quarta-feira, janeiro 29, 2014

PENSE POSITIVO – INSISTA NO PENSAMENTO POSITIVO

A motivação vem do pensamento. Cada acção que temos é precedida por um pensamento que inspira essa acção. Mas, quando deixamos de pensar (devidamente), perdemos a motivação para agir. Eventualmente caímos no pessimismo e miserabilismo, e isto leva-nos a pensar ainda menos. E assim sucessivamente. Uma espiral descendente de negatividade e passividade, alimenta-se dela mesma como uma sanguessuga. Grande parte de nós passamos o nosso tempo de vigília em automático, como se estivéssemos a sonhar,  onde esse sonho se desenrola sem a nossa consciência debitar o quer que seja. Fazemos mais um dia as mesmas coisas da mesma forma, com o mesmo ritmo, criticamos os outros e a nós mesmos com as mesmas frases, como se tivéssemos decorado o guião de um peça de teatro e a fossemos recitando, dia após dia.

O REVERSO DA MEDALHA DOS NOSSOS HÁBITOS INSTITUÍDOS

Grande parte das nossas rotinas sedimentaram-se na nossa vida por nos serem úteis, por nos servirem e nos facilitarem a quantidade de coisas que fazemos. Sentimo-nos confortáveis a fazer aquilo que sempre fizemos, aquilo que nos é fácil, que fazemos sem ter que prestar atenção. Podemos chamar a este processo, os nossos hábitos instituídos. Até aqui, tudo muito bem! Mas, se alguns desses hábitos passaram a não ser adequados, prejudicam-nos, incapacitam-nos ou impedem de sentirmo-nos bem, de sermos apreciados pelos outros, de sermos aceites em sociedade, ou nos impedem de atingir os nossos sonhos e objetivos? Se nos toldaram a criatividade, a perspicácia, a vontade de aprender, de olhar a vida por outras perspetivas e alternativas?
Os nossos hábitos instituídos podem passar a ser a nossa maior dor de cabeça. Habituámo-nos a eles por um processo de repetição até chegarmos ao ponto de julgarmos que nós somos mesmo assim, que isso faz parte da nossa personalidade. Mas, nada poderia estar mais errado. Só julga ser assim porque fechou a janela das possibilidades, das alternativas, da consciência, de pensar acerca das coisas, das suas coisas, daquilo que  quer e que não quer. Se continuarmos a percorrer os trilhos da vida num estado “adormecido”, muito provavelmente iremos atingir um ponto de cristalização do nosso pensamento, perdemos a flexibilidade de pensamento e criamos umainclinação mental desadequada.
Vejamos o seguinte exemplo: Digamos que uma pessoa com uma inclinação mental para o pessimismo levantou-se num sábado de manhã e colocou na sua ideia que tinha de arrumar e limpar a garagem. Dirige-se à garagem, abre a porta e fica chocado por ver a quantidade de lixo e desarrumação. “Esquece isso” Diz o pessimista no maior dos lamentos. “Ninguém conseguiria limpar esta garagem num só dia!” Perante esta situação e num estado mental de incapacidade, fecha a porta da garagem e volta para outra divisão da casa para fazer outra coisa qualquer.
Os pessimistas têm um pensamento de “tudo ou nada”. Têm um pensamento catastrófico e absolutista. Ou fazem as coisas de forma perfeita ou não fazem. Vejamos como é que o otimista enfrentaria o mesmo problema. Vamos assumir que até dizia a mesma coisa: “Esquece isso”. Ninguém conseguiria limpar esta garagem num só dia!” No entanto, uma grande diferença entre o pessimista e otimista saltaria à vista. Ao invés de voltar para casa, o otimista continuaria a pensar. “Pronto, não consigo limpar toda a garagem, mas ainda assim, o que é que eu posso fazer?” Ele pensa durante um pouco, e tem a ideia de dividir a garagem em 4 secções e limpar apenas uma nesse dia. “De certeza que consigo limpar uma secção, e se limpar uma parte por semana, certamente até ao final do mês consigo limpar toda a garagem”. Ao fim de um mês os cenários serão diferentes: O pessimista terá a garagem numa desgraça e o otimista uma garagem limpa.

O SABOTADOR INTERNO

O pessimista tem uma inclinação mental para pensar de forma desanimada ou que não consegue fazer nada, que as coisas não valem a pena, desiste de pensar positivo muito rapidamente. Na grande maioria da vezes o pessimista é um desistente crónico, foca-se nos piores cenários e não acredita que as coisas possam dar certo. A estes aspetos negativos do programa mental do pessimista podemos chamar de sabotador interno. É um sistema auto-perpetuador de conexões entre as células cerebrais, uma presença neurológica que parece ser tão intrínseca a nós, que normalmente não temos consciência da sua influência. O sabotador interno é uma consequência da forma como você pensa acerca das coisas. Pode ser muito difícil  desaprender aquilo que aprendeu e julga ser parte de você, mas é possível.
Sabemos que um músculo se desenvolve através do esforço repetido. Se você deixar de o usar, se parar de o exercitar, as conexões entre as células musculares irão enfraquecer. Assim, acontecerá com os vários aspectos da sua inclinação mental, do seu sabotador interno. Assim que você o identificar, e inibir essas ideias e comportamentos, as conexões entre as células cerebrais irão diminuir, perdendo a sua força, enfraquecendo a sua inclinação mental pessimista. Para aprofundar mais um pouco este tópico, pondere ler o nosso artigo: Os 10 sabotadores do seu sucesso.

ESPECIALIZAÇÃO NEURONAL

O nosso cérebro especializa-se através de um processo de repetição de comportamentos, através do reforço de grupos de redes neuronais. Na infância à medida que vamos enfrentando os desafios e dificuldades da vida, vamos colocando em acção algumas formas de lidar com as situações. Algumas destas estratégias funcionam e são retidas. O sabotador interno nasceu.
Por exemplo, se uma criança é criticada pelos seus pais, a estratégia de lidar com a situação pode ser agir “erradamente” dado que esta é a única forma da situação lhe fazer sentido. Ela irá desenvolver comportamentos “errados” para dar razão aos seus pais. Uma criança que é ignorada pode achar que só terá atenção quando está doente, assim, a doença, queixas somáticas ou pequenos acidentes tornar-se-ão num mecanismo de enfrentamento inconsciente. A criança “aprendeu” a ser um falhado, aceitar a crítica e a ter relacionamentos sem apoio. Estas estratégias, até podem ter funcionado na infância para diminuir a fúria da mãe, mas certamente serão disfuncionais na adultez. A dura realidade, é que estas estratégias tornaram-se a sua “especialização” desenvolvida para lidar com um conjunto particular de circunstâncias.


Se registássemos uma possível lista dos comportamentos auto-sabotadores desenvolvidos através dos mecanismos de lidar com as situações, ficaria algo do género:
  • “Eu assumo que vou falhar, por isso não tento.”
  • “Eu comporto-me como se nada de bom me aconteça.”
  • “Eu dificilmente confiarei em alguém.”
  • “Eu critico os outros e acho que os outros me criticam.”
  • “Eu acho difícil fazer amigos.”
  • “Eu rejeito as pessoas que são boas para mim ou que me tentam ajudar.”
  • “Eu evito confrontar-me com situações  em que as pessoas me possam julgar.”
Este é apenas um exemplo como o nosso sabotador interno se desenvolve. Estas especializações infelizmente não se ficam apenas pela infância, podem sedimentar-se em qualquer altura da nossa vida. Tal como esta criança, também nós nascemos com a capacidade para aprender um conjunto quase ilimitado de respostas comportamentais. Importa referir, que a especialização neuronal formada pelas nossas reacções a situações sobre as quais não temos controlo, limita-nos severamente as nossas opções.

UM TESTEMUNHO DO VALOR DO PENSAMENTO POSITIVO

Para testemunhar uma das mais profundas ilustrações da efetividade prática do otimismo na história da América, você tem de relembra-se do filme, Apollo 13, ou então visioná-lo. Para além do trabalho de trazerem os astronautas do outro lado da lua ter sido assustador e esmagador, o desafio foi realizado em pequenas tarefas de cada vez. As pessoas que estavam no controlo da missão em Houston e que salvaram os astronautas, conseguiram esse feito extraordinário porque mesmo perante a “impossibilidade” dos problemas tecnológicos, eles continuaram a pensar positivo. Eles nunca desistiram. Procuraram por soluções parciais, e declaram que iriam agarrar-se a essas soluções parciais e trazer os seus homens em segurança para casa.
Dica: Sempre que você se sinta pessimista ou oprimido, relembre-se para continuar a pensar positivo. Continue a pensar, continue a pensar positivo.
De acordo com a abordagem da psicologia positiva, pensar positivo não se resume de forma alguma apenas a afirmações positivas ou de capacidade. Estas podem formar a base da intenção daquilo que se quer e pretende que aconteça. Mas,  provavelmente a estratégia que mais conta, é a estruturação de um encadeamento de acções que suportadas pelas afirmações irão expressar as forças, valores, objetivos e crenças adaptativas da pessoa ou grupo de pessoas. As pessoas que pensam de forma otimista, capacitadora e positiva, escolhem fazer um uso diferente da imaginação humana. A imaginação que cada um de nós possui deveria ser usada, não para fugir à realidade, mas para a criar.
Não hesite em pensar, não hesite em pensar positivo. Não se deixe levar pelos caminhos vincados (inadequados) da sua mente. Desperte, acorde, fuja à rotina da sua inclinação mental para a desistência. Resista à sua paragem de pensamento para a solução, insista na busca de possibilidades e caminhos alternativos, persista na reestruturação do seu pensamento positivo.

sábado, janeiro 25, 2014

Dicas de Crystal para melhorar a Energia


A energia atua diretamente em nossa aura e, assim como um imã, faz com que a gente atraia tudo que está disponível no astral e no ambiente, de acordo com nossa freqüência. Se a freqüência for positiva, o processo é de auto limpeza e de descompressão interior. Se a freqüência for negativa viramos uma lixeira do astral, e nos tornamos o nosso próprio obsessor. 
Vibração é vida... E vida é consciência.

Todas as formas de vida são emanações da luz Divina e fragmentos da consciência Universal. O som, a música, a cor, a luz, os minerais, os vegetais, os pensamentos, a oração, as formas geométricas, tudo vibra, embora em frequências variadas. 

Anote algumas dicas:

ORAÇÃO
A oração é uma forma de se conectar com Deus. A própria totalidade no encontro com O Seu Eu Superior.
Quando pedir algo ao Universo através da prece, não esqueça de acrescentar ao seu pedido, que todas as pessoas que estejam na mesma situação que você alcancem a graça juntos. É uma forma de caridade universal.
A egrégora se formará e você alcançará a graça mais rapidamente.

MANTRAS
Mantras são sons que ativam energia psíquica. Toda energia sonora positiva tem o poder de produzir efeitos benéficos em nossos corpos físico, emocional, mental, e espiritual.
Cada um de nós tem um mantra pessoal para ser verbalizado ou em pensamentos como mentalização, quando precisamos de acessar ajudar espiritual, equilíbrio, harmonia, saúde, em situações de perigo etc.
Segundo os hindus quando pronunciamos nosso mantra ficamos invisíveis perante o perigo.
Os Mantras devem ser repetidos várias vezes ao dia com a mesma entonação. Exemplos:

O sagrado OM 
Harmoniza e desperta a faculdade intuitiva.

OM SHANTI
Para tranquilizar e acalmar o emocional.

CORES X DIA DA SEMANA

Cada dia da semana vibra uma cor. Use-as para harmonização através de flores, velas ou roupas etc.

Segunda-feira - Branca - Arcanjo Gabriel - para receber boas notícias.

Terça-feira - Vermelha - Arcanjo Khamael - abertura caminhos e problemas c/ justiça.

Quarta-feira - Verde - Arcanjo Raphael - para saúde.

Quinta-feira - Azul - Arcanjo Tzadkiel - para prosperidade e abundância.

Sexta-feira - Rosa – Arcanjo Hanniel - para o amor em todos os sentidos.

Sábado - Lilás - Arcanjo Tzapkiel - para nosso crescimento e evolução espiritual.

Domingo - Amarela ou Laranja - Arcanjo Miguel - para proteção.

CRISTAIS:
Cientificamente já está provado que os cristais são os melhores condutores e amplificadores de energia, sendo utilizados na composição da fibra ótica, em chips de computadores, raio laser, instrumentos de precisão, relógios (quartzo, rubi) etc.

São ionizadores, potencializam a energia, decompõem as cores da luz através da beleza do prisma. Utilizados ainda como fonte de registro de informações devido à grande capacidade de armazenar dados.
Você poderá usar no bolso, em pasta de trabalho, na cabeceira da cama, em estante, mesa ou móveis como decoração, em mesa de trabalho como peso de papel, ou ainda como pingente em um colar, ou em chaveiro.
Para usar em colar ou em chaveiro, não pode ser furado, deve ser colocado dentro de um tipo de garra onde fique pendurado sem furar e afetar a estrutura molecular com que se organizou.

AMAZONITA
Facilita a comunicação, acalma o sistema nervoso e revigora os meridianos.
AMETISTA
Transmuta energia negativa em positiva,
eleva o espírito, resgata a auto-estima.
Ajuda a vencer vícios.

CITRINO
Usado para atrair o sucesso financeiro.
Purifica sistema endócrino e digestivo.

CORNALINA
Para concretização de objetivos.
Atua na distração, acalma raiva e ciúmes.

GRANADA
Proporciona magnetismo pessoal
e revigora a corrente sanguínea.

HEMATITA
Protege o ambiente de energia negativa.
Fortalece o coração.

MALAQUITA
Fortalece a fé e a conexão com o Anjo da guarda.
Alivia problemas causados por radiação, ajuda na insônia.

ENXOFRE
Afasta egrégoras de doenças.
Bom para hospitais e clínicas.

PEDRA DA LUA
Estimula a concentração.

PIRITA
Atrai riquezas e facilita bons negócios.

QUARTZO ROSA
Harmoniza relacionamentos, traz alegria.

QUARTZO VERDE
Para saúde em geral. Regenerador celular.

SODALITA
Dá criatividade. Harmoniza conflitos internos.

TURMALINA NEGRA
Absorve energia negativa.
Nivela a energia depurando ambientes.
Traz autocontrole.
 

terça-feira, janeiro 21, 2014

GUÍA ESPIRITUAL PARA DESPERTAR TU CONCIENCIA


GUÍA ESPIRITUAL PARA DESPERTAR TU CONCIENCIA 

Tu vida esta basada en tu Sistema de Creencias. Depende de como ves todas las cosas, en lo que crees o en lo que no crees. Aquello en lo que crees, lo haces tuyo, y por lo tanto, es lo que se manifiesta en tu vida. 

Cada quien tiene su propia interpretación, “cada cabeza es un mundo” tu creas tu propio mundo basado en lo que crees. Por lo tanto, no creas todo lo que la gente te diga, ni lo que veas en la televisión, ni lo que mires o suceda a tu alrededor. Primero pregúntate si deseas creer en ello y si te beneficia.

Cree en lo que sientas con el corazón y no con la mente, cree en tu INTUICIÓN (Ser Superior) que te guía a tomar decisiones correctas y armoniosas, cree en todo lo que puedas hacer sabiendo que tienes el poder de escoger libremente (LIBRE ALBEDRÍO) lo mejor para ti y para todos los que te rodean. "CREE EN TI"

Hasta ahora te encontrabas viviendo una vida dormido (Inconsciente) manejada por tu mente (EGO), y nadie es culpable de todo lo que te ha pasado, ni si quiera Tú, porque te encontrabas en la inconsciencia y no lo sabías, no te habías dado cuenta de ello. (Se dice en pasado porque de ahora en adelante vas a crear solo cosas que si quieres y lo vas hacer conscientemente).

Las decisiones que habías tomado, lo que eras física y espiritualmente, lo que tenías materialmente, en si todo, lo habías creado inconscientemente tu mismo, pero te repito, nadie es culpable de lo que te sucedió o de lo que hiciste, porque te habían programado inconscientemente. ¿Programado? ¿Cómo que programado? Si, te habían Implantado información en tu memoria (mente subconsciente - EGO) y eso hace que reacciones y seas tal y como habías sido hasta ahora. Pero eso no eres Tú, eso es solo información que puede cambiarse (borrarla tal y como se puede hacer en las computadoras) y guardar nueva información que si puede ayudarte a seguir tu camino hacia la iluminación.

¿Quiénes te pudieron haber programado? Primeramente tus padres, te formaron (programaron inconscientemente porque no sabían que lo estaban haciendo) desde que estabas en el periodo de Gestación hasta ahora.

Te dijeron como tenia que ser tu vida, como tenias que comer, como vestir, como debía ser tu educación, tu disciplina, hasta que amigos debías tener, etc. Y así también tus abuelos programaron a tus padres y tus bisabuelos a tus abuelos y así sucesivamente hacia atrás. Porque no había un manual de como se debía educar a los hijos y no sabían que la sobre protección llevaba a la manipulación y al control que no dejaba vivir a cada ser su propia vida.

Pero hubo más seres Inconscientes que también habían influido (programado) en ti, como todos los familiares que te rodean, amigos, maestros, compañeros de tu escuela, las instituciones sociales, los medios de comunicación (televisión, cine, radio, periódico, etc.)

En fin, todo lo que estuvo a tu alrededor pudo formarte (programarte) y por ello, ahora eres quien eres. Pero todo eso lo puedes transformar a partir de este momento, puedes empezar a vivir tu PROPIA VIDA, escoger lo que realmente quieres SER con tus propias decisiones, porque te recuerdo que tienes tu LIBRE ALBEDRÍO de elegir lo mejor para ti.

Ahora que ya lo sabes lo anterior, es importante que te digas a ti mismo: "Si quiero transformar mi vida en verdad" Díselo a tu verdadero Ser (Tu Ser Superior), que si quieres ser feliz y vivir conscientemente el presente.

Dándote lo mejor, amándote a ti y a todos los que te rodean; de corazón, sin mascaras, totalmente transparente, porque el temor se ha ido de tu vida y ahora vives con la confianza de que todo esta bien.

Siempre has estado conectado con tu Ser Superior y ahora tienes todo lo que necesitas porque vives en abundancia en todos los sentidos. (Esta afirmación hacerla en presente)

Solo recuerda que: ¡Tú mismo estás creando todo lo que te rodea! Enfoca toda tu atención y tu esfuerzo en lo que si quieres y anhelas, porque todo es energía y tus pensamientos deben que estar enfocados en lo que sí deseas.

Date la oportunidad de crecer como ser el humano espiritual que Eres y alimentar tu espíritu, porque lo tenías olvidado y necesitas reencontrarte con EL.

Hasta ahora solo habías alimentado tu cuerpo, cuídalo es tu templo, pero hazte esta pregunta primero: ¿lo alimentas con comida sana? Porque esta es otra parte que debes poner toda tu atención. Una vez, una amiga me vio desayunando fruta con granola y me dijo: ¡Ay, pero que sano desayunas! Entonces me hice una pregunta: ¿Por qué es extraño desayunar sano? Lo que pasa es que se les había olvidado que también debíamos comer cosas sanas ¿no crees?

Por otro lado, tu mente también estaba olvidada, al grado que ella había controlado tu vida. Ahora toma el control y sana todo tu SER.

Busca y ve siempre hacia dentro de ti, ahí esta toda la verdad que necesitas saber para que Seas realmente quien eres en verdad y tengas siempre (presente eterno) una vida espiritual.

¿Qué hacer para tu sanación y tu crecimiento espiritual?
 

sexta-feira, janeiro 17, 2014

SAVIEZ-VOUS QU'AVOIR UNE RELATION DE COUPLE EST UN DES GRANDS DÉFIS DE LA VIE?


Il y en a même qui admettent que c'est LE plus grand défi de leur vie. Cela peut se produire si vos parents vous ont donné un modèle de relation très difficile et que vous croyez - comme eux - que c'est en effet presque impossible d'avoir une relation harmonieuse et intime avec quelqu'un.

Pourquoi est-ce un défi ? Parce que la vie commune éveille beaucoup de peurs et de croyances qui sont refoulées depuis la naissance. Vivre en couple n'est pas la même chose que vivre en famille ou avec des amis. 

Un des problèmes majeurs est qu'on oublie que chacun est différent. Un des grands secrets d'une bonne relation est d'ACCEPTER SA DIFFÉRENCE AINSI QUE CELLE DE L'AUTRE.Il est utopique de croire que deux partenaires peuvent toujours avoir les mêmes désirs et la même façon de vivre au même moment. Dans une relation, chaque partenaire doit pouvoir écouter ses propres besoins et sentir que c'est légitime de faire ce qui est bon selon lui, même si l'autre n'est pas d'accord.

Il est fort possible que votre ego prenne le dessus en lisant ceci et vous dise :« Avec ce genre de philosophie, si un décide d'abuser de l'autre, de le tromper, de le battre même, doit-on le laisser faire ? » Ce n'est pas du tout ce que j'exprime ici. Ce qu'il lui semble bon POUR LUI veut dire ce qui le concerne uniquement, ce dont il sera le seul à assumer les conséquences.
Il doit être clair que chacun doit prendre l'entière responsabilité de toutes ses décisions. Si toutefois l'un veut aider l'autre, cela se fera par choix et non par obligation.

Accepter nos différences ne peut être possible que s'il y a des ententes claires et précises. Voilà un autre défi. Savoir s'exprimer, savoir communiquer afin que les ententes soient claires entre les deux dès le départ. La plupart d'entre nous avons plutôt appris de nos parents comment avoir des attentes et non comment faire des ententes précises. Pourquoi ? Parce que nos parents ne savaient pas comment faire. Alors, pourquoi ne pas dépasser nos parents en apprenant à le faire nous-mêmes ? C'est ce qui s'appelle l'ÉVOLUTION d'une personne.

Une autre chose qu'un couple doit réaliser, c'est qu'une union donne la possibilité de démontrer son amour de différentes façons. Si tous les deux insistent à ce que l'autre démontre son amour d'une certaine façon, ce sera une grande source de conflits. Par exemple dans mon premier mariage, je croyais que si mon mari aidait à la maison, s'il rangeait tout au fur et à mesure plutôt que de toujours remettre cela à plus tard, s'il s'occupait du jardin, etc., cela voulait dire qu'il m'aimait. Pourquoi ? Parce que j'avais vu mon père le faire et je croyais qu'il démontrait son amour ainsi, car il était très peu communicatif. Comme il ne pouvait pas dire Je t'aime à maman, c'est seulement ainsi qu'elle pouvait le savoir.

Je vous avoue que je n'ai jamais vérifié auprès de mes parents si la déduction que j'avais faite était vraie. Je sais par contre que lorsque mon mari me disait très souvent Je t'aime, je ne le croyais pas parce qu'il ne voulait pas faire ce que je lui demandais au moment où je le voulais. Voilà une des raisons qui ont mené au divorce. Tout ça pour dire que c'est mon incapacité à croire que l'amour puisse être démontré de plusieurs façons qui a contribué à recevoir ce genre d'amour de la part de mon mari. Si j'avais accepté sa différence, je sais maintenant qu'il aurait agi autrement.

TOUT VIENT DE SOI. On croit que c'est l'autre qui nous rend malheureux alors que c'est ce qui se dégage de nous qui incite l'autre - malgré lui - à agir de telle ou telle façon avec nous. Voilà une autre grande difficulté. C'est pourquoi il est important d'utiliser notre partenaire comme le meilleur moyen pour apprendre à mieux nous connaître. Ça s'appelle FAIRE LE MIROIR avec l'autre. Cette technique a déjà été expliquée dans plusieurs autres articles ainsi que dans mes livres, conférences et ateliers. C'est un outil très important pour avoir le genre de relations que nous désirons.

Une autre difficulté est de croire que nous pouvons rendre notre partenaire heureux. Ce n'est qu'une croyance de l'ego. Chaque action faite dans le but de rendre l'autre heureux ne fait que donner plus de pouvoir à l'ego. Quand l'autre est heureux, nous croyons que c'est grâce à nous. Voilà pourquoi nous croyons au même degré que lorsqu'il est malheureux, c'est aussi à cause de nous et voilà, le cercle vicieux est reparti. Nous recommençons à faire des pirouettes pour rendre l'autre heureux. IL EST IMPOSSIBLE de rendre une autre personne heureuse, car le bonheur ne peut venir que de l'intérieur de nous. Le bonheur vient de notre réaction à tout ce qui se passe dans notre vie et non à cause des événements, personnes ou situations.

J'ai observé plusieurs personnes se sentir coupables de montrer leur joie de vivre quand leur partenaire est malheureux. Pourtant nous pouvons mieux aider quelqu'un en continuant à être bien qu'en essayant de le changer pour qu'il cesse d'être malheureux. En nous forçant à aider quelqu'un et en oubliant nos propres besoins, nous devenons un martyre. Nous ne sommes pas vrais envers nous-mêmes et ce qui se dégage de nous ne peut aider l'autre.

Pour voir si votre relation de couple est en danger, observez ce qui se passe quand l'un est heureux et joyeux, et que l'autre ne l'est pas. Si celui qui n'est pas heureux momentanément n'est pas capable d'être bien en voyant l'autre joyeux, comme s'il lui en voulait d'être bien quand il ne l'est pas, c'est mauvais signe. Il devient urgent de changer votre façon de vivre ensemble, car ça ne pourra plus durer très longtemps. Cette façon de réagir de la part d'un des partenaires indique que tous les deux sont ainsi.

Je termine cet article en vous suggérant de bien savourer ce que vous avez dans votre relation, dès le départ si possible, car rencontrer un partenaire de vie ne se présente pas tous les jours. Pourquoi ne pas faire le bilan chaque semaine ensemble de ce que vous avez aimé et savouré ensemble durant la semaine ? C'est beaucoup plus agréable que d'avoir une relation de compétition et de guerre d'ego, ne croyez-vous pas ?

Avec amour,

Lise Bourbeau

Fonte: http://www.ecoutetoncorps.com Infolettre d'Écoute ton corps #136

segunda-feira, janeiro 13, 2014

DEFEITOS É QUE CONSTITUEM A VERDADEIRA DOENÇA

 

Rebirth of Venus by Sheri Howe

O que conhecemos como doença é o estágio final de um distúrbio muito mais profundo; e, para assegurar um absoluto sucesso no tratamento, é óbvio que cuidar apenas do resultado final não será um procedimento de todo efetivo, a menos que a causa fundamental também seja suprimida. 

Há um erro básico que o homem pode cometer: é o de agir contra a Unidade; esse tipo de atitude se deve ao egoísmo. 

A partir disso, podemos também afirmar que há apenas um tormento básico – o mal-estar, a enfermidade. 

E, assim como uma ação contra a Unidade pode ser de vários tipos, da mesma forma a doença – uma conseqüência dessa ação – pode ser dividida em grupos principais que correspondem às suas causas específicas. 

A real natureza de uma enfermidade será um guia eficaz para que se identifique o tipo de ação que se está praticando contra a Divina Lei do Amor e da Unidade.
 
Se tivermos em nossa natureza amor suficiente por todas as coisas, não seremos causa de agravo a ninguém; pois esse amor sustará o gesto agressor, e impedirá nossa mente de se entregar a qualquer pensamento que possa magoar alguém. 

No entanto, ainda não chegamos a semelhante estágio de perfeição; se já o tivéssemos alcançado, não haveria razão nenhuma para nossa existência nesta terra.
 
Mas todos nós estamos buscando e avançando rumo a esse estágio, e os que dentre nós padecem na mente ou no corpo estão sendo conduzidos por esse mesmo sofrimento em direção a essa condição ideal; se soubermos como interpretá-lo corretamente, não só poderemos acelerar nossos passos em direção à meta, como também nos guardaremos da doença e da angústia. 

Desde o momento em que a lição é aprendida e o erro reparado, não há necessidade do corretivo, pois não podemos nos esquecer que o sofrimento é, em si mesmo, benéfico, sobretudo por mostrar-nos o momento em que estamos seguindo por alguma via enganosa, e por acelerar a marcha de nossa evolução para uma gloriosa perfeição.
 
As doenças reais e básicas do homem são certos defeitos como o orgulho, a crueldade, o ódio, o egoísmo, a ignorância, a instabilidade e a ambição; e se cada um deles for considerado
 
individualmente, notar-se-á que todos são contrários à Unidade. 

Tais defeitos é que constituem a verdadeira doença (usando aqui a palavra com sua conotação moderna), e a continuidade desses defeitos, persistirmos neles, depois de termos alcançado um estágio de desenvolvimento em que já os sabemos nocivos, é o que ocasiona no corpo os efeitos prejudiciais que conhecemos como enfermidades.
 
O orgulho se deve, em primeiro lugar, à incapacidade de se reconhecer a pequenez da personalidade humana e sua absoluta dependência da Alma, e de aceitar que todas as vitórias que se possam ter não se devem a essa personalidade, mas são bênçãos com que nos agraciou a Divindade interior; em segundo, deve-se à perda do senso de proporção, da noção de quanto se é insignificante diante do complexo arranjo da Criação. 

Como o orgulho se mostra invariavelmente relutante em se curvar com humildade e resignação à Vontade do Grande Criador, ele pratica ações contrárias a essa Vontade.
 
O ódio é o contrário do Amor, o reverso da Lei da Criação. 

Ele se opõe a toda a Obra Divina e é uma negação ao Criador; conduz apenas a pensamentos e a ações que são adversos à Unidade e contrários àqueles que seriam prescritos pelo Amor.
 
O egoísmo é, também, uma negação à Unidade e ao dever que temos para com nossos irmãos humanos, pois ele faz com que coloquemos nossos interesses pessoais antes do bem-estar da humanidade, do carinho e da proteção que deveríamos dedicar aos que estão mais perto de nós.
 
(...) São esses os exemplos da real doença, a origem e a base de todos os nossos sofrimentos e aflições. 

Cada uma dessas imperfeições, se mantiverem-se contrárias à voz do Eu Superior, provocarão um  conflito que deve, por força da necessidade, refletir-se no corpo físico, produzindo um tipo específico de enfermidade.
 
Agora veremos como qualquer tipo de doença que podemos vir a sofrer nos conduz à descoberta da falta que está por trás de tudo quanto nos aflige. 

Por exemplo, o orgulho, que é arrogância e rigidez mental, despertará doenças que ocasionarão a rigidez e a ancilose do corpo. 

A dor é o resultado da crueldade, e, por meio dela, o paciente aprende, através do próprio sofrimento, a não infligi-lo aos outros, do ponto de vista físico ou mental. 

As penalidades resultantes do ódio são o isolamento, o temperamento violento e incontrolável, as perturbações mentais e os estados de histeria. 

As doenças decorrentes da introspecção – a neurose, a neurastenia e os estados semelhantes – que acabam tirando da vida tantas alegrias, são causadas pelo egoísmo em excesso.
 
A ignorância e a falta de sabedoria criam suas próprias dificuldades na vida cotidiana e se, além disso, houver persistência na recusa em ver a Verdade quando a oportunidade é dada, a miopia e outras deficiências visuais e auditivas serão as conseqüências naturais.

A instabilidade da mente pode acarretar no corpo a mesma característica, com aquelas várias disfunções que afetam os movimentos e a coordenação motora.
 
As conseqüências da ambição e da vontade de dominar os outros são aquelas doenças que levam a quem delas sofre a ser escravo do próprio corpo, com os desejos e ambições refreados pela enfermidade.
 
Ademais, a parte afetada do corpo não é obra do acaso, mas obedece à lei de causa e efeito e, uma vez mais, pode servir de guia para nos ajudar. 

Por exemplo, o coração, a fonte da vida e, portanto, do amor, é atacado especialmente quando o lado amoroso da natureza do indivíduo para com a humanidade não é desenvolvido ou é utilizado de modo errado; a mão lesada denota falha ou erro na ação; o cérebro sendo o centro de controle do corpo, se afetado, indica uma falta de controle na personalidade. 

Tudo isso deve seguir o que a lei estabelece. 

Estamos todos prontos a admitir as diversas conseqüências que se seguem a uma crise nervosa, a um choque emocional de más notícias que chegam de repente; se as atividades corriqueiras podem assim afetar o corpo, quão mais grave e profundamente enraizado deve ser um conflito que existe desde há muito entre a alma e o corpo! 

Como podemos nos espantar com o fato de as conseqüências provocarem doenças tão graves como as que existem entre nós atualmente?
 
Contudo, não há motivo para depressão. 

A prevenção e a cura acontecem quando localizamos o erro dentro de nós mesmos, e suprimimos esse defeito por meio do cuidadoso aprimoramento da virtude que o destruirá; não combatendo diretamente o erro, mas desenvolvendo tanto essas virtudes opostas que ele chegue a ser varrido de nossas naturezas.

 
Edward Bach, in
Cura-te a ti mesmo

quinta-feira, janeiro 09, 2014

CALO-ME, LOGO CALEJO-ME


É do tipo de pessoas cuja razão e emoção vivem em conflito? Ao fim do dia, quando se tem por debaixo das cobertas, tudo daria para saber uma coisa. Esta coisa: como calar a minha emoção? Quer saber outra coisa? Não há como. Porquê? Porque razão e emoção estão ligados. A mente segue o sentimento e mesmo quando calamos emoções o corpo fala. O sistema energético humano mantém uma ligação profunda com o sistema emocional, que por sua vez mantém uma ligação com o sistema mental, que por sua vez sustenta todo o sistema de crenças, isto é, as coisas em que uma pessoa acredita. Basta um ligeiro desequilíbrio no sistema de crenças para atingir o sistema mental, que por sua vez atinge o sistema emocional, que por sua vez pode bloquear o fluir do sistema energético.
A energia bloqueada provoca doenças. As mais variadas doenças, provenientes de bloqueios energéticos, provocados por bloqueios emocionais, por sua vez provocados pela mente… A mente é muito mais poderosa do que você imagina. E calar uma emoção é um suicídio lento. Então, como fazer para deixar “falar” uma emoção? Entrar em si mesmo. Isto é das coisas mais eficazes para conseguir um efeito terapêutico em prol do seu bem-estar, recuperando harmonia. São esses ‘mergulhos interiores’ o garante de sentir-se bem que no fundo é sentir quem você é. Isto é algo que só cada um pode descobrir por si. Encontrar-se a si próprio é tarefa de cada qual, ninguém o fará por nós. Não cale, muito menos se cale a si próprio. Quem cala consente, ou melhor, não sente… Mas o que a mente faz por não sentir o corpo tende a reflectir. A expressar, a prensar… a expor, para nos expormos a nós mesmos… Para nos pormos a nós mesmos. A quê? Nos pormos a sentir, a pensar. Quem cala caleja-se, e os calos vão endurecendo, formando uma carapaça muitas vezes tão difícil de atravessar. Exprima-se para não se expirar! E porquê? Porque é em seu mundo interior que ficam armazenadas as emoções e as programações mentais que são responsáveis por criar ou atrair as situações que você vive actualmente. E também são responsáveis por formar couraças que impedem o fluxo natural da energia vital, gerando tensões que se estabelecem no corpo e originam desconforto, dor e outras manifestações físicas. Reavaliar maneiras de pensar e agir e reequilibrar energias emocionais ajudam a restaurar o seu bem-estar, para que você inicie um processo de reestruturação e desenvolvimento pessoal.
O ser humano deve ser contemplado como um Todo. Não fragmentado, um ser integrado nos seus vários níveis e em relação à totalidade da vida. Os níveis físico, mental, emocional e espiritual são interligados e exercem influências entre si, pelos campos de energia que os percorrem e através dos quais também se relacionam com tudo que é exterior a eles. É importante harmonizar estes subtis mas poderosos campos de energia pessoal para que, desse centro equilibrado, a energia se expanda harmonizando tudo ao seu redor. Normalmente começamos com um primeiro passo. O identificar as manifestações físicas e emocionais mais importantes que ocorrem. Muitas vezes, os factos que o incomodam hoje nasceram de alguma antiga história de dor ou sofrimento. A mágoa, a raiva, a tristeza, a vergonha, o medo quando são reprimidos desestabilizam o seu equilíbrio natural e é essa carga emocional densa que não permite que o mundo lhe permita… ou, antes, que você não se permita. O passo necessário seria transformar isso tudo, pouco a pouco, por forma a que os seus sentidos se acalmem para que comece a ser mais fácil para si vislumbrar alguma possibilidade de paz. E a paz não está no mundo, ela só é possível em e através de si. Ao conseguirmos aceder às nossas memórias, conteúdos internos, dores emocionais não resolvidas, podemos abrir espaço para trabalhar esses aspectos, transformando os padrões “carregados” de negatividade e assim reequilibrando o campo de energia disponível para se instalar bem-estar. Crescente. Da mesma forma que a mão fechada não consegue receber nela nada, não é possível sentirmo-nos bem sentindo-nos mal…
Ao deixarmos ‘falar’ a condição emocional adquirimos suporte para enfrentar e superar medos e limitações, trazendo a possibilidade de dirigir a sua vida com mais segurança e tranquilidade. Quando não nos deixamos (ou forçamos a) calar, vamos recuperando e reestruturando o equilíbrio do corpo, da mente e das emoções, facilitando a aproximação com nossa própria essência, com maior valorização pessoal. E a paz é isto. Sentir paz interior. Isto é sentir-se bem. Cada sofrimento é, na verdade, um mestre. Com ele aprendemos a aceitar (que não é o mesmo que se conformar), a perdoar (que não é o mesmo que esquecer ou se anular), a desapegar (que não é o mesmo que largar fora) e a libertar expectativas. É o sofrimento que o tira de uma certa zona de conforto – ou estagnação – e o leva a trilhar um caminho de reflexão e transformação, trazendo uma nova forma de ver, sentir e viver a vida. 

domingo, janeiro 05, 2014

2 Healing Visualizations…Excerpted from the Mind Body Spirit Music System User Guide


Your Mind is the most powerful healing tool at your disposal.  When harnessed effectively it can free the body to heal in some really miraculous ways.
The following two healing visualizations have been taken From the Mind Body Spirit Music User Guide.  They can used while listening to a Super Mind Music Album, any piece of music that helps you move into a light trance, or while sitting in quiet…
Healing Visualization #1
Close your eyes and imagine that you are on the edge of a beautiful forest.  As you breath in the beauty you become aware of a path opening up in front of you.
Feeling no fear you begin to follow the path, noticing both the plant and the wild life.  After a time the path opens up and in front of you is a large beautiful structure that you know is a healing temple.
You step inside and are welcomed by a beautiful being who identifies him or herself as the healer.  You describe your concerns and with a knowing smile the healer assures you that all is well and you will be helped.
The healer either than gives you the information you need for your healing, or he brings you to a healing table where he does whatever he does to enable you to move into a space a wellness, vitality and balance.
When he is done you give your thanks, share a hug, and begin your trip back to your starting place. When you are ready you can wiggle your toes and fingers and open your eyes and smile (just because). If the healer shared any information with you that you want to remember now would be the time to write it down.
Healing Visualization #2
Close your eyes, watch your breath for a few moments, and then allow the breath to take you deep into your physical body to a space within the brain that is called the “command center”.
From the command center you can access information about all the processes taking place within the body. If you like you can visualize it as a large bank of monitors, each one tracking a different part of the physical body.
Sitting in front of this bank of monitors is the commander, the one who monitors all the functions and knows how to fine tune and adjust all the knobs and switches sitting in front of him for optimal affect.
To date he has been taking his commands based upon the unconscious mind as well as your inner mind chatter that he is always aware of.
But now he is going to take his commands directly from you.
Very clearly describe how you want the body to perform and watch as he makes the changes necessary to make it happen.  Tell him what you want the heart rate to be, how you want the body to respond to every day stresses, and in what ways you want specific organs to respond.
Let him know that the world is safe and that it is appropriate and required that he stand down from the flight or fight mode previous conditioning has required of him and that he can now move into optimal long term maintenance and rejuveniation and repair.
And let him know how appreciative he is of all the wonderful things he has done to keep you as healthy as you are.
Promise to connect and visit often and consider sharing a hug before you leave on the next breath.
Move yourself out with the breath and allow yourself to become aware of the wholeness of your being. Wiggle your fingers and your toes and when you are ready open your eyes and brighten your smile.
Both of these healing visualizations, and any other similar ones (you can allow your imagination to run wild here) are phenomenal ways for you to connect with your other than conscious mind to not only get any information you need to aid you in your conscious healing journey, but to open up to the mind’s ability to heal the body when it is given proper instruction.
- See more at: http://www.evolutionezine.net/2-healing-visualizations-excerpts-from-the-mind-body-spirit-music-system-user-guide/#sthash.GrX39lfk.dpuf

Your Mind is the most powerful healing tool at your disposal.  When harnessed effectively it can free the body to heal in some really miraculous ways.
The following two healing visualizations have been taken From the Mind Body Spirit Music User Guide.  They can used while listening to a Super Mind Music Album, any piece of music that helps you move into a light trance, or while sitting in quiet…
Healing Visualization #1
Close your eyes and imagine that you are on the edge of a beautiful forest.  As you breath in the beauty you become aware of a path opening up in front of you.
Feeling no fear you begin to follow the path, noticing both the plant and the wild life.  After a time the path opens up and in front of you is a large beautiful structure that you know is a healing temple.
You step inside and are welcomed by a beautiful being who identifies him or herself as the healer.  You describe your concerns and with a knowing smile the healer assures you that all is well and you will be helped.
The healer either than gives you the information you need for your healing, or he brings you to a healing table where he does whatever he does to enable you to move into a space a wellness, vitality and balance.
When he is done you give your thanks, share a hug, and begin your trip back to your starting place. When you are ready you can wiggle your toes and fingers and open your eyes and smile (just because). If the healer shared any information with you that you want to remember now would be the time to write it down.
Healing Visualization #2
Close your eyes, watch your breath for a few moments, and then allow the breath to take you deep into your physical body to a space within the brain that is called the “command center”.
From the command center you can access information about all the processes taking place within the body. If you like you can visualize it as a large bank of monitors, each one tracking a different part of the physical body.
Sitting in front of this bank of monitors is the commander, the one who monitors all the functions and knows how to fine tune and adjust all the knobs and switches sitting in front of him for optimal affect.
To date he has been taking his commands based upon the unconscious mind as well as your inner mind chatter that he is always aware of.
But now he is going to take his commands directly from you.
Very clearly describe how you want the body to perform and watch as he makes the changes necessary to make it happen.  Tell him what you want the heart rate to be, how you want the body to respond to every day stresses, and in what ways you want specific organs to respond.
Let him know that the world is safe and that it is appropriate and required that he stand down from the flight or fight mode previous conditioning has required of him and that he can now move into optimal long term maintenance and rejuveniation and repair.
And let him know how appreciative he is of all the wonderful things he has done to keep you as healthy as you are.
Promise to connect and visit often and consider sharing a hug before you leave on the next breath.
Move yourself out with the breath and allow yourself to become aware of the wholeness of your being. Wiggle your fingers and your toes and when you are ready open your eyes and brighten your smile.
Both of these healing visualizations, and any other similar ones (you can allow your imagination to run wild here) are phenomenal ways for you to connect with your other than conscious mind to not only get any information you need to aid you in your conscious healing journey, but to open up to the mind’s ability to heal the body when it is given proper instruction.
and to learn more about the Mind Body Spirit Music System and download a Free Super Mind Music Album you can use while visualizing just visit…
- See more at: http://www.evolutionezine.net/2-healing-visualizations-excerpts-from-the-mind-body-spirit-music-system-user-guide/#sthash.GrX39lfk.dpuf
Your Mind is the most powerful healing tool at your disposal.  When harnessed effectively it can free the body to heal in some really miraculous ways.
The following two healing visualizations have been taken From the Mind Body Spirit Music User Guide.  They can used while listening to a Super Mind Music Album, any piece of music that helps you move into a light trance, or while sitting in quiet…
Healing Visualization #1
Close your eyes and imagine that you are on the edge of a beautiful forest.  As you breath in the beauty you become aware of a path opening up in front of you.
Feeling no fear you begin to follow the path, noticing both the plant and the wild life.  After a time the path opens up and in front of you is a large beautiful structure that you know is a healing temple.
You step inside and are welcomed by a beautiful being who identifies him or herself as the healer.  You describe your concerns and with a knowing smile the healer assures you that all is well and you will be helped.
The healer either than gives you the information you need for your healing, or he brings you to a healing table where he does whatever he does to enable you to move into a space a wellness, vitality and balance.
When he is done you give your thanks, share a hug, and begin your trip back to your starting place. When you are ready you can wiggle your toes and fingers and open your eyes and smile (just because). If the healer shared any information with you that you want to remember now would be the time to write it down.
Healing Visualization #2
Close your eyes, watch your breath for a few moments, and then allow the breath to take you deep into your physical body to a space within the brain that is called the “command center”.
From the command center you can access information about all the processes taking place within the body. If you like you can visualize it as a large bank of monitors, each one tracking a different part of the physical body.
Sitting in front of this bank of monitors is the commander, the one who monitors all the functions and knows how to fine tune and adjust all the knobs and switches sitting in front of him for optimal affect.
To date he has been taking his commands based upon the unconscious mind as well as your inner mind chatter that he is always aware of.
But now he is going to take his commands directly from you.
Very clearly describe how you want the body to perform and watch as he makes the changes necessary to make it happen.  Tell him what you want the heart rate to be, how you want the body to respond to every day stresses, and in what ways you want specific organs to respond.
Let him know that the world is safe and that it is appropriate and required that he stand down from the flight or fight mode previous conditioning has required of him and that he can now move into optimal long term maintenance and rejuveniation and repair.
And let him know how appreciative he is of all the wonderful things he has done to keep you as healthy as you are.
Promise to connect and visit often and consider sharing a hug before you leave on the next breath.
Move yourself out with the breath and allow yourself to become aware of the wholeness of your being. Wiggle your fingers and your toes and when you are ready open your eyes and brighten your smile.
Both of these healing visualizations, and any other similar ones (you can allow your imagination to run wild here) are phenomenal ways for you to connect with your other than conscious mind to not only get any information you need to aid you in your conscious healing journey, but to open up to the mind’s ability to heal the body when it is given proper instruction.
- See more at: http://www.evolutionezine.net/2-healing-visualizations-excerpts-from-the-mind-body-spirit-music-system-user-guide/#sthash.GrX39lfk.dpuf
Your Mind is the most powerful healing tool at your disposal.  When harnessed effectively it can free the body to heal in some really miraculous ways.
The following two healing visualizations have been taken From the Mind Body Spirit Music User Guide.  They can used while listening to a Super Mind Music Album, any piece of music that helps you move into a light trance, or while sitting in quiet…
Healing Visualization #1
Close your eyes and imagine that you are on the edge of a beautiful forest.  As you breath in the beauty you become aware of a path opening up in front of you.
Feeling no fear you begin to follow the path, noticing both the plant and the wild life.  After a time the path opens up and in front of you is a large beautiful structure that you know is a healing temple.
You step inside and are welcomed by a beautiful being who identifies him or herself as the healer.  You describe your concerns and with a knowing smile the healer assures you that all is well and you will be helped.
The healer either than gives you the information you need for your healing, or he brings you to a healing table where he does whatever he does to enable you to move into a space a wellness, vitality and balance.
When he is done you give your thanks, share a hug, and begin your trip back to your starting place. When you are ready you can wiggle your toes and fingers and open your eyes and smile (just because). If the healer shared any information with you that you want to remember now would be the time to write it down.
Healing Visualization #2
Close your eyes, watch your breath for a few moments, and then allow the breath to take you deep into your physical body to a space within the brain that is called the “command center”.
From the command center you can access information about all the processes taking place within the body. If you like you can visualize it as a large bank of monitors, each one tracking a different part of the physical body.
Sitting in front of this bank of monitors is the commander, the one who monitors all the functions and knows how to fine tune and adjust all the knobs and switches sitting in front of him for optimal affect.
To date he has been taking his commands based upon the unconscious mind as well as your inner mind chatter that he is always aware of.
But now he is going to take his commands directly from you.
Very clearly describe how you want the body to perform and watch as he makes the changes necessary to make it happen.  Tell him what you want the heart rate to be, how you want the body to respond to every day stresses, and in what ways you want specific organs to respond.
Let him know that the world is safe and that it is appropriate and required that he stand down from the flight or fight mode previous conditioning has required of him and that he can now move into optimal long term maintenance and rejuveniation and repair.
And let him know how appreciative he is of all the wonderful things he has done to keep you as healthy as you are.
Promise to connect and visit often and consider sharing a hug before you leave on the next breath.
Move yourself out with the breath and allow yourself to become aware of the wholeness of your being. Wiggle your fingers and your toes and when you are ready open your eyes and brighten your smile.
Both of these healing visualizations, and any other similar ones (you can allow your imagination to run wild here) are phenomenal ways for you to connect with your other than conscious mind to not only get any information you need to aid you in your conscious healing journey, but to open up to the mind’s ability to heal the body when it is given proper instruction.
- See more at: http://www.evolutionezine.net/2-healing-visualizations-excerpts-from-the-mind-body-spirit-music-system-user-guide/#sthash.GrX39lfk.dpuf
Your Mind is the most powerful healing tool at your disposal.  When harnessed effectively it can free the body to heal in some really miraculous ways.
The following two healing visualizations have been taken From the Mind Body Spirit Music User Guide.  They can used while listening to a Super Mind Music Album, any piece of music that helps you move into a light trance, or while sitting in quiet…
Healing Visualization #1
Close your eyes and imagine that you are on the edge of a beautiful forest.  As you breath in the beauty you become aware of a path opening up in front of you.
Feeling no fear you begin to follow the path, noticing both the plant and the wild life.  After a time the path opens up and in front of you is a large beautiful structure that you know is a healing temple.
You step inside and are welcomed by a beautiful being who identifies him or herself as the healer.  You describe your concerns and with a knowing smile the healer assures you that all is well and you will be helped.
The healer either than gives you the information you need for your healing, or he brings you to a healing table where he does whatever he does to enable you to move into a space a wellness, vitality and balance.
When he is done you give your thanks, share a hug, and begin your trip back to your starting place. When you are ready you can wiggle your toes and fingers and open your eyes and smile (just because). If the healer shared any information with you that you want to remember now would be the time to write it down.
Healing Visualization #2
Close your eyes, watch your breath for a few moments, and then allow the breath to take you deep into your physical body to a space within the brain that is called the “command center”.
From the command center you can access information about all the processes taking place within the body. If you like you can visualize it as a large bank of monitors, each one tracking a different part of the physical body.
Sitting in front of this bank of monitors is the commander, the one who monitors all the functions and knows how to fine tune and adjust all the knobs and switches sitting in front of him for optimal affect.
To date he has been taking his commands based upon the unconscious mind as well as your inner mind chatter that he is always aware of.
But now he is going to take his commands directly from you.
Very clearly describe how you want the body to perform and watch as he makes the changes necessary to make it happen.  Tell him what you want the heart rate to be, how you want the body to respond to every day stresses, and in what ways you want specific organs to respond.
Let him know that the world is safe and that it is appropriate and required that he stand down from the flight or fight mode previous conditioning has required of him and that he can now move into optimal long term maintenance and rejuveniation and repair.
And let him know how appreciative he is of all the wonderful things he has done to keep you as healthy as you are.
Promise to connect and visit often and consider sharing a hug before you leave on the next breath.
Move yourself out with the breath and allow yourself to become aware of the wholeness of your being. Wiggle your fingers and your toes and when you are ready open your eyes and brighten your smile.
Both of these healing visualizations, and any other similar ones (you can allow your imagination to run wild here) are phenomenal ways for you to connect with your other than conscious mind to not only get any information you need to aid you in your conscious healing journey, but to open up to the mind’s ability to heal the body when it is given proper instruction.
- See more at: http://www.evolutionezine.net/2-healing-visualizations-excerpts-from-the-mind-body-spirit-music-system-user-guide/#sthash.GrX39lfk.dpuf

Your Mind is the most powerful healing tool at your disposal.  When harnessed effectively it can free the body to heal in some really miraculous ways.
The following two healing visualizations have been taken From the Mind Body Spirit Music User Guide.  They can used while listening to a Super Mind Music Album, any piece of music that helps you move into a light trance, or while sitting in quiet…
Healing Visualization #1
Close your eyes and imagine that you are on the edge of a beautiful forest.  As you breath in the beauty you become aware of a path opening up in front of you.
Feeling no fear you begin to follow the path, noticing both the plant and the wild life.  After a time the path opens up and in front of you is a large beautiful structure that you know is a healing temple.
You step inside and are welcomed by a beautiful being who identifies him or herself as the healer.  You describe your concerns and with a knowing smile the healer assures you that all is well and you will be helped.
The healer either than gives you the information you need for your healing, or he brings you to a healing table where he does whatever he does to enable you to move into a space a wellness, vitality and balance.
When he is done you give your thanks, share a hug, and begin your trip back to your starting place. When you are ready you can wiggle your toes and fingers and open your eyes and smile (just because). If the healer shared any information with you that you want to remember now would be the time to write it down.
Healing Visualization #2
Close your eyes, watch your breath for a few moments, and then allow the breath to take you deep into your physical body to a space within the brain that is called the “command center”.
From the command center you can access information about all the processes taking place within the body. If you like you can visualize it as a large bank of monitors, each one tracking a different part of the physical body.
Sitting in front of this bank of monitors is the commander, the one who monitors all the functions and knows how to fine tune and adjust all the knobs and switches sitting in front of him for optimal affect.
To date he has been taking his commands based upon the unconscious mind as well as your inner mind chatter that he is always aware of.
But now he is going to take his commands directly from you.
Very clearly describe how you want the body to perform and watch as he makes the changes necessary to make it happen.  Tell him what you want the heart rate to be, how you want the body to respond to every day stresses, and in what ways you want specific organs to respond.
Let him know that the world is safe and that it is appropriate and required that he stand down from the flight or fight mode previous conditioning has required of him and that he can now move into optimal long term maintenance and rejuveniation and repair.
And let him know how appreciative he is of all the wonderful things he has done to keep you as healthy as you are.
Promise to connect and visit often and consider sharing a hug before you leave on the next breath.
Move yourself out with the breath and allow yourself to become aware of the wholeness of your being. Wiggle your fingers and your toes and when you are ready open your eyes and brighten your smile.
Both of these healing visualizations, and any other similar ones (you can allow your imagination to run wild here) are phenomenal ways for you to connect with your other than conscious mind to not only get any information you need to aid you in your conscious healing journey, but to open up to the mind’s ability to heal the body when it is given proper instruction.
and to learn more about the Mind Body Spirit Music System and download a Free Super Mind Music Album you can use while visualizing just visit…
Your Mind is the most powerful healing tool at your disposal.  When harnessed effectively it can free the body to heal in some really miraculous ways.
The following two healing visualizations have been taken From the Mind Body Spirit Music User Guide.  They can used while listening to a Super Mind Music Album, any piece of music that helps you move into a light trance, or while sitting in quiet…
Healing Visualization #1
Close your eyes and imagine that you are on the edge of a beautiful forest.  As you breath in the beauty you become aware of a path opening up in front of you.
Feeling no fear you begin to follow the path, noticing both the plant and the wild life.  After a time the path opens up and in front of you is a large beautiful structure that you know is a healing temple.
You step inside and are welcomed by a beautiful being who identifies him or herself as the healer.  You describe your concerns and with a knowing smile the healer assures you that all is well and you will be helped.
The healer either than gives you the information you need for your healing, or he brings you to a healing table where he does whatever he does to enable you to move into a space a wellness, vitality and balance.
When he is done you give your thanks, share a hug, and begin your trip back to your starting place. When you are ready you can wiggle your toes and fingers and open your eyes and smile (just because). If the healer shared any information with you that you want to remember now would be the time to write it down.
Healing Visualization #2
Close your eyes, watch your breath for a few moments, and then allow the breath to take you deep into your physical body to a space within the brain that is called the “command center”.
From the command center you can access information about all the processes taking place within the body. If you like you can visualize it as a large bank of monitors, each one tracking a different part of the physical body.
Sitting in front of this bank of monitors is the commander, the one who monitors all the functions and knows how to fine tune and adjust all the knobs and switches sitting in front of him for optimal affect.
To date he has been taking his commands based upon the unconscious mind as well as your inner mind chatter that he is always aware of.
But now he is going to take his commands directly from you.
Very clearly describe how you want the body to perform and watch as he makes the changes necessary to make it happen.  Tell him what you want the heart rate to be, how you want the body to respond to every day stresses, and in what ways you want specific organs to respond.
Let him know that the world is safe and that it is appropriate and required that he stand down from the flight or fight mode previous conditioning has required of him and that he can now move into optimal long term maintenance and rejuveniation and repair.
And let him know how appreciative he is of all the wonderful things he has done to keep you as healthy as you are.
Promise to connect and visit often and consider sharing a hug before you leave on the next breath.
Move yourself out with the breath and allow yourself to become aware of the wholeness of your being. Wiggle your fingers and your toes and when you are ready open your eyes and brighten your smile.
Both of these healing visualizations, and any other similar ones (you can allow your imagination to run wild here) are phenomenal ways for you to connect with your other than conscious mind to not only get any information you need to aid you in your conscious healing journey, but to open up to the mind’s ability to heal the body when it is given proper instruction.
- See more at: http://www.evolutionezine.net/2-healing-visualizations-excerpts-from-the-mind-body-spirit-music-system-user-guide/#sthash.GrX39lfk.dpuf