mais decisivos de nossas vidas... Sempre tomaremos nossas atitudes, sozinhos; baseado tão somente no que acreditamos. .. Sempre choraremos sozinhos, às nossas dores e lamentaremos a nossa vergonha...O que pudermos fazer faremos sozinhos... O que tivermos que sofrer; sofreremos sozinhos... O que tivermos que chorar; choraremos sozinhos... O que tivermos que temer; temeremos sozinhos... O que pudermos conquistar, conquistaremos sozinhos... O que pudermos merecer, mereceremos sozinhos... O quanto conseguirmos evoluir, evoluiremos sozinhos... Chegamos e partiremos sós do mundo... Somos sós mesmo que acompanhados. ..

Fonte: Artes Xamânicas
http://artesxamanicas.blogspot.com

quinta-feira, agosto 20, 2009

Meditação

A meditação é o método mais eficaz de desenvolvimento de nossa consciência assim como de nossas percepções sensoriais e intuitivas.. . As respostas às nossas dúvidas e pedidos surgem sempre através de inspirações e idéias nossas ou sugeridas de algum amigo ou conhecido de nosso convívio, ou até por outras pessoas que ainda podemos vir a conhecer... Assim como praticar um esporte ou tocar um instrumento, a meditação consiste num exercício de habilidades inatas que podem ser desenvolvidas com sua prática diária. Não duvide de sua eficácia! Deus é perfeito nas coisas que faz, e sua manifestação pode ocorrer de modo por vezes inusitado.O não atendimento de um determinado pedido ou alguma dúvida que ainda persista; apesar do tremendo esforço em busca de orientação, não significa que seus sentimentos não foram ouvidos... Na maioria das vezes, é a "nossa própria consciência" que nos impede de entender e digerir as respostas às nossas questões... Nem sempre estamos em condições de entender que: o que queremos nem sempre é o melhor. E que há um poder maior do que nossa vontade; que administra os movimentos da natureza, inclusive nossas vidas... Nesse caso, devemos pedir e buscar humildade, para aceitar nossa própria incapacidade de compreensão; a fim de poder "abrir" os canais de nossa consciência; que possam captar os novos conhecimentos de que precisamos, para podermos evoluir mais um pouco... As respostas às nossas dúvidas surgirão na proporção em que tivermos capacidade de compreender e assimilar as imutáveis leis da natureza...

Pra pensar um pouco...

" A Consciência Espiritual nunca deve ser um objetivo em nossas vidas; mas sim, a consequência de viver e aprender um dia de cada vez..."



Fonte:
Artes Xamânicas
http://artesxamanicas.blogspot.com/

terça-feira, agosto 18, 2009

É triste...

É triste ver tanta gente lutar para sobreviver.
E não estou falando apenas daqueles que ganham salário mínimo,
mas de executivos que vivem angustiados
com tantas pressões,
de empresários que fogem de suas famílias,
pois não aprenderam a amar,
de pessoas de todos os níveis sociais que estão
sempre assustadas perante a vida.
São pessoas que não vivem.
Apenas sobrevivem,
como se estivessem numa crise asmática permanente:
aquela eterna falta de ar e,
de vez em quando, o alívio rápido e passageiro.
Logo depois sentem de novo o sufoco insuportável.
Essas pessoas não vivem, sobrevivem.
E apenas sobreviver é trabalhar em algo sem
sentido só para manter o salário;
é fazer joguinhos de poder
para manter o emprego;
é sair com alguém que não se ama
somente para placar a solidão;
é ter relações sexuais só
para manter o casamento;
é não conseguir desgrudar os olhos da TV,
com medo de escutar a voz da consciência;
é ter de tomar alguns drinques para
conseguir voltar para casa.
A sociedade nos pressiona diariamente para
nos transformar em máquinas.
Todos os dias, pela manhã,
uma multidão liga seu corpo como se fosse mais
uma máquina e sai pela porta para uma
repetição infinita de ações rotineiras
sem nenhuma relação com sua vocação
e seu talento.
E muita gente chama a isso livre-arbítrio.
Depois vão a massagens,
saunas, fazem um monte de ginástica em busca de um pouco de energia extra para,
no dia seguinte,
voltar a fazer o mesmo trabalho que não tem
nenhuma relação com sua alma.
Muitos estados de depressão são,
na realidade,
frutos de uma terrível sensação de inutilidade.
Esse olhar vago do deprimido é muitas vezes o
olhar de quem poderia ter
aproveitado as oportunidades da vida,
mas não soube valorizar o que era
realmente importante.
Se, por acaso,
você se identificou com a descrição acima,
está na hora de mudar.
Aproveite o início de semana e mude !
O filósofo espanhol Julián Marías escreveu que a infelicidade humana está em não preferir o
que preferimos.
Quando uma pessoa não prefere o que prefere,
acaba se traindo.
As escolhas de nossa vida têm sempre de privilegiar a nossa essência.
Nossa vocação não tem nada a ver com
ações sem afeto.
O ser humano nasceu para realizar a
sua vocação divina.
No entanto,
quantas vezes acabamos nos dedicando
exclusivamente à sobrevivência!
Sobreviver e viver são experiências
completamente distintas.
Viver é ser dono do próprio destino.
É saber escrever o roteiro da própria vida.
É ser participante do jogo da existência,
e não mero espectador.
É viver as emoções,
é ter os próprios pensamentos e viver
os seus sonhos.
Sobreviver é administrar o tempo para que o dia
acabe o mais rápido possível.
É conseguir ter dinheiro até o próximo pagamento.
É respirar de alívio porque chegou o
final do expediente.
É ir resignado de casa para o trabalho
e do trabalho para casa.
É adiar o máximo possível as mudanças
para não ter de arriscar nada...
Chega de migalhas da vida!
Chega de viver como um fugitivo,
olhando para os lados,
com medo de tudo e de todos!
O ser humano merece mais
do que simplesmente completar seus dias.
Merece a plenitude da vida.
"Se você já construiu castelos no ar,
não tenha vergonha deles.

Estão onde devem estar.
Agora, construa os alicerces."


Fonte:
Artes Xamânicas
http://artesxamanicas.blogspot.com

domingo, agosto 16, 2009

RAFAEL- ARCANJO DA CURA

O BEM AMADO RAFAEL
ARCANJO DA CURA E DA DEDICAÇÃO


O Arcanjo RAFAEL (Seu Complemento Divino: MÃE MARIA) do Quinto Raio da Cura e Consagração, diz: "Consagrai a vós próprios e no mesmo instante, quando vossos olhos enxergarem imperfeições - vós sabeis aonde podeis encontrar o vosso EU SOU! Dizei em vosso íntimo: "Bem-Amado Pai, perdoai a minha transgressão da Lei do Amor. Bem-Amado Arcanjo Rafael, santificai, novamente, meus olhos, para que eles somente vejam a Perfeição!" Se ouvistes falatórios negativos, se vossas mãos gesticularam impacientemente, se deixastes explodir um mau humor, se vossos lábios proferiram palavras ásperas, dizei em vosso íntimo: "Bem-Amado Pai, perdoai-me do mau uso que fiz de Vossa Energia!" Deveis renovar constantemente esta idéia; Paderewski não chegou a ser um mestre da música no curto espaço de um dia!... Somente está em perigo aquela emanação de vida que, por si só, não se ergue, por si só não se levanta, limpando os joelhos do pó e tentando novamente aceitar as bênçãos do Céu. Consagrarei diariamente vossos quatro corpos inferiores, vinte e quatro vezes por dia, se Eu for apelado para fazê-lo e se tiverdes necessidade. Não me faz diferença, este é o objetivo de minha existência.
APELO:

Bem-Amado Arcanjo Rafael, eu vos amo e vos abençôo.
Agradeço Vosso grande auxílio prestado à mim e à humanidade. Selai-me e a todas as pessoas na Vossa Chama da Consagração e da Perfeição! Auxiliai-me a ver somente a PERFEIÇÃO! Eu penso na PERFEIÇÃO, eu sinto a PERFEIÇÃO, eu vejo a PERFEIÇÃO, eu ouço a PERFEIÇÃO, eu falo a PERFEIÇÃO - EU SOU e manifesto somente a PERFEIÇÃO, agora e para sempre.


Fonte : NAVELUZ

sexta-feira, agosto 14, 2009

Bad Emotional Habits and How to Break Them

©2009 by Donna Cunningham, MSW

Editors’ note: The following is adapted, with her permission, from Donna’s The Moon in Your Life, published by RedWheel/Weiser and now out of print. Used copies can still be obtained through Amazon.com.

Some folks aren’t happy unless they’re sad. Others need anger to keep them pumped up. For some people, dwelling on self‑pity or victimization become well‑worn grooves that occupy an emptiness they would not otherwise know how to fill. Here I’m talking about the feeling tone that typifies each of us. “Delores is always depressed. What a sad sack!” “Bob would rather bite your head off than say hello. He’s always in a foul mood.”

Although a broad range of emotions is possible, most of us experience and express a very narrow range. Many negative emotions that torment us persistently are bad habits we learned very early. We are no longer conscious of why they arose, so these tapes switch on automatically in stressful situations. In a crisis, we play the same tapes, only louder. Your own habits may not be so extreme, but most of us have a small repertoire of feelings that get triggered repeatedly. Here are some techniques that can help you stop falling into negative patterns, along with flower essences to help shed these habits.

The Habit of Worry: I once kept a worry box. Each time I was consumed with anxiety about some situation, I wrote it on a piece of paper. I prayed over it and dropped it into the box, making a conscious effort to let go of the fear. At the end of six weeks, I opened the box and read the slips. Out of 26 worries that had been my total reality for hours or days, only one had happened. The other 25 were dimly remembered figments of my imagination. This exercise gave me a new perspective on my anxieties. After that, I was much more able to say a prayer and let go of the fear. (Bach’s White Chestnut is helpful for worry, while Aspen is for anxiety.)

The Habit of Self‑Pity: Self‑pity is different from honest pain about your life situation. Poor‑meism is a set up for self-indulgent behavior that ultimately becomes destructive. One way out is to stop believing you’re a victim. Find out whether you’ve created your own painful reality and allowed people to victimize you. Working your way out of such situations would be important for your general well being. (Bach’s Centaury is very helpful for those who allow others to take advantage. )

Making a list each day of the things you’re grateful for is a constructive habit to offset self‑pity. At first you may not be able to think of any, but the habit of a gratitude list is a great uplift. Another excellent way to combat it is to spend time doing something for someone who’s even worse off than you are. (Bach’s Heather can help the pattern.)

The Habit of Guilt: Many of us live in a pervasive aura of worthlessness with nothing concrete to justify it. We might see this situation with a strongly Plutonian person. The gnawing guilt, no longer consciously attached to any particular misdeed, becomes a way of life. It’s there, waiting to fasten onto some current misdemeanor and magnify it. “I shouldn’t have snapped at John. I feel so guilty.” “Why didn’t I offer to drive her home? That was selfish.” If no current transgression can be found, the person who is dogged with guilt can drag something out of the past to chew over. (This type would benefit greatly from a few months of taking Bach’s Pine.)

Chances are, you’ll discover along the way that you’re not such a terrible person after all, that you acted out of immaturity and ignorance, and that you’ve grown enough not to make those mistakes again. Ask whatever form of deity you believe in to forgive you‑‑even if you don’t believe, pretend and do it anyway. Most important, work on forgiving yourself. (Alaskan Flower Essences’ Mountain Wormwood and Alpine Azalea can help you come to self-forgiveness.) After these exercises, we experience a karmic clearing so we no longer carry such a load of guilt or unworthiness.

The Habit of Negativity: This habit casts a cloud over your every thought and paralyzes your efforts to have a better life. We create our own reality by our thought patterns. For instance, if you believe you won’t get the job you’re applying for, you will behave in such a self‑deprecating way that prospective employers will think twice about hiring you. Metaphysical studies can help substitute positive thoughts for negative ones. Delete words like CAN’T from your vocabulary. (The word WON’T is often closer to the truth.) You will need to work consistently on your thoughts if you wish to overcome a lifetime of negative programming from your parents and culture. (Pegasus’ Pennyroyal and Bach’s Larch are helpful here.)
There are other emotional bad habits. You may have some we’ve discussed and some that are your own personal brand. Coming to see them as the bad habits they are, rather than the gospel truth about your life, is a step toward changing them. With work, bad habits can be broken and positive new ones established. When the old tape starts playing, stop it sharply by saying, “NO! That’s not the truth! I deserve better than that!” Become aware of emotions you were conditioned to feel, like hopelessness or self‑flagellation, and look beyond them to your real feelings.

Let’s be clear that the remedies do not take feelings away. They are not liquid Prozac. They help you become aware of your true feelings and work through them more quickly, neither stuffing nor holding onto them. For instance, remedies for grief, such as Hackberry by Desert Alchemy or Bleeding Heart by the Flower Essence Society, will not take away your grief. However, they will help you work through bereavement without either getting stuck in any of the stages or freezing the grief, only to have to confront it years later. They also help resolve difficult emotions and experiences in a healthy and frequently spiritual way. The remedies help you come to terms with that death. You may become willing to let go of the person, so you both can continue in your evolution.

Astrology Lovers: See a related article on Donna’s blog, Skywriter: The Moon Signs and their Emotional Habits

About the Author: Donna Cunningham is an internationally-respected author of books, articles, and columns about astrology, flower essences and other metaphysical topics. Her insights reflect her dual background in astrology and psychotherapy. She has a Master’s degree in Social Work from Columbia University and over 40 years of experience. Her ebooks–including one on essences–can be found at Moon Maven Publications (http://www.moonmavenpublications.com) Visit her blog at http://skywriter.wordpress.com. For the past 11 years, she has co-created Vibration Magazine and Blog with Deborah Bier.

Art Credit: The lovely and vibrant dahlia photos come from Lynne Herlacher out of her own garden. Lynne and her friend Linda maintain GarageSails.com, a website about garage, estate, and rummage sales in and around Portland, OR. See it at http://www.garagesails.com/index.html.

Fonte: http://www.floweressencemagazine.com/blog/?p=619

quinta-feira, agosto 13, 2009

Cura Espiritual

por Silvia Rêgo

Para podermos compreender o que é a Cura Espiritual e como esta funciona é importante o auto-conhecimento assim como o conhecimento do mundo que nos rodeia. Desta forma, teremos uma compreensão mais alargada da saúde e da doença, de maneira a podermos utilizar este tipo de conhecimento no sentido de melhor desenvolvermos as nossas vidas e de compreendermos as razões da nossa existência.

Todos nós temos uma razão para estar aqui e uma missão para cumprir, a saúde ou a falta dela estão diretamente ligadas ao nosso enriquecimento pessoal e à pesquisa que devemos desenvolver enquanto estivermos no plano material. O nosso eu superior sabe qual é essa pesquisa e como deve ser conduzida e realizada.

A Cura Espiritual faz-se através da imposição das mãos sobre as pessoas, coisas, locais, animais ou qualquer tipo de vida.

Todos nós já passámos pela experiência de colocar as mãos sobre um determinado local, quando nos magoamos e, de imediato, sentimo-nos melhor.

A vontade de ajudar outras pessoas através deste simples gesto da imposição das mãos sob o local doente, é tão antiga como a própria humanidade. A prova de que este gesto cura remonta a milhares de anos atrás, até ás antigas práticas curativas dos Kalunas da Polinésia e dos povos da Austrália e da América. Tanto nos textos sânscritos, chineses e aramaicos, o simples pousar das mãos era paradigmático e utilizado nas diversas actividades curativas.

Todos nós, de alguma forma, já experimentamos os benefícios e o conforto do toque das mãos de outra pessoa, assim como a sua oposição, isto é, já sentimos a rejeição ao simples toque de alguém. Alguma coisa é, sem dúvida, transmitida de uma pessoa para outra, para além das suas intenções. Ao tocarmos, o nosso corpo ou o dos outros com uma intenção de cura, é ativado todo um processo energético de cura física e espiritual.

A Cura Espiritual é a transmissão de energia curativa da fonte espiritual que é Deus para alguém que está a necessitar dela. Esta cura é feita através de um curador treinado para ser o veículo transmissor dessa energia e deverá ser alguém que se encontre num estado evolutivo já avançado.

A sessão de cura

Quando alguém tenciona procurar um curador espiritual, deverá, em primeiro lugar, informar-se sobre as capacidades e seriedade desse terapeuta. Grande parte dos pacientes acha o contato físico das mãos do curador relaxante e, ao mesmo tempo, revigorante. Ao toque das mãos do curador, é natural a pessoa sentir um fluxo energético em todo o seu corpo, uma sensação de calor, frio, formigueiro ou a cabeça um pouco aérea, para logo em seguida estas sensações serem acompanhadas de um relaxamento, libertação e grande bem-estar. A partir do momento em que se estabelece a interação das energias de cura com o seu próprio corpo, as carências da pessoa a tratar irão direcionar o curso do tratamento.

Pode acontecer que a seguir a um tratamento o paciente sinta muita sede, devendo nestas circunstâncias tomar a água que desejar. A sensação de sonolência também pode surgir a seguir a um tratamento, nestes casos a pessoa não deve conduzir qualquer tipo de veículo e deve ser acompanhada por outra pessoa.

De um modo geral, é conveniente manter um certo intervalo entre as sessões a fim de permitir que o tratamento atue até aos níveis mais profundos. Deverá ser o curador a marcar o intervalo entre as consultas.

A partir do primeiro tratamento o paciente deverá registar e transmitir ao seu curador qualquer tipo de alterações físicas ou psicológicas que sentir, assim como quaisquer sonhos que lhe pareçam mais relevantes. Este tipo de feedback é indispensável ao fortalecimento dos laços entre o paciente, o curador e o espírito.

Quanto maior for a vontade de se curar mais fácil será o trabalho do curador. Ao colaborar de uma forma plena com o curador, o paciente está em perfeita harmonia com o seu eu superior e a assumir a consciência de que a energia vinda do universo, ao conectar-se através da imposição das mãos do curador com a energia divina que existe dentro de cada ser, faz acontecer o milagre da cura espiritual. Um ser espiritualmente são não padece de qualquer moléstia física, mental, psíquica ou espiritual. É um ser perfeito, harmonioso, saudável e cheio de luz.

A Cura Espiritual é um processo terapêutico que atinge as raízes mais profundas do ser humano, levando a saúde e bem-estar, independentemente do local em que o indivíduo se encontra sob o ponto de vista energético. Na Cura Espiritual, para além da imposição das mãos, dá-se a intervenção de várias entidades espirituais, que trabalham para esse fim.

O recurso à “Cura Espiritual” não prescinde as indicações do seu médico, nem deve ser razão para interromper qualquer tipo de tratamento médico que lhe tenha sido aconselhado.

*NAMASTÊ*
ॐ Silvia Rêgo ॐ

http://www.silviarego.blogspot.com/

quarta-feira, agosto 12, 2009

COMUNICAR-SE COM SEUS ANJOS E GUIAS ESPIRITUAIS

Canalização do Arcanjo Uriel através de Jennifer Hoffman

INTRODUÇÃO

Muitas pessoas me perguntam como aprendi a canalizar o Arcanjo Uriel.

Visto que sempre fui capaz de ouvir e ver meus guias espirituais e anjos, nunca pensei nisso como um dom ou habilidade incomum.

O Arcanjo Uriel apareceu primeiro a mim em 2004, quando eu estava fazendo uma leitura para um amigo. Era um tipo novo e diferente de energia com que trabalhar, mas eu tinha trabalhado com anjos e guias por muitos anos.

Quando trabalho com clientes, recebo frequentemente mensagens dos seus anjos e guias que, então, transmito para o cliente.

Muitas das mensagens são mais do que informações, elas são muitas vezes um pedido para que eu “ensine” à pessoa como escutar os guias por si mesma.

À medida que essas mensagens tornam-se mais preponderantes e urgentes, percebo que nem todos possuem esta habilidade ou, pelo menos, eles não a estão usando.

Então, fui solicitada a começar a ensinar as pessoas como fazer isso porque será muito útil em ajudar a todos através dos processos de cura que eles estão experienciando actualmente.

Estes tempos são de Mudança, um tempo muito difícil para todo mundo, tanto espirituais quanto não-espirituais crêem que os Trabalhadores da Luz por toda a parte estão sendo ensinados sobre o que vai acontecer com as populações que não mudarem nesta época de modo que possamos compreender as experiências que eles irão atravessar, e então serão capazes de ajudá-los.

Meus guias sempre me disseram que “vocês não podem conduzir outra pessoa através do fogo a menos que tenham sido conduzidos por si mesmos”.

Bem, eu passei pelo fogo, ultimamente! Manter uma comunicação permanente com os meus guias ajuda-me.

Mas, até eu tive que aprender como escutar sua mensagem de forma que compreendesse e pudesse me beneficiar daquilo que eles estavam me dizendo.

Este livro foi escrito para vocês, para ajudá-los a aprender como obter informações de seus próprios guias, para ajudá-los a aprender como ouvir e escutar suas mensagens.

É oferecido nas páginas da internet Uriel Heals, gratuitamente, que foi o que me disseram para fazer quando eu canalizei.
Fui informada que frequentemente ouvimos as mensagens, mas algumas vezes não as compreendemos e muitas vezes não as escutamos.

Se vocês seguirem as orientações aqui apresentadas, serão capazes de obter conhecimento e discernimento dos seus guias e anjos, que foram colocados aqui com vocês especialmente para ajudá-los em sua jornada.

Devido ao fato de que a ajuda deles é adequada para satisfazer suas necessidades, é muito importante que vocês sejam capazes de ouvir e se comunicar com eles.

Eles têm o conhecimento e as percepções que podem ajudá-los através de cada situação à medida que vocês avançam em sua jornada de cura e de aprendizagem.

Assim, encontrem um local confortável para sentar, relaxar e tranquilizar sua mente e vamos começar.

BLOQUEIOS DE INFORMAÇÕES

Uma das mais importantes razões porque vocês não podem ouvir os seus guias é que bloqueiam inconscientemente as informações.

As informações que recebem dos seus guias e anjos são destinadas a ajudá-los no propósito de sua alma, que é curar e crescer espiritualmente.

Um principal bloqueio a esse processo é o ego, que quer que vocês permaneçam exactamente onde estão.

Assim, há uma batalha furiosa em sua consciência entre a alma e o ego e este é motivo porque muitos de vocês tornam-se confusos, temerosos e duvidam até da presença da sua equipe espiritual.

E este é também o motivo porque muitos de vocês estão tendo momentos tão difíceis.

Imaginem sua vida como se fosse um jogo, com vocês como o jogador principal.

Seus guias e anjos são a equipe e seu único propósito é assegurar que vocês sejam vitoriosos – que vençam o jogo.

Tudo o que eles fazem por vocês reflecte seu propósito e por isto é tão importante para vocês aprenderem a comunicar-se com eles.

Sem a sua orientação, vocês ficam carentes de todo apoio que exigem da sua equipe para assegurar seu sucesso.

Aqueles que estão experienciando a Mudança na Consciência nesta época vêm a ser os “violadores de padrões” dos seus grupos Álmico.

São aqueles que estão se libertando, curando suas questões cármicas e criando novos paradigmas para suas vidas.

Vocês sabem quem são, como sempre se sentiram “diferentes” dos outros, mesmo daqueles da sua família imediata, podem até afastar-se deles neste momento, sob o ponto de vista físico e emocional.

Podem até ter poucos amigos e estarem se sentindo só.

A única fonte de conforto e de estabilidade que vocês possuem são seus anjos e guias, por isso é tão importante para vocês aprenderem como se comunicar com eles.

Eles têm todo o conhecimento de que vocês precisam para completar esta parte da sua jornada porque eles não precisam passar através do “véu”.

Eles se lembram dos contratos, das promessas e das tarefas que eram para vocês realizarem. Vocês são os únicos que esqueceram.

Eles podem ajudá-los a lembrar-se e proporcionar ajuda em seu caminho.

Em primeiro lugar, devem compreender porque vocês podem não estar ouvindo ou compreendendo as suas mensagens:


O MEDO

O medo coloca um muro entre vocês e a sua natureza espiritual.

É um muro que o seu Eu Superior não pode transpor e que nem mesmo os seus guias e anjos podem demolir.

Quando vocês estão agindo com medo, estão fora da vibração do amor incondicional, que é a única vibração que as dimensões superiores podem conectar-se.

Se estiverem cheios de medo não serão capazes de ouvir as mensagens de amor, de encorajamento e de orientação que os seus guias têm para vocês.

O medo possui muitos aspectos.

Pode ser o medo do fracasso ou do sucesso, o medo de não ser capaz de avançar.

Frequentemente os medos nem mesmo pertencem a vocês – vocês apenas experienciando e manifestando os medos dos outros, inclusive daqueles do seu grupo álmico.

Muitos de vocês têm medo até de que ouvirão algo que não querem ouvir, ou que serão obrigados a fazer coisas que não podem ou que sentem que não são capazes de fazer. Compreendam que qualquer coisa que o seu coração deseja está completamente dentro de suas possibilidades – vocês não desejariam se isso não fizesse parte do seu potencial.

Saibam também que os seus anjos e guias jamais pediriam algo que não fosse para o seu Bem Mais Elevado.
Como sabem que estão cheios de medo?

Façam uma introspecção e observem os seus sentimentos.

Sentem-se desconectados e “desnorteados”, confusos, feridos ou zangados?

Podem sentir pânico? Então, vocês estão com medo.

Para livrar-se do medo, traga-o para diante de si, pergunte-se o que isto significa para vocês, como o experimentaram anteriormente e do que precisam para curar-se a fim de permitir que o medo deixe a sua consciência.

Fiquem tranquilos apesar do seu medo, e vocês receberão as informações que precisarem para curar-se e liberar-se do medo.

A DÚVIDA
Embora a dúvida seja mais um aspecto do medo, é um bloqueio muito importante para a sua habilidade em interpretar e aplicar as informações que vocês recebem.

Podem duvidar da sua habilidade em ouvir, ou duvidar de suas capacidades intuitivas.

A presença da dúvida pode ser um forte impedimento a sua habilidade em comunicar-se com o domínio espiritual.

Se estiverem inseguros quanto às informações que estão recebendo, peçam para que tenham “clareza absoluta” em tudo o que ouvem.

E peçam confirmação da mensagem.

Quando pedem confirmação, estão reconhecendo que ouviram a mensagem e que agora precisam de alguma clareza.

Se abordarem tudo o que ouvirem a partir do ponto de vista da dúvida, então vocês estão afirmando que são inseguros quanto a sua capacidade de ouvir o que os seus guias estão lhes dizendo.

Quando estão cheios de dúvidas vocês desacreditam em tudo o que ouvem.

É fácil reconhecer a dúvida quando ela surge, quando ela vem a vocês na forma de declarações tais como: “eu realmente não acredito nisto” ou “eu não posso acreditar que isto seja realmente verdade” ou até “eu não posso falar com os meus guias de maneira nenhuma”.

A dúvida normalmente surge como dúvida de si mesmo, raras vezes duvidamos das motivações, julgamentos ou opiniões dos demais.

Pode ter raízes em nossas percepções de nossas capacidades intuitivas, ou mesmo de nossas crenças acerca do que ter dons espirituais significa.

Se sentirmos que aqueles mais íntimos não levarão em consideração as informações ou nos julgarão negativamente por causa de nossas comunicações espirituais, duvidaremos das nossas capacidades, das mensagens e da sua fonte.

Quando vocês se sentem duvidosos acerca do que estão ouvindo, peçam confirmação, embora acreditando que aquilo que ouviram seja a informação correcta.

Identifiquem a fonte da dúvida – vem de vocês ou há outra fonte, tais como seus pais, família ou amigos? Se a fonte for externa, permita-se identificá-la e liberar.

Se a fonte for interna, lembrem-se de que vocês são uma emanação do Deus Criador, não menos do que qualquer outro ser no Universo.

Aceitem e reconheçam seu mérito para comunicar-se com os reinos espirituais mais elevados. Reconheçam sua divindade e sua permanente conexão com a fonte.

AS EMOÇÕES

As emoções são outro bloqueio para se ouvir as mensagens e as orientações dos seus guias e anjos porque elas são frutos da realidade de terceira dimensão.

Nas dimensões superiores existe apenas uma emoção, que é o amor incondicional.

Saibam que suas emoções são simplesmente critérios de que vocês se utilizam para determinar o seu ambiente.

Muitas emoções surgem do medo, mas muito mais surgem dos dramas e ligações cármicas que vocês mantêm com aqueles do seu grupo álmico.

É importante que estejam conscios do efeito que esses dramas emocionais têm sobre vocês – eles bloqueiam seu crescimento espiritual e a capacidade de curar-se.

Se estiverem cercados por pessoas com quem estão sempre comprometidos em dramas emocionais, esses são os relacionamentos que vocês vieram aqui para curar.

Permanecer comprometidos com os dramas emocionais apenas prolongam esse processo.

Seus guias e anjos ficam incapazes de se comunicar quando vocês estão distraídos com os dramas emocionais.

Quando sentirem as emoções surgindo, tomem um ponto de vista imparcial e adoptem uma abordagem mais científica, em lugar de pular para a briga e envolver-se ainda em outra batalha.

Perguntem-se quais emoções estão sentindo, para quem elas se dirigem e por que vocês se sentem assim.

Toda energia emocional está centrada nos chackras inferiores.

Quando começam a senti-las, permitam que subam dos seus chackras inferiores para o seu centro cardíaco, declarem a intenção de curá-las e então as liberem para os seus guias e anjos e para o seu Eu Superior de modo que elas possam deixar a sua consciência.

Saibam que uma vez que se tenham liberado das obrigações auto-impostas de comprometer-se com os dramas emocionais, as pessoas e situações que são a origem desses dramas podem sair de sua vida.

Isto é como deveria ser.

Deixem que partam, enviando-lhes amor e luz.

Quando elas se despedem, saibam que vocês curaram o seu carma com elas, agora permitam que outros tipos de relacionamentos, que estão livres de carma, entrem em sua vida.

AS DISTRAÇÕES

Sua realidade de terceira dimensão é um lugar barulhento, ocupado e confuso.

Está cheio de distracções que são planejadas para mantê-los ancorados na ilusão do medo e da falta de poder que vocês mesmos criaram.

Essas distracções incluem seus entretenimentos, tais como a televisão, os empregos exigentes, o materialismo, os computadores e as obrigações com as pessoas e com as situações que podem estar tirando energia de vocês.

Saibam que existem forças trabalhando contra a Mudança e é sua intenção impedir que muitos de vocês elevem sua consciência tanto quanto possível.

Tais distracções actuam como outra barreira para as mensagens e as orientações dos seus guias e anjos.

Vocês devem conscientemente afastar-se delas e gradativamente aprenderão a achar conforto na tranquilidade do seu próprio ser interior.

Muitas vezes, vocês criaram ou adoptaram inconscientemente as distracções como um meio de evitar o seu crescimento espiritual.

As distracções são alimentadas simplesmente pela necessidade egóica de controle e ocupam sua mente por monopolizar sua capacidade de concentrar-se em sua energia.

Podem também ser na forma de amigos que gastam seu tempo, membros da família que exigem muito de vocês e actividades externas em que vocês se envolvem e absorvem todo o seu tempo.
Como estão se distraindo?

O que é prioritário em sua vida – você ou os outros?

Como podem manter sua vida livre de distracções de modo que possam aprender a concentrarem-se em si mesmos e achar a paz interna?

Vocês observarão quando começarem primeiro a criar um espaço tranquilo para a comunicação com os seus guias e o seu Eu Superior, que suas necessidades de distracções podem se intensificar.

Reconheçam essa necessidade e liberem-na.

Com o tempo e prática, acharão que vocês precisarão dessas distrações cada vez menos e aprenderão a aproveitar o tempo que gastarem com o seu ser interior.

OUVIR AS MENSAGENS

Seus guias e anjos comunicam-se com vocês de diversas maneiras.

Existem algumas directrizes que podem ajudá-los a reconhecer quando eles estão falando com vocês de modo que possam aprender a ouvir as suas mensagens.

ELES FALAM DE MANEIRA TRANQUILA

Os guias e anjos raras vezes falarão em voz alta e perceptível.
Eles geralmente falam de maneira muito tranquila porque vocês precisam ouvi-los a partir do foco do seu ser interior.

Embora eles possam, se vocês estiverem em perigo, parecer gritar em seus ouvidos, mais frequentemente falarão em tons suaves que exijam que vocês sejam um ouvinte disposto e receptivo.

Saibam que eles nunca param de falar com vocês – se não estão ouvindo é porque os seus medos estão abafando suas vozes, seu ego esta tentando manter-se no controle, ou as distracções em sua vida estão impedindo-lhes de concentrar-se em seu ser interior que é capaz de ouvir essas mensagens muito claramente.

ELES FALAM EM SÍMBOLOS

Seria tão mais fácil se os seus guias e anjos dissessem a vocês exactamente o que fazer e quando fazê-lo, em linguagem simples.

Mas eles não podem fazer isso porque não podem interferir no seu livre-arbítrio. Independentemente de quão clara ou urgente seja sua mensagem, vocês devem fazer a escolha de agir de acordo com ela através do exercício do livre-arbítrio.

Muitas vezes eles utilizarão símbolos para fazer chegar sua mensagem a vocês.

Esses símbolos podem vir das palavras que ouvem em uma canção, de uma mensagem que vêem no quadro de avisos, ou de um pensamento que vem de fora ou de lugar nenhum para vocês.

Há milhões de outras formas que vocês podem receber essas mensagens – até mesmo de uma placa pessoal em um carro sendo conduzido na sua frente.

Essas são mensagens dos seus guias e anjos e vocês experienciaram todas elas de tempos em tempos.

À medida que vocês se tornam mais dispostos a ouvir essas mensagens, acharão que elas vêm a vocês com maior frequência.

Quando se tornar sua intenção ouvir as mensagens deles, elas surgirão diante de vocês.


ELES FALAM ATRAVÉS DOS OUTROS

Com que freqüência vocês tiveram uma conversa com um completo estranho, que disse coisas que responderam a perguntas, ou proporcionaram informações acerca de um assunto que estava em sua mente?

Isso também é uma mensagem dos seus guias e anjos.

Conforme vocês se tornam mais receptivos a receber suas mensagens, aprenderão a prestar atenção às pessoas e situações que lhes cercam de modo que possam receber as mensagens que precisam ouvir.

Todavia, se estão cheios de medo, ou emocionalmente descontrolados, ou estão distraídos com diversos elementos em sua vida, vocês estarão mais “auto-absortos” e incapazes de prestar atenção ao que está ao seu redor.

Saibam que a ajuda está toda em torno de vocês e quando vocês voltam o foco para receber as mensagens dos seus guias e anjos, observarão as pessoas e situações que são colocadas em seu caminho e que têm mensagens especiais para vocês.

ELES FALAM ATRAVÉS DOS SEUS SONHOS

Se os seus anjos e guias estão impossibilitados de comunicar-se com vocês durante as horas de vigília, eles se comunicarão com vocês durante os seus sonhos.

Esses sonhos podem conter mensagens simbólicas que vocês não compreendem ou podem fazer parte de situações ou eventos que ainda não aconteceram.

Por isso é importante registrá-los através da escrita de modo que possam se remeter a eles posteriormente.

Saibam que essas mensagens são enviadas para ajudá-los e se elas são confusas ou não se manifestam imediatamente é porque todos os eventos que os envolvem podem estar ainda em andamento.

COMO OBTER AS MENSAGENS

O processo de receber mensagens dos guias é muito simples e mesmo assim difícil.

Simples, porque exige que vocês voltem-se para o seu interior, pois é aí onde as mensagens residem.

Vocês são todos Um, emanação da mesma Fonte, de modo que os seus guias e anjos não estão separados de vocês – eles são vocês.

O processo é difícil porque exige uma quantidade considerável de foco e de intenção para afastá-los do medo, das emoções e das distracções de modo que possam aquietar suas mentes sempre ocupadas e ouvir as mensagens dos seus guias e anjos.

Para fazer isso, experimentem o seguinte exercício:
Encontrem um local tranquilo onde não serão distraídos ou interrompidos.

Experimentem utilizar o mesmo local todo dia, em princípio, de modo que sejam capazes de treinar-se em ambientes conhecidos.

Podem sentar-se ou deitar-se, o que for mais confortável para vocês. Podem acender uma vela, se isso o ajudar a estabelecer suas intenções.

Estabeleçam as suas intenções para ouvir as mensagens dos seus guias e anjos.

Envolvam-se na luz branca e peçam protecção divina.

Quando vocês estão se abrindo para receber orientação espiritual, é importante que se assegurem de que somente as entidades com a intenção mais elevada e provenientes das fontes mais elevadas estejam no seu espaço.

Peçam “clareza absoluta” naquilo que ouvirem e que as mensagens e as informações originem-se da fonte mais elevada.

Fechem os olhos e se sentem (ou se deitem) tranquilamente por alguns momentos.

Observem a quietude e o silêncio ao seu redor.

Agora se concentrem na respiração.

Sua respiração é uma dádiva da vida e é o único elemento do seu ambiente que vocês levam para o interior do seu corpo involuntariamente.

A respiração é o aspecto mais importante da vida – vocês não podem viver por mais do que alguns minutos sem respirar – os bebés entram nesta dimensão com a primeira respiração.

Saibam que o ar que vocês respiram é a manifestação física da energia da Fonte em seu ambiente.

Quando respiram, vocês estão absorvendo a energia maravilhosa do Deus Criador.

Permitam que o seu corpo relaxem completamente.

Vocês podem sentir a sensação de sair do corpo, do espírito separando-se do físico.

Isso acontece com algumas pessoas e é uma sensação normal. Outros podem sentir-se apenas muito relaxados e calmos.

Aquietem sua mente completamente, permitindo que quaisquer pensamentos que venham para o seu caminho abram as asas e voem para longe.

Essa é uma das partes mais difíceis deste processo, enquanto que tranquilizar a mente exige disciplina e prática.

Considerem a sua mente como o ego, que está tentando manter o controle sobre o seu Eu Superior, por se encher de conversa fiada.

Permitam que a mente fique tranquila, gentilmente permitam que quaisquer pensamentos flutuem para longe de vocês.

Podem fazer quaisquer perguntas e se não estiverem seguros do que perguntar, simplesmente peçam aos seus guias que lhes digam algo que vocês precisem saber naquele momento.

Podem até mesmo pedir para saber acerca do próximo passo em seu caminho espiritual.

Agora, escutem. Vocês podem realmente não “ouvir” nada inicialmente.

De fato, podem não ouvir nada em absoluto durante essas sessões – as mensagens podem vir para vocês mais tarde. Isso é muito bom.

O propósito desse exercício é deixar seus anjos e guias saberem que vocês estão prontos e dispostos a ouvir e seguir suas orientações.

Isso é para que aprendam a concentrar-se em seu ser interior, na luz que está dentro de vocês.

Então, permitam-se apenas “ser” em paz e no conforto que sentirão à medida que permitirem a si mesmos estarem em sua própria presença.

Alguns de vocês podem sentir calor ou sensações de formigamento, outros podem sentir uma forte percepção de amor e paz, e ainda outros podem chorar devido à grande alegria que sentem por estarem na presença desses seres maravilhosos.

Não comparem seus resultados com os dos demais – vocês todos são seres exclusivos e cada um terá uma experiência diferente.

À medida que começarem a retornar ao corpo ou sair do seu momento de tranquilidade, agradeçam aos seus guias e anjos por seus esforços a seu favor e por estarem lá com vocês.

Embora possam não ter “ouvido” uma resposta para a sua pergunta, não fiquem desencorajados.

A resposta virá. Seus guias e anjos trabalham duramente para colocá-los em contacto com as pessoas e situações que proporcionarão as respostas e esta sincronicidade pode levar algum tempo para ocorrer.

Isso pode também ser uma prova de sua fé e confiança na capacidade de ouvir mensagens.

Assim, sejam pacientes se não conseguirem resultados imediatos.

Tudo o que pretendem e pedem deve vir para vocês – esta é a Lei Universal.


A LINGUAGEM DOS SEUS GUIAS E ANJOS

Os seus anjos e guias falam em uma linguagem que é muito diferente do que vocês falam nos domínios físicos.

Visto que eles são seres energéticos de luz, não precisam utilizar-se de palavras para comunicar-se connosco.

Na realidade, eles não podem falar conforme vocês fazem. Eles transmitem suas mensagens telepáticamente ou através dos outros.

Mas eles também falam de uma forma diferente daquela que estamos acostumados a ouvir.

ELES FALAM A LINGUAGEM DO AMOR

A única energia que está nas vibrações superiores é a linguagem do amor incondicional.

Não confundam isso com o que se experencia aqui na terceira dimensão.

Essa linguagem é a única de amor incondicional e se vocês não estão falando sua linguagem – se o seu ser inteiro não estiver vibrando no nível do amor incondicional, terão dificuldade em comunicar-se com eles.

O conceito de amor na terceira dimensão é de julgamento e de necessidade, e é completamente baseado no ego.

O amor incondicional é de total aceitação e confiança, baseado no seu chackra cardíaco, que é livre do medo, da separação e do ego.

Praticar o amor incondicional coloca-os na mesma freqüência vibracional daquela dos seus guias e anjos.

ELES FALAM A LINGUAGEM DO RISO

Os anjos e guias possuem senso de humor e eles sabem que independentemente do acreditemos que está acontecendo connosco, tudo está sempre bem no Universo.

Os anjos, em particular, possuem uma energia muito luminosa, que irradiam com alegria de modo que quando vocês estão felizes, vocês estão vibrando a uma freqüência que os seus anjos e guias podem se comunicar com vocês.

Se vocês estiverem sempre infelizes, tristes ou zangados sua freqüência vibracional estará muito abaixo das frequências deles e eles literalmente não podem “ouvir” seus pedidos de auxílio.

Até mesmo em seus momentos mais sombrios, busquem a alegria interior, pois ela então fará com que vocês fiquem em harmonia vibracional com os seus guias.

ELES FALAM A LINGUAGEM DA PAZ

A desarmonia e o desassossego que estão constantemente presentes em suas vidas são inteiramente da terceira dimensão e por isso é importante que vocês aprendam a tranquilizar-se a fim de receberem as orientações e informações dos seus guias e anjos.

Mais uma vez, esta não é a freqüência vibracional com que eles querem se comunicar e se vocês não têm paz dentro de si mesmos, não serão capazes de ouvi-los.

Quando vocês fazem uma introspecção para encontrar o seu ser interior, vocês estão se comunicando com uma parte do seu Eu (Self) que está sempre em paz.

Se não estão em paz, estão funcionando em uma vibração de medo. É por isto que é importante treinarem-se para ficar tranquilos e em paz durante o dia, mesmo por um período curto. Isso os ajudará a encontrar esse centro pacifico.

Com o tempo, vocês serão capazes de criar um espaço pacífico para si facilmente, da mesma maneira que ouvirão facilmente as mensagens dos seus guias e anjos.

ELES FALAM A LINGUAGEM DA LUZ

A frequência energética dos seus guias e anjos é de luz, que não tem forma ou substância física e ainda preenche seu inteiro ser e todo o Universo.

Do mesmo modo que uma única vela pode encher de luz um quarto escuro, quando vocês estão repletos de luz, resplandecem sua luz claramente e reflectem a Luz da Fonte em todo âmbito da sua vida.

Todo ser humano tem importância e responsabilidade iguais em difundir a Luz do Criador por todo o mundo. Todos têm poder de iluminar a escuridão.

Quando caminham na luz, vocês sabem que os seus guias estão caminhando com vocês.

Eles não podem juntar-se a vocês quando estão na escuridão, mas devem esperar que vocês retornem à luz.

ELES FALAM A LINGUAGEM DO DESAPEGO

Os seus guias e anjos trabalham para o seu Bem Mais Elevado, seja de que forma for que possam assumir e eles são completamente desapegados de qualquer resultado.

Isto porque eles sabem, como vocês não podem neste momento, das possibilidades e potenciais ilimitados que vocês têm.

Qualquer situação que vocês enfrentarem tem mais que uma única solução – há tantas possibilidades de solução quanto há estrelas no céu, e mais.

Quando pedirem ajuda aos seus guias e também pedirem que a ajuda adquira certo aspecto ou forma, ou venha até vocês de certa maneira, limitam sua capacidade de guiá-los e vocês limitam grandemente sua capacidade de criar a sincronicidade que lhes darão a solução.

Quando vocês não estão desapegados do resultado, limitam o alcance pleno da manifestação criativa em cada nível.

Os seus guias sabem que quando vocês pedem dinheiro, por exemplo, ele pode ser manifestado divinamente em sua vida – vindo de fora, de “lugar nenhum”, mas pode ser na forma de um cheque ou dinheiro vivo.

Pode ser na forma de um presente de alguém, ou de um auxílio inesperado que satisfaça uma necessidade.

Isso é quando milagres acontecem e eles podem apenas ocorrer quando vocês se tornam completamente desapegados do resultado.

Visto que os seus guias não se conectam com a terceira dimensão, eles estão impossibilitados de manipular suas energias, enquanto podem manipular as energias de dimensões superiores. Assim, aprendam a estar em um lugar de desapego total quando pedirem informações aos seus guias e anjos e deixem-nos fazer o trabalho de criação para responder as suas necessidades do jeito melhor e mais perfeito possível.

ELES FALAM A LINGUAGEM DO PERDÃO

A única coisa que pode afastá-los completamente das dádivas da Fonte, o Deus Criador, é a falta de perdão.

Não importa o que lhes aconteceu em sua existência, e mesmo através de todas as existências, agora é a hora de perdoar a todos e a tudo, em qualquer lugar, de modo que possam manifestar sua divindade.

A raiz do carma é a falta de perdão e é apenas através da aplicação do perdão em todas as áreas de sua vida que vocês podem curar o seu carma, reconectar-se com a Fonte e começarem a conectar-se com os domínios espirituais.

Uma vez que estabeleçam a intenção de aplicar o perdão em todos os âmbitos da sua vida, seus guias começarão a revelar-lhes as pessoas e situações, incluindo vocês mesmos, que devem ser perdoados.

O processo pode levar algum tempo, mas vocês finalmente o completarão.

A mensagem mais importante do Arcanjo Uriel para a humanidade, neste momento da Mudança, é que vocês devem aprender a perdoar aos demais e a si mesmos, o que lhes permitirá elevar a sua vibração energética para as dimensões superiores da consciência.

O propósito da terceira dimensão é o carma; a cura da terceira dimensão encontra-se no perdão.

Esta, então, é a chave da vida, da paz, da alegria e do amor incondicional.


E ASSIM É

Os seus guias e anjos estão aqui para ajudá-los em sua jornada de cura. Eles têm mensagens e orientações especiais apenas para vocês, que fazem parte exclusivamente da sua existência.

Saibam que vocês estão aqui, neste momento, com um propósito muito especial para curar o seu carma, mudar para uma dimensão superior de consciência e aprenderem a reconectar-se com a sua própria divindade, lembrarem-se da sua conexão com a Fonte.

Uma vez que tenham se reconhecido como seres de Luz, serão capazes de criar o “céu na Terra” para si mesmos.

Aprenderem a se comunicar com os seus guias e anjos é o primeiro passo neste processo.

A mensagem do Arcanjo Uriel para a humanidade é ensinar o perdão de modo que vocês todos possam abraçar a mudança e avançar para as dimensões superiores de consciência e conhecer e experienciar o amor incondicional e a abundância em todas as áreas de suas vidas.

SOBRE A AUTORA
Jennifer Hoffman é uma canalizadora do Arcanjo Uriel, uma curadora espiritual e intuitiva, mentora, professora e autora. Seus aconselhamentos e escritos ajudam muitas pessoas a encontrarem o seu verdadeiro caminho.

Ela proporciona “insights” originais combinados com a energia, iluminando e curando o que ajuda seus clientes a retirarem os bloqueios ao seu crescimento.

Mais informações, junto com as mensagens do Arcanjo Uriel e livros, estão disponíveis no site www.urielheals.com.

Para maiores informações enviem e-mail para healing@urielheals.com .

Tradução de Ivete Brito

18 de março de 2008 – adavai@antares.com.br – www.adavai.wordpress.com/

Direitos reservados © 2004,2005, 2006 para Jennifer Hoffman.
Todos os direitos são reservados.

Todo o material desta página está protegido pela lei dos direitos internacionais dos Estados Unidos da América e não podem ser parcialmente o integralmente reproduzidos sem a permissão escrita e expressa da autora.
Todas as reproduções autorizadas, parciais ou em cópias, por inteiro ou em parte, devem fazer referência ao nome da autora e ao website de Curas Uriel www.urielheals.com.
FONTE:http://www.luzdegaia.org/uriel/jennifer/comunicar_anjos.htm

terça-feira, agosto 11, 2009

RESGATANDO O CARMA ANCESTRAL

por Weber Malcher -


RESGATANDO O CARMA ANCESTRAL



Carma ancestral é a herança hereditária que herdamos de nossos antepassados.

Infelizmente quando pensamos em nos libertar do carma, o fazemos apenas em relação dos eventos negativos do passado a nível pessoal. Não é bem assim, pois temos dividas cármicas com antepassados ( avós, bisavós, tataravôs, etc), enfim, toda a arvore genealógica, como se não fosse suficiente apenas o carma indivudal.

Carma pessoal e carma ancestral: como resolver esta dupla pendência? Como você encontrará seus antepassados para trabalhar as questões pendentes? Dívida requer pagamento, senão a justiça prende e executa ( lembra do Romário?).

Existem escolas filosóficas que tratam deste assunto, mas foi através da Astrologia Cármica e Cabalística que pude compreender que todos nós, mesmos separados pelas distâncias dos milênios, estamos todos unidos e presentes pela força dos nossos pensamentos, nossas lembranças, e principalmente da nossa herança genética. Herdamos as mais diferentes patologias, os gens, mas também herdamos o carma, esse que nos acompanha, gruda na pele como ciclete.

A energia destas interações cármicas ainda pode ter enormes efeitos sobre nossas vidas. O carma acumulado é um peso muito grande, um fardo que carregamos e não sabemos como controlar. O carma coletivo da humanidade é um polvo com tentáculos gigantescos mergulhados na febre do consumo.

A grande maioria de nós já nasce com conflitos pessoais e familiares que se transformam em infecções incontroláveis.

Não nascemos dentro de uma família por acaso. Temos um propósito e é nosso dever equilibrar e cumprir com esse propósito.

Acredito que cada um de nós tem consciência do seu carma individual e ancestral. Desentendimentos com pais, filhos, cônjuges, parentes mais próximos, brigas, fatalidades são indicativos de pendências que estão se repetindo e nada fazemos para resolver. Deixamos sempre para depois e escondemos a poeira debaixo do tapete.

O carma é uma responsabilidade da alma, uma situação que ainda não foi resolvida. É um desafio.

INDICATIVOS DE LIBERACAO DO CARMA PESSOAL E ANCENTRAL:



Pela Astrologia Cármica Saturno identifica o carma pessoal imediato s ser trabalhado; por exemplo: Saturno na casa 6 representa um Carma de Saúde; se estiver retrógrado, a identificação é que o problema de saúde é genético.

E o carma ancestral? Você conhece através dos signos dos familiares e a localização na Casa Zodiacal. Ex.- se o seu filho é do signo de Leão, e se estiver na casa 9, esse carma é de ordem espiritual e lhe convida a orientá-lo no melhor caminho a seguir em termos de filosofia de vida e religião, principalmente se Netuno também estiver retrógrado, que é um indicativo de uso de drogas, bebidas, fumo etc. Pode não ser um vício próprio do filho, mas de algum ancestral que desencarnou e era usuário de drogas e anexou essa tendência na pessoa.

Uma outra maneira de resgate cármico é mergulhar fundo na Missão que foi confiada por Deus. Mergulhar fundo significa agir, ação, realização, sair da acomodação e ir para a arena, para a luta por um mundo melhor.

O que fizemos está feito, mas ainda há tempo para reparar o plantio, adubar as mudas para que nasçam viçosas e gerem sombra e frutos.

"Carma não é punição, mas, acima der tudo, uma oportunidade para aprender. Este planeta é uma enorme escola e nossa tarefa é aprender e crescer.

Uma vida dura e difícil não é um castigo, mas uma oportunidade de desenvolvimento.

A graça divina pode suplantar o carma. A graça divina é a intervenção sagrada, uma mão amorosa descendo do céu em nosso auxilio, para diminuir nossas dificuldades e sofrimentos.

Estamos aqui para aprender e amar, e não para sofrer"/ Dr. Brian Weiss).



O momento precioso é o agora, porque é o momento em que você existe, é o momento em que você tem a oportunidade de criar, de exercer o seu livre arbítrio e de integrar todo o seu conhecimento. Não existe momento mais maravilhoso do que o agora, o momento presente, o seu momento. E assim é.





WEBER MALCCHER - Escritor, Membro da União Brasileira de Escritores(UBE-AM), Membro da Rosacruz(Amorc);Membro do CLUBE SOMOS TODOS UM;

MAPA CÁRMICO DE VIDAS PASSADAS ( suas encarnações em mais de 10 países onde reencarnou, sinais de encarnações em outras dimensões, épocas, profissões, carmas pendentes( pessoal e ancestral), darma e missão para resgatar os carmas, sinastria familiar( o que seus parentes foram para vc em outras vidas); número de encarnações, nome do seu Mestre Espiritual; orientação para a vida presente. • Esclarece eventos mal resolvidos no passado, a fim de serem feitas escolhas mais adequadas no aqui e agora; • Conscientização através do auto-conhecimento; MAIS DE 30 PÁGINAS; Envio por e-mail.

MAPA NUMEROLÓGICO CABALÍSTICO (Análise completa do nome e data nascimento, grafia de sucesso do nome, as letras do seu nome têm poder, mais de 20 páginas)) , Astrologia Cármica e Tradicional. Cabala. Tarô.FONES:92- 3654-1776 ; 9188-9798- MANAUS-AM.

E-MAIL: WEBERMALCHER@HOTMAIL.COM




http://somostodosum.ig.com.br/clube/artigos.asp?id=18891

segunda-feira, agosto 10, 2009

Explicação da Ação da Transmutação realizada pela Chama Violeta

A atuação da chama violeta se assemelha à do sabão. O sabão limpa a sujeira de nossas roupas pelo uso das cargas negativas e positivas dos átomos. Isso porque cada uma de suas moléculas tem dois lados: um lado que é atraído pela sujeira e um lado que é atraído pela água. O lado que prefere a sujeira atrai a sujeira, como um imã atrai um clipe de papel, arrastando-o para fora de sua caixa. O lado que prefere a água fixa-se na água, carregando a sujeira com ela.
Quando invocamos a chama violeta, cria-se uma polaridade entre o núcleo do átomo e o núcleo de fogo branco da chama. O núcleo do átomo, sendo matéria, assume o pólo negativo; o núcleo de fogo branco da chama violeta, sendo espírito, assume o pólo positivo.
A interação entre o núcleo do átomo e da luz na chama violeta estabelece uma oscilação. Essa oscilação desaloja as densidades enredadas entre os elétrons que orbitam ao redor do núcleo. Assim que essa substância pesada que sobrecarregue o átomo se solta, é lançada na chama violeta e levada embora.
Mas, diversamente do sabão, a chama violeta não só envolve e remove os escombros; ela os transforma em pura energia de luz. Libertos dos escombros, os elétrons começam a mover-se livremente, elevando, portanto, a nossa vibração e propelindo-nos para um estado mais espiritual de ser.
As pessoas percebem uma diferença espiritual e física quando usam a chama violeta. Mas o que realmente acontece quando repetimos as palavras dos decretos de chama violeta?
Posso dar-lhe duas perspectivas a respeito - a perspectiva espiritual como me é revelada pelos Mestres Ascensos e a perspectiva científica, baseada em recentes desenvolvimentos na física e na medicina. Ambas a explanações envolvem o conceito de vibração.
Na física, vibração é a velocidade pela qual algo se move para frente e para trás, ou oscila. Conforme meu entendimento, num nível espiritual, a vibração é também o padrão de rotação dos elétrons conforme eles se movem ao redor do núcleo do átomo. Como veremos, essas definições podem não estar tão distanciadas.

Todo tem quatro corpos que envolvem a nossa alma:
(1) o corpo físico, que podemos ver e tocar;
(2) o de desejos, ou corpo astral, que contém nossas emoções;
(3) o corpo mental, que é a nossa mente consciente;
(4) o etérico, ou corpo de memória, que contém as memórias de todas as nossas vidas passadas. A chama violeta atua nesses quatros corpos, pela mudança do padrão de sua vibração.
O que faz a chama violeta quando permeia os átomos?

Os Mestres nos deram a seguinte explicação:
Todo sabe que os átomos se constituem principalmente de espaços vazios. Se um átomo for do tamanho de uma bola de basquete, seu núcleo seria ainda muito pequeno para nossos olhos poderem enxergar. Entretanto, 99,9 por cento da massa do átomo está concentrada no núcleo, deixando o resto da bola de basquete com espaço vazio, habitado somente pelos elétrons, que pesam muito pouco. Todo aquele espaço entre o núcleo e a borda do átomo é onde a discórdia e as energias negativas podem se fixar.
No nível celular e molecular, essas substâncias parecem como poeira, fuligem, piche ou cimento. Os Mestres têm usado a ilustração de alguém pegando um balde de piche derretido e derramando sobre um barril cheio de mármores. Os espaços entre os mármores ficam grudentos com o piche escorrendo e logo toda a massa se solda.

Os Mestres contam-nos que, quando nossos corpos espiritual e físico se tornam obstruídos por energia negativa e pelo carma, diminui a vibração dos elétrons em nossos quatro corpos inferiores. Então começamos a ressonar mais com a negatividade e menos com a pura energia cósmica que vem da nossa Presença Divina e, eventualmente, podemos ficar doentes. Quanto mais substância houver em nossos quatro corpos inferiores, mais baixo o nosso padrão vibracional e mais sobrecarregados nos tornamos. Espiritualmente, esse é o motivo pelo qual as pessoas morrem.
Se você estudou acupuntura e yoga, sabe que a boa saúde vem quando a energia espiritual flui livremente através de nossos corpos. Quando a substância cármica se solidifica, é como se ocorresse o endurecimento de artérias em nossos corpos espirituais. Quando ressonamos com a negatividade, gradualmente nos tornamos nela a não ser que façamos algo para melhorar.

O fogo violeta transmuta qualquer coisa negativa onde quer que esteja alojada, no seu ser físico ou espiritual. Isso inclui tudo, desde as sementes do ódio a si próprio até o vírus físico.
Quando a chama violeta atua, passa através dos espaços obstruídos entre os elétrons e o núcleo. Ela ejeta essas partículas de substância densa de seu corpo e as dissolve. Esse processo transmuta a energia negativa em energia positiva, restaurando a sua pureza inata.
Fonte: http://reinoencantado-walkyria.blogspot.com/

sábado, agosto 08, 2009

La autoestima y las Flores de Bach

Flutuação

Fui fazer uma sessão de flutuação e adorei. Sai de lá como nova. Fiquei interessada em experimentar, quando uma pessoa com fibromialgia me falou que era bom para relaxar e para aliviar as dores. Não quiz a cápsula pois achei que fosse cláustrofobico, mas depois de a ter visto, é capaz de ser até confortável, quando fechada faz-nos sentir como voltassemos para a barriga da mãe. Fiquei numa sala com uma banheira aberta que também tinha cromoterapia, optei pelas cores relaxantes. o unico senão é a agua muito salgada, se tivermos uma ferida, ela arde imenso e seca a pele/cabelo. Mas o espaço tem um creme para pormos na pele depois do banho. Foi muito agradável, deu para deixar para trás o stress. Very cool!

Sitio: http://www.float-in.pt/

sexta-feira, agosto 07, 2009

Audio da Toltec Wisdom

http://www.sherirosenthal.com/weekly_audio/audio.html

quarta-feira, agosto 05, 2009

Quero uma nova vida

Não costumo falar muito sobre me mas hoje apetece-me, tenho de deitar isto para fora.
Tenho cada vez mais necessidade de mudar de vida, porém estou presa num circulo vicioso. Não gosto do que faço profissionalmente, mas preciso do ordenado. Passo a vida a gastar dinheiro em saúde para me permitir ter qualidade de vida, para poder ter uma vida mais ou menos normal, como ir trabalhar todos os dias. Como não posso dedicar de corpo e alma ao trabalho, também não posso crescer profissionalmente, quer a nível do trabalho desenvolvido como em termos monetários. Sinto-me frustrada pois pouca energia e força resta para a minha vida, sim a minha vida mesmo. Nem mais vale falar sobre esse lado tão desinteressante no meu ponto de vista. Bem sei que milhares de pessoas no mundo trocariam de vida sem colocar questões, tenho essa noção, sei também que tudo pode sempre ser pior. Estou numa estagnação toxica que só me lava ao desespero e frustração.
Ao ler a happy deste mês, fiquei muito entusiasmada com a filosofia de vida Toltec e com o artigo sobre livro/workshop "Faça um upgrade a sua vida". Gostaria imenso que me acontece-se o mesmo que a rapariga que se tornou uma Toltec, ter uma subita iluminação e mudança da maneira de ver e estar na vidae principalmente descobrir o que realmente me realiza profissionalmente e que seja viavel para as minhas imensas limitações de sáude. Medo é um dos motivos que me retêm, assim como indecisão e preguiça. Porque não ando para a frente? Porque não conheço as pessoas certas nos sitios certos na hora certa? Um desabafo...

uma musica para animar!

EU QUERO SABER O QUE EU QUERO

Por Suzanna Kennedy
(Publicado em 22.07.09)


"Então, o que você quer?" Eu farei freqüentemente esta pergunta, após ouvir alguém me falar sobre como a sua vida não segue do modo como eles querem. "Eu não sei o que eu quero, mas isto eu não quero", é usualmente a resposta. É muito difícil criar a vida que você deseja, se você não identificou o que quer realmente.

Começando com as técnicas de definição do objetivo dos anos 80 e avançando através de afirmações e visualizações, muitos dos proponentes de Crie a Sua Própria Realidade, lhes dizem que o primeiro passo para criar um futuro mais positivo é ser específico quanto ao que vocês querem. Mas e se, honestamente, você não sabe?

Não desanimem, há um modo de descobrir. Comecem, afirmando enfaticamente: "Eu quero saber o que eu quero." Esta simples afirmação do objetivo dá a sua mente subconsciente algo em que trabalhar. Então simplesmente abram a sua mente e permitam que os dados comecem a chegar.

Notem os momentos durante o dia em que vocês estão sentindo emoções positivas, tais como felicidade, paz, contentamento, entusiasmo, e assim por diante. O que está acontecendo nestes momentos? O que vocês estão fazendo? Em que ambiente estão? Com que tipos de pessoas vocês estão? Em que tipos de interações vocês estão engajados?

Sentir emoções positivas é um sinal de que vocês estão fazendo algo que querem. Vocês estão alinhados com os seus mais intensos desejos e o seu ser interno lhes dá informação na forma de emoções positivas. Procurem padrões com os quais se sintam bem. Vocês estão sempre com crianças? Vocês estão em contato com a natureza? Ficam mais felizes quando desafiados por um problema difícil? Vocês se sentem energizados quando estão ajudando outros ou isto os esgota? Vocês gostam de estar ao redor de pessoas que são muito inteligentes ou vocês preferem ser o professor? Percebam o que está acontecendo quando vocês se sentem bem.

A coisa interessante sobre esta técnica é que a Lei da Atração dará a sua contribuição. Se vocês concentrarem a sua atenção em algo, vocês atrairão para a sua consciência outros pensamentos e eventos semelhantes. Assim quando vocês se concentram em sentimentos agradáveis, começarão a experienciar mais sentimentos agradáveis. Quando focalizam a sua atenção em descobrir o que querem, vocês atrairão para a sua consciência mais exemplos de coisas que querem. Vocês começarão a notar que estão se sentindo bem mais freqüentemente. Então a lista de coisas que querem em sua vida aumentará mais e mais.

Acumulem detalhes sobre o que vocês querem. Peguem uma caixa de sapatos e a preencham com exemplos. Cortem gravuras de revistas e de jornais mostrando coisas que vocês querem, tais como, roupas, carros, móveis, jóias, casas, lazer, pessoas engajadas em atividades que vocês acham que apreciariam, etc. Anotem e descrevam o que estão fazendo quando percebem que estão se sentindo bem. Quando encontrarem alguém que tenha um traço agradável da personalidade que gostariam de projetar, anotem. Acumulem detalhes sobre todas as pequenas coisas que querem e coloquem todas elas na caixa.

Quando tiverem acumulado detalhes suficientes, é o momento de organizá-los em um quadro mais completo. Um método que eu tenho visto que funciona bem, é colar as gravuras e anotações em um cartaz. Algumas pessoas gostam de criar um cartaz, estilo colagem, com gravuras e anotações entrelaçadas, sem nenhuma ordem em particular. Outras gostam de subdividir o cartaz em categorias, tais como a casa, o trabalho, viagens, relacionamentos, etc.

Caso sejam um escritor, podem preferir descrever uma cena com palavras. Verlaine Crawford, em seu livro, Terminando a Batalha Interior, sugere que vocês observem o que querem em muitas áreas de sua vida, tais como, a saúde, a prosperidade, a auto-expressã o, crescimento pessoal, crescimento espiritual, etc. Escrevam as afirmações sobre o que querem, como se já o tivessem. Usem o "Eu" nas afirmações para torná-las pessoais e reais para vocês.

Após ter passado por este exercício, eu encontrei estas afirmações muito específicas sobre o que eu quero. Usem-nas como exemplos para alcançarem as suas.

AUTO-EXPRESSÃ O

O universo me recompensa abundantemente por expressar a minha paixão pela vida a cada dia. Eu canto, eu danço, eu escrevo, eu curo, eu ensino, eu componho músicas celestiais, eu canalizo o amor incondicional e a sabedoria. Eu sinto a vitalidade criativa da vida circulando através de mim.

VIAGEM

Eu viajo para lugares maravilhosos, exóticos, quando o tempo está ensolarado e quente. Eu passo o tempo suficiente em cada lugar para experienciar a beleza, encontrar e curtir pessoas maravilhosas e aprender sobre aspectos raros da cultura. Eu sou recebida como uma embaixatriz do amor e da tranqüilidade em qualquer lugar que vá. Viajar de lugar a lugar é sempre fácil, confortável e seguro.

CASA

Eu vivo em uma bela casa que é simples, amorosa e confortável. O clima é quente e ensolarado, na maior parte do tempo, e eu me sinto completamente segura aqui. Os alimentos e outros suprimentos que contribuem para o meu conforto e alegria são fáceis de adquirir e são fornecidos abundantemente. A visão da minha casa é verdadeiramente bela, com água e montanhas, com o nascer e o pôr do sol. Este lugar na Terra intensifica o meu sentimento de tranqüilidade, de criatividade e de poder. Minha casa ecoa as minhas cores, projetos e critérios favoritos e é cheia de objetos de arte que eu reuni de minhas viagens ao redor do mundo.

Uma das coisas mais maravilhosas, sobre este parque de diversões físico, que chamamos de Terra, é que as pessoas aqui têm gostos e desejos maravilhosamente diversos. Há um suprimento abundante de tudo, de modo que os desejos de todos podem ser satisfeitos. Há, entretanto, somente algumas pessoas (mas, felizmente, um número crescente), que sabem o que elas querem. Assim, se vocês não souberem, DESCUBRAM. E, então, estarão a caminho de criar o futuro que desejam.

--------------------------------------------------------------------------------

Tradução: Regina Drumond

Direitos Autorais 2009. Suzanna Kennedy de Reality Crafting.com. Vocês são livres para copiar, distribuir, exibir, e realizar o trabalho sob as seguintes condições: Vocês devem dar os créditos da autora, como fornecido. Vocês não podem usar isto com propósitos comerciais, e não podem alterar, transformar ou desenvolver este trabalho. Para qualquer reutilização ou distribuição, devem deixar claro para outros os termos de autorização deste trabalho. Qualquer outro propósito de uso deve ter a permissão da autora.

terça-feira, agosto 04, 2009

Energização

Vem espírito do bem, me envolve,
lança seus raios de bondade em minha direção,
Cubra-me com tua proteção.

Reabastece minhas energias,
Fazendo-me compreensão,
Elevando sempre meu coração
ao ápice da bondade,
Que eu sempre saiba perdoar,
Esquecendo mágoas,
Lavando a alma,
Sendo somente o amor que se dá.

Vem espírito superior,
Carrega-me em teus braços,
Dai-me a força que preciso,
Para continuar o que aqui vim fazer,
E nunca me esquecer
dos teus ensinamentos,
Perdida no mar da minha infantilidade
como humana,
Aprendiz de um tempo.

Oh... espírito benfazejo,
Sopra em minha direção,
Que minha criança interior,
Nunca se acovarde,
Nem adormeça em meu coração,
Pois dela preciso
para espalhar a alegria,
o otimismo de uma encarnação.

Apaga de minha mente as decepções
de coisas que não conhecia,
O mal que não sabia que tão forte existia,
O ódio ,
A vingança,
Pois sempre sentia o amor,
Não acreditando no êxito da ruindade,
Pois todos ao serem deuses
levam o amor no coração,
E não deveriam se perder na escuridão.
Que eu posso direcionar teu amor
para esses corações
em forma de elos preciosos me dado por ti.

Vem espírito da brandura,
Me circula,me faz cura,
Lava meu interior,
E que nele nasça a flor
da tua humildade,
Para que eu posso espalhar
a suavidade,
o conforto de uma palavra amiga,
a honestidade de um existir,
até quando eu deva partir,
Para me embaralhar de volta
nos teus cabelos,
Sendo uma partícula de tua elevação.

Que se faça a cura,
energizando meu ser



Uma bonita saudação para reenergizar...

segunda-feira, agosto 03, 2009

Ascenção e Limpeza Espiritual

A ascensão espiritual e limpeza espiritual possuem vários sintomas, nem todos passam pelos mesmos, abaixo segue uma lista de alguns, se prestar atenção verá que sente alguns sintomas que não estão nessa lista, alguns deles são tão comuns que só notamos pela persistência!
1. Mudança no padrão de sono
Perturbações durante o sono, pés quentes, acordar duas ou três vezes durante a noite. Sentir-se cansado e com sono depois de acordar. Adormecer e acordar durante o dia. O Padrão de 3 Sonos, que acontece freqüentemente muitas pessoas caracteriza-se por: dormir cerca de 2-3 horas, acordar, voltar a adormecer mais 2-3 horas, acordar de novo, voltar a adormecer mais 2-3 horas. Outras pessoas viram alterarem-se as suas necessidades de sono, passando a dormir menos. Ultimamente, algumas pessoas sentem enormes ondas energéticas percorrendo seu corpo a partir da coroa. Estas ondas podem afetar o sono.
Conselho: Habitue-se. Pacifique-se com essa energia, e não se preocupe se não dormir o suficiente (preocupação que, por vezes, pode causar mais insônia). Será capaz de suportar bem o dia se pensar que tem a quantidade certa do que necessita. Também pode pedir ao seu Eu Superior que, de vez em quando, lhe dê um intervalo para poder ter um sono reparador. Se, durante a noite, não conseguir adormecer, aproveite esse tempo para meditar, ler poesia, escrever o seu diário ou olhar para a Lua. O seu corpo ajustar-se-á ao novo padrão.
2. Atividade do chakra coronal (alto da cabeça)
Sensações de tilintar, comichão, formigueiro e arrepios no couro cabeludo e/ou na coluna. Sensação de vibração energética no topo da cabeça, como se a energia jorrasse em chuveiro. Poderá sentir pressão na coroa, como se alguém estivesse a pressionar um dedo contra o centro da cabeça. Como referido no ponto 1, vivemos enormes carregamentos de energia através do chakra coronal. Podemos sentir uma pressão mais generalizada, como se a cabeça estivesse dentro dum aparelho muito suave.
Conselho: Não se assuste. Trata-se da abertura do chakra as coroa. Tais sensações dizem-lhe que você está aberto a receber a energia divina.
3. Repentinas ondas de emoção
Choro convulsivo. Inesperadamente, sente-se zangado, deprimido, triste ou muito infeliz à mínima provocação. Emoções à solta. Muitas vezes a pressão ou as emoções congestionadas são sentidas no chakra do coração (no centro do peito), o que não deve ser confundido com o coração, localizado à esquerda do chakra do coração.
Conselho: Aceite os seus sentimentos como surgem, abençoe-os e deixe-os partir. Sinta a conteúdo emocional da energia no chakra do coração. Expande-a para todos os seus campos e respire profundamente, desde o umbigo até à parte superior do peito. Sinta a emoção e deixe-a evaporar-se. Não dirija as emoções para ninguém. Você está a limpar o passado. Se necessitar de ajuda, diga em voz alta que pretende largar todo esse velho material e peça ajuda ao seu Eu Superior. Também pode pedir aos Anjos da Graça (energia branco cristal) que o ajudem a soltar estas emoções, fácil e suavemente. Agradeça por o seu corpo estar a soltar-se destas emoções, não as retendo dentro de si, o que poderia provocar danos. Uma das nossas fontes sugere que a depressão está ligada às relações de «deixar andar», de relações pessoais, profissionais, etc. que já não servem nem a nós, nem às nossas freqüências).
4. Clarificação de carma
Velhos conteúdos parecem estar a ressurgir, como descrito acima, surgindo na sua vida as pessoas envolvidas nesses episódios. Casos de encerramento de processo. Ou talvez você precise trabalhar o seu amor-próprio, abundância, criatividade, apegos, etc. Começarão a aparecer os recursos ou as pessoas de que necessita para auxiliar este trabalho.
Conselho: O mesmo do que para Ponto 3. E ainda: não se envolva demasiado na análise destas situações, pois isso fará com que volte para eles, uma e outra vez, cada vez a níveis mais profundos.
Peça ajuda de um terapeuta, se necessitar, e avance. Não tente evitar nem «passar ao lado» destas «memórias». Abrace o que aparecer e agradeça por isso contribuir para o seu desenvolvimento. Agradeça ao seu Eu Superior por lhe dar a oportunidade de se livrar destes «resíduos». Lembre-se, você não quer que eles continuem no seu ADN.
5. Alteração no peso corporal
O peso adquirido pela população é, em geral, é extraordinário. Outros sectores da população podem, pelo contrário, estar a perder peso. Geralmente, ganhamos peso porque muitos medos reprimidos estão a voltar para serem tratados. Reagimos construindo defesas, tentando ancorar-nos ou obter massa corporal, de forma a não permitir que a freqüência no corpo aumente.
Conselho: Não seja teimoso. Aceite isto como um sintoma do que está a passar-se consigo. Perderá ou ganhará peso, quando todos os seus medos forem integrados. Solte a sua ansiedade. Depois, talvez constate que será mais fácil perder ou ganhar peso.
Exercício: Antes de começar a comer, experimente o seguinte: sente-se à mesa, posta com um serviço de lógica bonito. Acenda uma vela. Aprecie a aparência da comida. Coloque a sua mão dominante no coração e abençoe o alimento. Diga ao seu corpo que para usar o alimento para se alimentar corretamente, em vez de usar a comida para alimentar as suas zangas emocionais. Depois, passe a mão, da esquerda para a direita, por cima do alimento, abençoando-o. Poderá notar que a comida parece quente à sua mão, mesmo que seja um prato frio. Repare que quando abençoamos a comida, não comemos tanta quantidade. Outra coisa que poderá fazer enquanto come é não ver TV ou ler. Aprecie saudavelmente a benção que está à sua frente.
6. Mudanças nos hábitos alimentares.
Desejos estranhos e escolhas esquisitas. Há quem sinta mais fome ou menos fome do que anteriormente.
Conselho: Não negue o que o corpo lhe pede. Se não tiver a certeza, tente provar antes de escolher, para ver se é isso o que o corpo quer.
Tente também abençoar os alimentos, como descrito no ponto 5.
7. Intolerância e alergias a certo tipo de alimentos, que nunca teve antes.
Conforme vai crescendo espiritualmente, você torna-se mais sensível a tudo o que o rodeia. O seu corpo dir-lhe-á o que já não tolera, como se também ele estivesse a rejeitar o que já não lhe serve. Pode estar a limpar-se de toxinas. Certas pessoas descobrem um resíduo branco na boca, parecido com a baba de corredores no fim de uma corrida.
Conselho: Isso pode ser retirado esfregando 2 colheres de azeite na boca, durante 10 a 15 minutos (não engula); depois cuspa para a retrete – não para o lavatório. Escove os dentes e, depois, limpe a escova.
8. Amplificação dos sentidos. Aumento de sensibilidade.
a) Perturbação na visão, objetos tremeluzentes, observação de partículas brilhantes, visão de auras em pessoas, plantas animais e objetos. Alguns relatam ver como transparentes os objetos normalmente opacos. Quando fecha os olhos já não vê escuridão, mas vermelhidão. Talvez veja formas geométricas, cores brilhantes e quadros quando tem os olhos fechados. As cores aparecem mais vivas. O céu pode parecer tingido ou a relva ter um verde espantoso. Conforme se vai tornando mais sensível, poderá ver formas ou riscos no ar, especialmente quando o quarto estiver mais escuro. Poderá ver formas brancas na sua visão periférica, quer com olhos abertos, quer com eles fechados.
Conselho: A sua visão está a mudar de várias maneiras; está a conhecer novas formas de ver. Seja paciente. Aconteça o que acontecer, não se assuste. Visões nebulosas podem ser aliviadas desviando o olhar. b) Aumento ou diminuição na capacidade auditiva. Audição de ruídos na cabeça, como «bips», sons, música ou sons eletrônicos. Há quem ouça água a correr, zunidos, barulhos ou toques. Há quem tenha o que se chama dislexia auditiva, ou seja, nem sempre consegue perceber o que os outros estão a dizer, como se não conseguisse entender a sua própria língua.
Algumas pessoas ouvem vozes estranhas em sonhos, como se alguém lhes estivesse a gritar ao ouvido. Nestes casos pode pedir à «isso» para se ir embora, ou pedir ao plano angélico para tomar conta da situação. Mais uma vez, não tem nada a temer.
Conselho: Renda-se. Deixe ir. Ouça. Os seus ouvidos estão a ajustar-se a novas freqüências.
c) Intensificação do sentido do olfato, tacto (toque) e/ou sabor. Há quem se aperceba de que passou a conseguir detectar o cheiro e o sabor dos aditivos químicos nalguns alimentos, de uma forma bastante desagradável. Por outro lado, alguns alimentos sabem maravilhosamente. Para algumas pessoas, esta intensificação dos sentidos é tanto maravilhosa como divertida. Pode ser possível cheirar a fragrância de flores aqui e ali. Muitos místicos fazem-no. Aproveite.
9. Erupções da pele: borbulhas, inchaços, acne, urticária e herpes.
A ira produz perturbações à volta da boca e queixo. Certa pessoa teve uma dermatite nas extremidades durante vários meses, enquanto curava um episódio do seu passado. Quando saneou a maior parte desse material, o problema foi resolvido.
Conselho: Poderá estar a deixar sair toxinas e a trazer emoções à superfície. Quando existe material que deve ser libertado e você tenta reprimi-lo, a sua pele expressará a situação por si, até que se decida a trabalhar as emoções.
10. Alternância entre vigor e cansaço
Episódios de energia intensa que o faz querer saltar da cama e agir, seguido por períodos de letargia e cansaço. O cansaço, normalmente, segue-se a grandes mudanças. Aceite, pois este é um tempo de integração.
Conselho: Flua com a natureza da energia. Não a combata. Seja gentil consigo. Durma a sesta, se estiver cansado. No caso de sentir muita energia e não conseguir dormir, escreva pensamentos ou um romance. Tire vantagem do tipo de energia.
11. Alterações na oração ou na meditação.
Talvez não sinta as sensações habituais. Não tem a mesma experiência no contado com o Espírito. Dificuldade em concentrar-se.
Conselho: Talvez tenha passado a estar em comunhão com o Espírito mais freqüentemente e durante mais tempo. A sensação pode ser diferente, mas acabará por se adaptar a ela. Na verdade, você passou a pensar e agir em conformidade com o Espírito. Poderá notar que os seus períodos de meditação são agora mais curtos.
12. Ondas de energia.
De repente, sente-se percorrido por energia da cabeça aos pés. E uma sensação momentânea e pouco confortável. Por outro lado, algumas pessoas sentem um frio inexplicável. Se você for um trabalhador de energia, deve ter reparado que o calor que corre em suas mãos aumentou consideravelmente. Isto é bom.
Conselho: Se sentir desconforto, peça ao seu Eu Superior para aumentar ou diminuir a temperatura.
13. Sintomas variados
Dores de cabeça, dores de costas, dores de pescoço, sintomas de constipação (chamada «constipação de vibração»), problemas digestivos, danos musculares, aceleração dos batimentos cardíacos, dores no peito, alterações no desejo sexual, dores nos membros, vocalizações ou movimentos de corpo involuntários. Há quem tenha que se defrontar e curar certos episódios da infância. Relaxe. São sintomas temporários.
14. Rejuvenescimento.
Tornar-se-á cada vez mais leve à medida que for limpando o material emocional, libertando crenças limitadoras assim como bagagem pesada do passado. A sua freqüência aumentou. Ama-se mais, assim como ama mais a vida. Comece a mostrar a perfeição que você realmente é.
15. Sonhos vivos
Por vezes, os sonhos são tão reais que acorda confuso. Também pode ter sonhos lúcidos, nos quais está no controlo: você sabe que não está a «sonhar»; o que está a acontecer é de alguma forma real. Muitos sonhos poderão ser místicos ou trazer mensagens. Lembrar-se-á daquilo que for importante para si. Não force nada. Acima de tudo, não tenha medo.
16. Acontecimentos que alteram completamente a sua vida
Morte, divórcio, mudança no ou do emprego, perda de casa, doença, e/ou outras catástrofes – por vezes, várias duma só vez. Trata-se de forças que o obrigam a desacelerar, simplificar, mudar, reexaminar o que você é, assim como o que a sua vida lhe diz. Forças que não pode ignorar, que o obrigam a desapegar-se, que o acordam para o amor e compaixão por tudo.
17. Libertação
Desejo de cortar com todos os padrões restritivos: empregos, estilos de vida consumistas, e pessoas ou situações tóxicas. Necessidade de «se encontrar» e de encontrar o propósito da sua vida – Agora! Quer ser criativo e livre para ser aquilo que é, na verdade. Apetência para as artes e a natureza. Desejo de cortar com coisas e pessoas que já não lhe dizem nada.
Conselho: FAÇA-O!
18. Confusão mental e emocional
Sentimento de que precisa de arrumar a sua vida, pois está uma confusão. Mas, ao mesmo tempo, sente-se caótico e incapaz de o fazer, de se concentrar. Veja o Ponto 45.
Conselho: Concentre-se no seu coração e ouça o seu próprio discernimento.
19. Introspecção, solidão e perda de interesse por atividades no exterior
Este estado apareceu de surpresa a muitos extrovertidos que, antes, se viam envolvidos em diversas atividades. Agora dizem: «Não sei porquê, mas já não gosto tanto de sair como antes».
20. Manifestações de criatividade
Recepção freqüente de imagens, idéias, música e outras inspirações criativas.
Conselho: Pelo menos registre estas inspirações, porque o Espírito está a falar consigo sobre como poderá preencher seu propósito e contribuir para a cura do planeta.
21. Percepção de que o tempo está a acelerar
Tem essa impressão porque sofreu muitas e freqüentes alterações na sua vida. A sua quantidade parece estar a aumentar.
Conselho: Repartir o dia em encontros e segmentos temporários, aumenta o sentido de aceleração.
22. Premonição
Um sentimento de que algo vai acontecer, o que pode criar ansiedade.
Conselho: Não há nada com que se preocupar. As coisas acontecem mesmo, mas a ansiedade só lhe criará mais problemas. Não há nada a temer.
23. Impaciência.
Sabe o que fazer, mas, por vezes, isso não ajuda. Quer resolver o que lhe parece estar no seu caminho. Reconheça que as incertezas são desconfortáveis.
Conselho: Aprenda a viver com incertezas sabendo que nada lhe aparecerá à sua frente, se não estiver pronto. A impaciência é, na realidade, uma falta de confiança, especialmente no seu Eu Superior. Quando focar o presente, verá milagres a acontecerem.
24. Despertar
Talvez um interesse pelo Espírito surja, pela primeira vez, na vida. Uma chamada profunda para o significado da vida, para o seu propósito. Ligação espiritual e revelação. Um “constante desejo ardente” como lhe chama K.D. Lang. A vida mundana não preenche este vazio.
Conselho: Siga o seu coração, e o caminho ser-lhe-á mostrado.
25. Ser diferente dos outros
Um sentimento estranho de que tudo na sua vida parece novo e alterado, que deixou o seu eu antigo para trás. E deixou! Está muito maior que pode imaginar. E há mais para vir!
26. Ajudas de vários tipos
Aparecem «professores» em todo o lado, no momento certo, para ajudar à sua caminhada espiritual pessoas, livros, palestras, filmes, acontecimentos, Mãe Natureza, etc. Estes «professores» podem parecer negativos ou positivos, mas, de uma perspectiva transcendente, são sempre perfeitos. Surgirá, precisamente, o que tiver que aprender.
Conselho: Lembre-se de que nunca receberemos mais do que aquilo que estamos preparados para lidar. Cada desafio apresenta-nos uma oportunidade para provarmos a nossa mestria na sua superação.
27. Compreensão súbita
Encontro de uma pista espiritual, que faz sentido para si e que lhe «toca» nos mais profundos níveis.
Repentinamente, obtém uma perspectiva que nunca tinha considerado. Tem fome de mais. Lê, partilha os conhecimentos com outros, faz perguntas, e vai ao fundo, para descobrir quem é e porque está aqui. Corre o risco filosófico de se perguntar «Por que Existo?».
28. Rapidez de aprendizagem
Aprende depressa. Sente que está «a apanhar» bastante rapidamente.
Conselho: Lembre-se que as coisas lhe chegarão quando estiver pronto para lidar com elas. Não antes. Lide corajosamente com o que for surgindo e, assim, avançará rapidamente.
29. Presenças invisíveis
Algumas pessoas dizem que, à noite, se sentem rodeadas por seres, ou têm a sensação de serem tocadas ou de que «alguém» lhes fala. Por vezes, acordam. Outras pessoas sentem as órbitas oculares vibrarem. Estas vibrações são causadas pelas mudanças energéticas, depois de feita a limpeza emocional.
Conselho: Este é um assunto sensível, mas talvez se sinta melhor se, antes de adormecer, abençoar a sua cama e o espaço à sua volta. Adormeça, na certeza que está rodeado pelos mais magníficos seres espirituais e que está em segurança, ao cuidado de Deus. Não se culpe por ter medo de vez em quando.
30. Presságios, visões, números e símbolos
Vê coisas a que dá significado espiritual. Repara na sincronicidade dos números. Tudo tem uma mensagem se der ao trabalho de reparar.
31. Intensificação de integridade
Reconhece que é tempo para viver e falar a sua verdade. Subitamente, parece-lhe importante ser mais autêntico, mais você mesmo. Talvez tenha que dizer «não» a pessoas a quem tentou agradar no passado. Achará intolerável manter-se num casamento, emprego ou sítio, que já não se coaduna com o que você é atualmente. Igualmente, talvez se dê conta de que já não tem nada a esconder ou segredos a manter. A honestidade torna-se importante em todos os seus relacionamentos.
Conselho: Ouça o seu coração. Se o seu interior lhe disser para não fazer algo, fale alto e aja. Diga «não».
Da mesma forma deverá dizer «sim» àquilo que considera válido. Deve arriscar não agradar aos outros, sem culpas, de forma a atingir a soberania espiritual.
32. Harmonia com épocas e ciclos
Sente-se mais sintonizado com as estações do ano, fases da lua e ciclos naturais. Maior entendimento sobre o eu lugar no mundo. Uma forte ligação à Terra.
33. Desarranjos elétricos e mecânicos
Consigo por perto, as luzes vão abaixo, o computador bloqueia ou o rádio perde a sintonia.
Conselho: Chame os seus anjos ou guias para os arranjar, ou colocarem um campo protetor nas máquinas. Imagine o seu carro rodeado de luz azul. Aprenda a rir…
34. Aumento da sincronicidade
Se ocorrem muitos pequenos milagres… espere por mais!
Conselho: Situações sincronizadas dizem-lhe que está a agir na direção certa ou a fazer as escolhas acertadas. O espírito usa a sincronicidade para comunicar consigo. Começou a viver os milagres diários. Veja ponto 30.
35. Desenvolvimento das habilidades intuitivas e alteração de estados de consciência
Pensar em alguém e imediatamente saber desse alguém. Mais sincronismo. Ter percepções internas sobre padrões ou acontecimentos passados. Ver o futuro, ter experiências fora do corpo e outros fenômenos físicos. Intensificação da sensibilidade e do conhecimento. Entender a sua própria essência e a dos outros.
36. Comunicação com o Espírito
Contacto com anjos, guias espirituais e outras entidades divinas. Canalizar informação. Cada vez mais pessoas parecem estar a receber esta oportunidade. Sentir inspiração e obter informação, que toma a forma de escritura, pintura, idéias, comunicações, dança, etc.
37. Sentimento de Unidade.
Experiência direta de União. Conhecimento transcendente. Compaixão e amor por tudo o que vive. Compaixão desligada ou amor incondicional por tudo, o que nos leva a mais altos níveis de consciência e júbilo.
38. Alegria e benção
Um profundo e permanente sentido de paz e acompanhamento.
39. Integração
Torna-se mais forte e mais leve emocional, psicológica, física e espiritualmente. Sensação de alinhamento com o Eu Superior.
40. Viver o seu propósito
Sabe que está, finalmente, a fazer aquilo que o trouxe à Terra. Novas aptidões e dons estão a emergir, especialmente os de cura. A sua vida/trabalho está, agora, a convergir e a começar a fazer sentido. Vai usar, finalmente, todas estas aptidões.
Conselho: Ouça o seu coração. A sua paixão leva-o para onde deve estar. Deixe-se ir, e pergunte ao seu Eu Interior: «O que queres que eu faça?» Tome atenção às sincronicidades. Ouça.
41. Sentir-se mais perto dos animais e plantas
Para algumas pessoas, os animais parecem ser mais «humanos» no seu comportamento. Os animais selvagens mostram menos medo. As plantas respondem ao amor e à atenção que você lhes, agora mais que nunca. Algumas até podem ter mensagens para si.
42. Visualização de seres de outras dimensões
O véu entre dimensões é cada vez mais fino, pelo que este fato não surpreende. Mantenha-se no seu posto. Dado que você tem mais poder do que imagina, não receie nada. Peça ajuda aos seus guias, no caso de sentir que escorrega para o medo.
43. Refinamento da visão
Visão de formas mais verdadeiras das pessoas; visão de pessoas queridas com uma face diferente – vida passada ou vida paralela.
44. Manifestação física de pensamentos e desejos
Tudo isto passa a ocorrer de forma mais rápida e eficiente.
Conselho: Controle os seus pensamentos. Pois todos eles são orações. Tenha cuidado com o que pede.
45. Hemisfério esquerdo confuso
As suas habilidades físicas, o seu saber intuitivo, os seus sentimentos e compaixão, a sua forma de sentir o corpo, a sua visão, a sua expressão, todos emanam do lado direito do cérebro. Para que esta parte do cérebro se desenvolva melhor, o lado esquerdo do cérebro deve «abrandar».
Normalmente, a capacidade do hemisfério esquerdo de ordenar, organizar, estruturar, alinhar, analisar, rever, precisar, concentrar, resolver problemas, e aprender matemática, domina o nosso menos valorizado cérebro direito. Daqui resulta: lapsos de memória, colocação de palavras na seqüência errada, falta de habilidade ou falta de vontade de ler durante muito tempo, falta de concentração, esquecer-se do que ia dizer, impaciência com formas lineares de comunicação (áudio ou escrita), dispersão, perca de interesse em investigar ou em informação complexa; sentimento de ser bombardeado com palavras, conversas e informação. Relutância em escrever. Por vezes sente-se «obtuso» e não tem interesse em analisar, viver discussões intelectuais ou investigar. Por outro lado, pode sentir-se inclinado ao que tem significado: vídeos, revistas com fotografias, trabalhos artísticos, filmes, música, escultura, pintura, estar com pessoas, dançar, jardinar, andar a pé, e outras formas de esforço muscular. Pode procurar informação espiritual, ou até ficção científica.
Conselho: Se permitir que o seu coração e o lado direito cerebral o orientem, o cérebro esquerdo será ativado apropriadamente para o ajudar. Um dia, estaremos bem equilibrados, usando ambos os hemisférios com maestria.
46. Vertigens
Isto acontece quando não está estabilizado. Talvez tenha acabado de limpar uma grande carga emocional e o seu corpo esteja a ajustar-se ao seu estado mais «leve».
Conselho: «Aterre» comendo proteínas. Algumas vezes, os «alimentos que consolam» são os certos. Não rotule nenhum tipo de comida como boa ou má para si. Utilize a sua intuição para saber do que necessita em dado momento. Tire os sapatos e ponha os pés na relva, por uns minutos.
47. Quedas, acidentes, fraturas
O seu corpo não está estabilizado ou talvez a sua vida esteja desequilibrada. Talvez o corpo esteja a dizer-lhe para abrandar, examinar certos aspectos da sua vida ou a curar certos bloqueios. Procure o significado da mensagem.
Conselho: Caminhe na terra ou na relva; melhor, deite-se na erva com um cobertor por cima. Sinta a terra por baixo. Passeie na natureza. Abrande e preste atenção. Veja o que está a fazer. Sinta os sentimentos quando estes brotam. Fique no presente. Cerque-se de luz azul quando se sentir confuso.
48. Palpitações cardíacas
Um coração apressado geralmente é acompanhado por uma abertura. Só dura alguns momentos, e quer dizer que o coração está a equilibrar-se depois duma libertação emocional.
Conselho: Consulte o seu médico ou terapeuta sempre que for preciso ou não se sinta bem.
49. Crescimento rápido de cabelo e unhas Significa que está a ser utilizada mais proteína no corpo.
50. Desejo de encontrar a sua/seu parceiro certo
Mais que nunca, a idéia de que podemos ter uma relação ideal parece mais desejada.
Conselho: A verdade é que devemos ser o tipo de pessoa que queremos atrair. Temos que gostar de nós e do sítio onde nos encontramos agora, antes de podermos atrair um parceiro mais «perfeito». O trabalho começa em casa: retenha o desejo por aquela pessoa no seu coração, mas sem apego. Espere que algum dia irá encontrar alguém que se ajuste mais a si, mas não mantenha expectativas de quem será e de como se passará. Centre-se, antes do mais, em limpar a sua vida e ser a pessoa que quer ser. Seja feliz agora. Goze a vida. Depois verá…
51. Memórias
Memórias de superfície, memórias de corpos, memórias suprimidas, imagens de vidas passadas e/ou vidas paralelas. Porque estamos a curar e a integrar todos os nossos «eus», espere por alguma destas experiências.
Conselho: O melhor é prestar atenção só ao que lhe vem à mente. Deixe o resto, não analise tudo ao pormenor (senão ficará atolado de material antigo) e sinta os sentimentos conforme eles forem aparecendo. Peça ajuda aos seus guias.