terça-feira, julho 31, 2007

Eleven Laws of Spiritual Freedom

by Guy Finley

The only thing that holds us down is what we don't yet know about ourselves. This insight explains why our ability to learn the truth about ourselves, to increase our level of self-understanding, is the same as being empowered to raise our own life level. If we want to grow inwardly, we must find new ways to learn the truth about ourselves. These higher discoveries call for higher learning. If it helps, look upon this important part of your inner education as a way to better understand what's been keeping you from learning.

Think of each of the following eleven laws of spiritual prosperity as individual magic strands of a flying carpet. Make it your aim to weave them together in your mind. Then watch how these lessons combine to effortlessly lift you to the next higher and happier life level.

The First Law

Nothing can stop you from starting over.

The greatest power you possess for succeeding in life is your understanding that life gives you a fresh start any moment you choose to start fresh. Nothing that stood in your way even a heartbeat before stands there now in the same way. It's all new, even if you can't as yet see it that way. You've only to test the truth of this fact about the newness of life to discover the incredible freedom that waits for you just behind it. And then nothing can stop you. You'll know the real secret and the perfect power of starting over.

The Second Law

Don't be afraid to see when something doesn't work.

Learn to be sensitive and to listen to the inner signals that try and tell you when something isn't working. You know what they are. Frustration and resentment to name just a few. The presence of these emotional troubles aren't trying to tell you that you can't succeed, only that the road you've insisted upon taking so far doesn't lead where you want. Learning to admit when something isn't working is the same as teaching yourself what will.

The Third Law

If it doesn't flow, there's more to know.

Learn to recognize all forms of strain -- whether at work, in your creative efforts, or in your relationships -- as being unnecessary. The friction you feel mounting when busy at some labor is never caused by the task at hand, but by what you don't yet know about it. This means the only real reason for your strain is that you've got hold of a wrong idea you don't yet see as wrong. This new insight allows you to release yourself by showing you what you need to know. Flowing follows your new knowing.

The Fourth Law

Don't take the easy way.

There's no getting away from what you don't know, which is why any time you feel compelled to go around a problem by taking the easy way, that problem always comes round again. And isn't that what makes life seem so hard? Learn to see the "easy way" as a lying thought that keeps you tied up and doing hard time. Getting something over with is not the same as having it completed. And as this insight grows, so will your understanding that the whole idea of the "hard way" has always been just a lying thought as well. Now you know: the complete way is the easy way. So volunteer to make the "hard way" your way and learn the real easy way.

The Fifth Law

On the other side of the resistance is the flow.

There are often times when it feels as though you can't go any farther in your work or studies. But you can learn to go beyond any blockage. Make the following clear to yourself. Those moments -- when it feels as though you're least able to get beyond yourself -- are not telling you that you've gone as far as you can go, but only reveal that you've reached as far as you know -- for now. This higher self-knowledge about your true inner position allows you to see the resistance you're feeling for what it really is: a threshold, and not a closed door. Walk through it. Nothing can stop you. On the other side of the resistance is the flow. Learning to go beyond you is the same as entering into the new.

The Sixth Law

Watch for the opportunity to learn something new.

Everything is changing all the time. That means life is an endless occasion for learning something new. But this means more than meets the eye. Just as you're a part of everything, everything is a part of you. The whole of life is connected. And your ability to learn is part of the wonder of this complete, but ever-changing, whole. Learning serves as a window, not only into the complex world you see around you, but through it you may also look into the you that's busy looking into the world. And when you've learned there's no end to what you can see about the amazing worlds spinning both around and within you, you'll also know there's no end to you. So stay awake. Learn something new every day. You'll love how that makes you feel about yourself.

The Seventh Law

Learn to see conclusions as limitations.

If you approach the possibilities of learning about your life as being limitless, which they are, then it follows that any conclusion you reach about yourself has to be an unseen limitation. Why? Because there's always more to see. For instance, let yourself see that all conclusions are illusions when it comes to the security they promise. There may be security in a prison, but there are also no choices behind its confining walls. Learn to see all conclusions about yourself as invisible jail cells. For that's what they are. The seeming security these conclusions offer are a poor substitute for the real security of knowing that who you really are is always free to be something higher.

The Eighth Law

Have no fear of being afraid.

Fear can't learn, which is why you must learn about fear if you ever wish to be a fearless learner. So, the first thing you must learn is how to get past your fear of being afraid. Here's how. The next time a fear of some kind tries to fill one of your moments, try to see the difference between the fact of your situation and your feelings about it. This is the right use of your mind. For instance, it's a fact that interest rates change. It's not a fact you have to get scared when they do. That fear is not a fact of life, but only becomes one for you as long as you insist that life perform according to what you think are your best interests. As you learn to see that these fearful feelings don't belong to you, but only to your wrong thinking, you cease to be afraid, even of your own fears.

The Ninth Law

Never accept defeat.

As long as it's possible to learn, you need never feel tied down by any past defeat in your life. Here's the real fact: nothing can prevent the inwardly self-educating man or woman from succeeding in life. And here's why: wisdom always triumphs over adversity. But to win real wisdom calls you to join in a special kind of struggle. And if this battle had a banner under which to rally, here's what would be written upon that higher call to arms: "But I can find out!" Yes, you can learn the facts. You may not know the real reasons why you feel so lonely or worried at times, but you can find out. And you may not understand how you could have been so blind to that evil person's real intentions, but you can find out. Take these four words that are freedom's battle cry. Use them to defeat what's defeating you.

The Tenth Law

Learn to let go of painful pretense.

Most people approach their troubles with one of these two non-solutions: they either pretend their problem isn't a problem, or they pretend they've solved their troubles with temporary cover-ups. But their pain remains. It doesn't have to be this way for you. You can learn to let go of painful pretense. Here's how. When facing an old problem, what you don't want is another "new way" to deal with it. What you really want is to learn something new about the true nature of what has a hold on you. To go far, start near. When faced with any pain, let go of what you think you know. Act towards your trouble as if you don't know anything about it. This new solution is the only true one because the truth is you don't know what the real problem is. Otherwise you wouldn't still have it. Letting go of what you think you know puts you in the right place for learning what you need to know.

The Eleventh Law

Persistence always prevails.

If you'll persist with your sincere wish for higher learning, you can't help but succeed. Persistence always prevails because part of its power is to hold you in place until either the world lines up with your wish or you see that your wish is out of line. But, for whichever way it turns in that moment, you've won something that only persistence can pay. See the following: if you get what you think you have to have to be happy and you're still not satisfied, then you've learned what you don't want. Now you can go on to higher things. And should you learn you've been wearing yourself out with useless wishes, then this discovery allows you to turn your energies in a new direction: self-liberation.

Aromaterapia - Mental Fatigue

Tea Tree is another essential oil indicated for mental fatigue. It promotes blood flow to the brain and is helpful for those whose immune system is weak.

Animais de poder - o Lobo e o urso

A figura de um lobo nos contos de fadas é símbolo de inimigo, de ameaça animal. E do mal, devorador e um criatura feroz que assusta e espreita.

No Xamanismo o lobo representa Amor, relacionamentos saudáveis, fidelidade, generosidade, ensinamento e habilidades sociais. O lobo é um animal com inteligência social e sentidos extremamente apurados. Sua habilidade de sobrevivência depende totalmente da cooperação de sua matilha. Seu comportamento segue uma hierarquia que segue uma ordem de comando. Cada lobo sabe o seu lugar e suas responsabilidades. Eles possuem um método complexo de comunicação que envolve linguagem corporal e habilidades vocais. Se você possui alguma dificuldade em se expressar, tome algum tempo estudando os lobos. Eles lhe ensinarão a melhorar suas habilidades de comunicação verbal com uma linguagem corporal apropriada. Eles lhe ajudarão a alcançar seus objetivos por meio de campanhas cooperativas. Sua mensagem é o poder para ensinar e compartilhar informações.

Quando um lobo é visto no campo ele simboliza liberdade. Apesar da propaganda negativa, eles são muito amigos e possuem os sentidos extremamente evoluídos. Portanto, além de inteligentes possuem um excelente sentido de olfato, audição. Eles normalmente uivam para encontrar os outros membros de seu grupo ou para avisar outros de seu território.

Se um lobo entrou em sua vida, então é hora para compartilhar seus conhecimentos ensinando, escrevendo e dando palestras. O lobo sempre encontra uma maneira para aprender de algo corriqueiro e assim, nós podemos também descobrir novas verdades e compartilhá-las, ao explorarmos os caminhos escondidos de nossa consciência. Pode também estar sendo cobrado que você reexamine sua relação de dependência e independência. Por ter uma organização social muita desenvolvida, ele lhe ensina a equilibrar as necessidades de sua família e as suas próprias. Eles são muito leais e jamais abandonarão o grupo.

Na mitologia germânica era considerado como sendo um dos animais de Wotan; na mitologia grega pertencia à Apolo o deus do sol, o princípio da consciência. Era ainda considerado como sendo um animal de todos os deuses da guerra.

O Urso

Divindade cultural mais antiga do mundo que é considerada como sendo um símbolo do inconsciente, ligado à terra-mãe, e é uma representação simbólica de nossos instintos.

Debaixo desta figura imponente se oculta uma alma bondosa. Indica que você deve deixar manifestar suas qualidades, esses pensamentos nobres que você tenta esconder por detrás de sua aparente auto suficiência. se no sonho o urso aparece junto da pessoa à qual você está intimamente ligado(a), fará uma referência às relações que mantêm com ela Esta é a mensagem que o urso lhe transmite: é possível que você não necessite de ninguém te rasgue o peito, mas, será melhor compartilhar seus desejos, interesses e preocupações com as pessoas que você tem ao redor.

O urso é uma criatura de contrastes; possui uma força enorme e ainda assim adora frutas e mel. Por causa de seu habito de hibernar durante os meses de inverno, os urso podem representar ressurreição. Foi o emblema para os reinos da Pérsia e da Rússia. Para os Celtas é símbolos do guerreiro.

Na Psicologia Junguiana o urso representa o perigo causado pelo conteúdos incontroláveis do inconsciente e por causa disto é freqüentemente associado como um atributo do homem cruel e rude.

A energia do urso é a energia que procura a sua verdade mais profunda, e com a descoberta desta verdade você é agraciado com o mel da vida - a doçura que vem com o saber de quem você realmente é. A energia do urso o ajuda a ir para dentro e tocar o grande vazio de onde a criação e você vieram. Entrando no silêncio nos damos a oportunidade de retornar ao mundo mais forte e mais sábio. O Urso também nos ensina que parar de pensar não é o fim do mundo; com sua energia podemos ver que somos muito mais do que nossos pensamentos. Portanto, tire uma folga e explore o seu interior. Do lugar do urso podemos ver que a vida é mais parecida com um sonho e que o nosso verdadeiro eu não é tão amarrado aos assuntos terrenos.

Ter o símbolo do urso com você é afirmar a sua intenção de fazer viagens interiores e se conectar com lugares onde a intuição e o "saber sem pensar" são as regras.

Algumas atividades que podem lhe ajudar nesta conexão é a meditação, sonhar , fazer longas caminhas sozinho e desligar a televisão.

Ser perseguido ou atacado por um urso denota agressão, grandes obstáculos e competição. Você pode se encontrar em uma situação ameaçadora..

Também significa um ciclo de vida e morte e renovação, pode ser um sinal de um período de introspecção e pensamento.

de ®Sergio Pereira Alves

sexta-feira, julho 27, 2007


Aromaterapia - Menopause

Some recommended essential oils for menopausal women are:

# Bergamot uplifts mood and reduces anxiety and depression.

# Clary Sage eases hot flashes and night sweats and PMS.

# Chamomile has calming effect, ease tension, anxiety and headaches.

# Frankincense helps psychosomatic problems and anxiety.

# Geranium is a hormone balancer and reduces stress.

# Jasmine is euphoric and eases tension and anxiety.

# Juniper regulates period and relieves water retention.

# Lavender is sedative and aids sleep.

# Rose is a womb tonic and provides relief from pre menopause to post

# Sandalwood promotes vaginal secretions and stimulates the development of
sex hormones.

# Ylang ylang is aphrodisiac and relaxes the nervous system.

The oils can be used in a vaporizer, sprays, bath, hot or cold compress,
perfume or for topical body application or massage.

segunda-feira, julho 23, 2007


Louise L. Hay

Sou merecedor(a) . Mereço tudo o que é bom.
Em minha mente, sou livre.
Agora me transporto para um novo espaço de consciência,
onde estou disposto(a) a me ver de maneira diferente.
Estou decidido a criar novos pensamentos
sobre mim mesmo e minha vida.
Meu modo de pensar torna-se uma nova experiência.

Eu agora sei e afirmo que sou uno com
o Poder de Prosperidade do Universo.
Assim, prospero de inúmeras maneiras.
Está diante de mim a totalidade das possibilidades.

Mereço vida, uma boa vida.
Mereço amor, uma abundância de amor.
Mereço boa saúde.
Mereço viver com conforto e prosperar.
Mereço alegria e felicidade.
Mereço a liberdade de ser tudo o que posso ser.
Mereço mais do que isso. Mereço tudo o que é bom.
O Universo está mais do que disposto a manifestar minhas novas crenças.
Aceito essa vida abundante com alegria, prazer e gratidão, pois sou merecedor(a) .
Eu a aceito; sei que é verdadeiro.
Sou grato(a) a Deus por todas as bênçãos que recebo.

Fazer por 21 dias consecutivos o tratamento de merecimento.
Você pode recitar ou copia-lo durante os 21 dias .

sábado, julho 21, 2007

Creative Giving and Receiving

We have all met people who have had a profound effect on our life. Meeting them has changed us. They have in some way helped us to develop some potentials of awareness or potentials of consciousness. This probably began with our parents, and has continued throughout our life.

Think of someone who has done this for you. Do you still feel gratitude? What you have been given in the past continues to be a creative force in your life as long as you have a continued loving response to it. This keeps it active.

When we forget about the gifts of the past, or leave them behind, we are no longer open to their continued creative activity in our life. What keeps the creative energies of change for expanded consciousness and increased awareness alive, is an appreciative openness to receive followed by some heartfelt generous response. As long as there is a continued openness and response, the gifts keep flowing, or we could say that the gifts keep giving. The co- creative process continues.

Receiving and giving are the co-creative forces of life, the yin and yang of all creative energies.

For those of us who have been open, there is no greater gift than to be assisted in the journey of expanding awareness and consciousness. We must always remember, though, that the process of change only begins when we receive. Receiving is an active state, not a passive one. It affects our awareness; we learn something. We then must take it to another level - the level of consciousness. We do this by our choice to respond with love, by giving.

When we give with love in our heart we actually have a direct effect on the other person’s mental, emotional and physical bodies.

The electro-magnetic energy from our heart becomes coherent when we feel love in any of its many forms, like appreciation, gratitude, care, forgiveness, and compassion. If we touch someone or are close to them in this state, our heart energy directly affects their brain waves. Their brain entrains to our heart, enabling them to be receptive to the love we are feeling. This has been demonstrated through ECG and EEG recordings.

This linking has a uniting effect and also a strengthening effect on the other’s person’s physiology, including their immune system. It also then enables them to be more coherent in their own energies, helping them to have greater mental clarity as well as greater soul access. It can lift them out of their victimhood or defensiveness, and open them to the power of love, which they will then want to express to others. What a wonderful way of co- creating a better world!

o Amor

O amor dá-lhe a substância, o amor dá-lhe a integridade, o amor fá-lo centrar-se. Mas isso é apenas metade da jornada; a outra metade tem de ser completada com meditação, com consciência.

Contudo, o amor prepara-o para a outra metade. O amor é a metade inicial e a consciência é a metade final. Entre os dois, você alcança Deus. Entre o amor e a consciência, entre essas duas margens, corre o rio do ser.

Não evite o amor. Passe por ele, apesar de todos os seus sofrimentos. Sim, o amor faz doer, mas se você amar isso não tem importância. Na realidade, todos esses sofrimentos o fortalecem. Por vezes, o amor faz doer seriamente, terrivelmente,mas todas essas feridas são necessárias para o provocar, para o desafiar, para fazer com que você seja menos sonolento. Todas essas situações perigosas são necessárias para você ficar vigilante. O amor prepara o solo, e no solo do amor a semente da meditação pode crescer - mas só no solo do amor.

Por isso, aqueles que fogem do mundo porque têm medo nunca atingirão a meditação. Poderão sentar-se nas grutas dos Himalaias durante vidas a fio, mas nunca alcançarão a meditação. Não é possível - não a ganharam. Primeiro, ela tem de ser ganha no mundo; primeiro eles têm de preparar o solo. E é só o amor que prepara o solo.

Daí que eu insista em que não renuncie ao mundo. Esteja nele, aceite os desafios, aceite os seus perigos, as suas dores e feridas. Atravesse-o. Não o evite, não tente descobrir um atalho, pois não existe nenhum. É uma luta, é árduo, é difícil subir a montanha, mas é assim que se chega ao cimo.

OSHO - MATURIDADE, a importância de ser autêntico

Relaxamento Total é Meditação

O relaxamento total é o definitivo. Este é o momento em que uma pessoa se torna um buda. Este é o momento da realização, da iluminação, da consciência de Cristo. Você não pode estar totalmente relaxado exactamente agora. No núcleo mais profundo, uma tensão irá persistir.

Mas comece a relaxar. Comece da circunferência - aí é que nós estamos, e só podemos começar de onde estamos. Relaxe a circunferência do seu ser - relaxe o seu corpo, relaxe o seu comportamento, relaxe os seus actos. Caminhe de uma maneira relaxada, coma de uma maneira relaxada, fale, ouça de uma maneira relaxada. Diminua a velocidade de todos os processos. Não tenha pressa e não se precipite. Mova-se como se toda a eternidade estivesse disponível para si - de fato, está disponível para si. Nós estamos aqui desde o princípio e estaremos aqui até o próprio fim, se houver um princípio e houver um fim. De fato, não há princípio e não há fim. Nós sempre estivemos aqui e sempre estaremos aqui. As formas continuam mudando, mas não a alma. A tensão significa pressa, medo, dúvida. A tensão significa um constante esforço para proteger, para estar seguro, para estar a salvo. A tensão significa preparar-se para o amanhã agora, ou para o depois da vida - com medo de que amanhã, você não seja capaz de encarar a realidade. Então, esteja preparado. A tensão significa o passado que você ainda não viveu realmente, mas somente passou ao lado, de alguma forma; ele perdura, é uma ressaca, ele rodeia-o. [...] Você terá que relaxar a partir da circunferência. O primeiro passo no relaxar é o corpo. Lembre-se tantas vezes quantas for possível para observar o corpo, se você está a carregar uma tensão no corpo, nalgum lugar no pescoço, na cabeça, nas pernas. Relaxe-o conscientemente. Dirija-se apenas àquela parte do corpo e convença aquela parte, diga-lhe amorosamente, "Relaxe!" E surpreender-se-á ao ver que se você se aproxima de qualquer parte do seu corpo, ele escuta, ele o segue - é o seu corpo! Com olhos fechados, vá para dentro do corpo do dedão do pé à cabeça procurando por qualquer lugar onde exista uma tensão. E, então, fale com aquela parte como a um amigo; deixe existir um diálogo entre si e o seu corpo. Diga-lhe para relaxar, e diga-lhe, "Não há para te preocupares. Não tenhas medo. Eu estou aqui para cuidar de ti - podes relaxar." Pouco a pouco, aprenderá o clique disto. Então, o corpo torna-se relaxado. Então, dê outro passo, um pouco maior; diga à mente para relaxar. E se o corpo escuta, a mente também escuta, mas não pode começar com a mente - tem que começar do princípio. Não pode começar do meio. Muitas pessoas começam com a mente e falham; elas falham porque começaram de um lugar errado. Tudo deve ser feito na ordem certa. Se se tornar capaz de relaxar o corpo voluntariamente, então será capaz de ajudar sua mente a relaxar voluntariamente. A mente é um fenómeno mais complexo. Uma vez que se tenha tornado confiante de que o corpo o ouve, terá uma nova confiança em si mesmo. Agora, até mesmo a mente pode ouvi-lo. Levará um pouco mais de tempo com a mente, mas acontece. Quando a mente estiver relaxada, então comece a relaxar o seu coração, o mundo dos sentimentos, emoções - que é até mais complexo, mais sutil. Mas agora estará a mover-se com confiança, com grande confiança em si mesmo. Agora, você saberá que é possível. Se é possível com o corpo e é possível com a mente, é possível com o coração também. E somente então, quando tiver dado estes três passos, você pode dar o quarto. Agora, pode ir ao núcleo mais profundo do seu ser, que está além do corpo, mente, coração; o próprio centro da sua existência. E você será capaz de relaxar lá também. E este relaxamento certamente traz a maior alegria possível, o derradeiro em êxtase, aceitação. Estará cheio de bênçãos e regozijando. A sua vida terá a qualidade da dança nela. [...] Mas comece com o corpo e então vá, pouco a pouco, mais fundo. E não comece com nenhuma outra coisa mais, a menos que tenha, primeiro, resolvido o mais básico. Se o seu corpo estiver tenso, não comece com a mente. Espere. Trabalhe com o corpo. E simplesmente coisas pequenas são de imensa ajuda. Caminha com um certo passo; isto tornou-se um hábito, automático. Agora tente caminhar vagarosamente. Buda costumava dizer a seus discípulos, "Caminhem muito vagarosamente, e dêem cada passo muito conscientemente." Se der cada passo muito conscientemente, está fadado a caminhar lentamente. Se estiver a correr, com pressa, esquecerá de lembrar-se. Por esta razão, Buda caminha muito vagarosamente. Apenas tente caminhar muito vagarosamente, e se surpreenderá - uma nova qualidade de percepção começa a acontecer no corpo. Coma vagarosamente, e se surpreenderá - há um grande relaxamento. Faça tudo vagarosamente... apenas para mudar o antigo padrão, apenas para sair de hábitos antigos. Primeiro, o corpo tem que se tornar completamente relaxado, como uma criança pequena; somente então comece com a mente. Mova-se cientificamente: primeiro o mais simples, então o complexo, então o mais complexo. E somente então poderá relaxar no centro definitivo...

Osho - The Dhammapada, volume 10, #

sexta-feira, julho 20, 2007


Let It Be

Today, I invite you to be one with the beauty that surrounds you. I invite you to quiet your mind, take a deep breath and set all of your troubles aside.
And then, in the brief moment of silence that fills your mind as you fill your lungs with air, I invite you to do nothing at all. To simply let the moment be. No judgment, no correction or criticism. No feelings that you are anything other than this precious moment of silence. And no feelings that you are anything other than exactly as you should be.
For your perfection shines as brightly as the sun. Your wonder shines in your own heart and mind if only you will allow a drop of silence to enter, so that you might hear the harmonious voice of your own sprit.

Here is a prayer for today

I am peace and harmony, as still as the still waters, as deep as the unending well of peace in the center of the all.
I am peace and love. I am harmony and wonder. I am.

os 7 pecados capitais

Segundo a Teologia, todo pecado supõe que o pecador, no conhecimento da lei, tem uma determinação livre dotada para violar. Para os católicos, o pecado tem como conseqüência uma mancha que diminui a graça santificada, tornando o pecador aos olhos de Deus, desagradável e com uma dívida (um castigo).

Existem dois tipos de pecado: os mortais e os veniais. Os mortais são
considerados faltas graves, inteiro de conhecimento do praticante e conduzido à condenação eterna. Os veniais tem o perdão relativamente fácil de ser obtido por meio da penitência.

O escritor Marc Lewis, autor inglês do livro Sin to Win (Pecar para vencer), revela que o segredo do sucesso especialmente o financeiro, consiste em cometer os setes pecados capitais já que estão diretamente relacionados às pessoas bem sucedidas. Segundo ele, o pecado mais importante é o orgulho, diretamente associado ao amor-próprio.

Conheça os sete pecados capitais que se tornaram importantes com o cristianismo.

Avareza: simboliza o desejo desordenado pelos bens terrestres. Está ligada à dureza do coração (contrário a misericórdia), os enganos e a falsidade. Segundo o conceito cristão, o homem se preocupa em acumular bens que não conseguirá levar para o céu (paraíso). Também é sinônimo de mesquinhez, sovinice e ciúme.

Soberba: é a forma básica do pecado. Ela teria sido a responsável pela desobediência de Adão que provou o fruto proibido com a ambição de se tornar
Deus. A soberba leva o homem a desprezar os superiores e desobedecer as leis. Tem ligação direta com a ambição, a vanglória, a hipocrisia, a ostentação e a arrogância.

Gula: é considerada um pecado venial, caso a pessoa deixe de cumprir suas obrigações devido a gula. Ela pode ser entendida como uma forma de fuga, talvez para proteger-se do excesso de sexualidade.

Ira: é um desejo descontrolado da vingança, da cólera e da raiva. Está diretamente associado a desonra, as brigas e a indignação, além do desejo de blasfemar contra Deus.

Inveja: simboliza o descontentamento em relação aos bens alheios. É um pecado mortal porque é a antítese da caridade, ou seja, quanto mais valioso
o bem desejado, maior o pecado. Está diretamente associado ao ódio, ao prazer na adversidade dos mais próximos e à aflição na prosperidade dos outros.

Preguiça: é a pouca disposição ou aversão ao trabalho, demora ou lentidão
para fazer qualquer coisa. É um aborrecimento natural pelo trabalho no dia-a-dia, se o mesmo não tiver seu esforço recompensado. A preguiça é considerada pecado mortal por se opor diretamente ao amor à Deus.

Luxúria: representa o desejo desordenado pelos prazeres sexuais. Opõe-se à propagação da espécie, sendo consumado apenas para satisfazer as próprias paixões. Também pode ser entendido como uma corrupção de costumes.

Oração do Segredo

Eu ORDENO a retirada de minha mente de todas as crenças, conceitos,

pensamentos, imagens, frases, pessoas negativas e TUDO que me limitou até aqui

no meu crescimento moral, profissional, financeiro e espiritual.
Se há algum inimigo, revelado ou não, querendo me atingir,

que seja iluminado neste momento se tornando meu amigo,

porque na minha vida só há lugar para amigos.

Abençoe, abençoe, abençoe!
Coisas maravilhosas chegam a minha vida neste momento, neste dia e por toda a eternidade.

Eu conquisto os meus objetivos com facilidade.

Vivo minha vida com alegria, calma, serenidade e harmonia comigo e com todo o universo.
Agradeço a tudo que sou e tudo que tenho.

Sei que o poder da consciência é ilimitado e que a Consciência Una está comigo em todos os lugares.
Reconheço que sou um ser em constante movimento de evolução.

Escolho agora meu progresso físico, mental, emocional e espiritual e agradeço por meu estado de bem-aventurança.

Sou feliz porque consigo sempre o que preciso e em abundância.
Dentro de mim estão virtudes, qualidades, competência, sabedoria e

inteligência que fazem a minha vida feliz, realizada e ampla.

Supero qualquer tipo de obstáculo.

Diante de mim se desenha um futuro de muita ação, construção e alegria.

As opiniões dos outros são muletas.

Quem tem pernas fortes como eu, não precisa de muletas.

Surpresas maravilhosas chegam agora em minha vida.

É maravilhoso como em todos os momentos estou mais feliz!

Eu sou saudável.

Meus músculos são fortes, minha pele é firme, suave e viçosa, cheia de jovialidade.
Minhas células se renovam normal e ordenadamente, assim como meus hormônios.
Meu organismo funciona harmonicamente e eu sou só saúde, paz, vivacidade, beleza e alegria.
É maravilhoso, maravilhoso, maravilhoso!
Minha vida e meus negócios sempre prosperam.
Todo dinheiro que eu preciso vem a mim facilmente a partir de fontes infinitas do bem.
O dinheiro sempre flui para mim em avalanche e abundância,

pois a riqueza me pertence e faz parte a todo instante da minha vida.
Meus amigos me abrem portas oportunas e vantajosas ao meu crescimento,

que sempre contagia e espalha prosperidade e otimismo com todos que convivo.
Obtenho sempre alegria no contato com TODOS.
A riqueza está aqui.
O mundo da Consciência Una é aqui e já é perfeito.
Obrigado, obrigado, obrigado!
A minha vida é do tamanho dos meus sonhos!
Solução, solução, solução.

Sou perfeito (a), sou saudável em corpo e consciência, alegre e forte,

tenho amor e muita sorte, sou feliz, inteligente, vivo positivamente,

tenho paz, sou um sucesso, tenho tudo o que peço, acredito firmemente no poder da minha mente!

terça-feira, julho 17, 2007

Aromaterapia - Relaxation

This blend is for relaxation and stress relief. It will induce a deep
relaxation of the tissues, muscles and joints, and re-establish a good
energy balance.

Blend the following essential oils into one ounce of carrier oil of your
choice; Massage as desired. May also be used as a bath oil.

3 drops Lavender 3 drops Tangerine 3 drops Marjoram 1 drop Chamomile

Aromaterapia - Stress/Depression - Neroli

Neroli’s primary use is for the nervous system and the skin and has been
used as a remedy for stress, anxiety or depression.

It is reputed to be effective in controlling palpitations, stimulates and
calms digestion and as a general tonic.

Used in a Massage or Bath Oil Neroli has beneficial effects as an
anti-depressant, helps relieve shock and grief and overcomes nervous tension
of all kinds.

Add to 1 oz Massage oil base or add to a bath.
2 drops Cedarwood
2 drops Neroli
2 drops Bergamot

quinta-feira, julho 12, 2007

Bellydance - uma paixão


Sashi Gothic Tribal Fusion Bellydance

Tribal Fusion Amaru Sabat

Sadie BellyDance

segunda-feira, julho 09, 2007

Calma - Dalaia Lama

A calma duradoura é um estado elevado de consciência em que o corpo e a
mente tornam-se especialmente flexíveis, receptivos e prestativos.
Quando se busca a atividade mental, há um estágio em que o esforço deve ser
abandonado. A mente torna-se calma e chega ao estado de plenitude. Nesse
momento, qualquer esforço pode perturbar a pura tranqüilidade. Então, para
manter essa tranqüilidade, é preciso esforçar-se para não se esforçar.


sexta-feira, julho 06, 2007

Meditation about life

O inicio do video parece mesmo o que estou a passar neste momento...
The begining of the video looks like my life actualy, things are not going well...

Revolução da alma

Ninguém é dono da sua felicidade, por isso não entregue sua alegria, sua paz, sua vida nas mãos de ninguém, absolutamente ninguém.

Somos livres, não pertencemos a ninguém e não podemos querer ser donos dos desejos, da vontade ou dos sonhos de quem quer que seja.

Se você anda repetindo muito "eu preciso tanto de você" ou, "você é a razão da minha vida", CUIDE-SE!

Remova essas palavras e principalmente a ação dessas palavras da sua vida, pois fazem muito mal ao seu "eu" interior.


A tua paz interior é a tua meta de vida, quando sentires um vazio na alma, quando acreditares que ainda está faltando algo, mesmo tendo tudo, remete teu pensamento para os teus desejos mais íntimos e busque a divindade que existe em você.

Pare de colocar sua felicidade cada dia mais distante de você.

Não coloque objetivos longe demais de suas mãos, abrace os que estão ao seu alcance hoje.

Se andas desesperado por problemas financeiros, amorosos ou de relacionamentos familiares, busca em teu interior a resposta para acalmar-te, você é reflexo do que pensas diariamente.

Pare de pensar mal de você mesmo, e SEJA SEU MELHOR AMIGO sempre.

Sorrir significa aprovar, aceitar, felicitar. Então abra um sorriso para aprovar o mundo que te quer oferecer o melhor. Com um sorriso no rosto as pessoas terão as melhores impressões de você, e você estará afirmando para você mesmo, que está "pronto" para ser feliz.

Trabalhe, trabalhe muito a seu favor.

Pare de esperar a felicidade sem esforços.


Critique menos, trabalhe mais.


Quando você agradece, Deus recebe seu coração.

Agradeça tudo que está em sua vida nesse momento, inclusive a dor.

Nossa compreensão do universo, ainda é muito pequena para julgar o que quer que seja na nossa vida.

Por fim, acredite que não estamos sozinhos um instante sequer.

A grandeza não consiste em receber honras, mas em merecê-las.


quinta-feira, julho 05, 2007

Percebendo o bem em tudo.

A pessoa não deveria tentar analisar o bem e o mal nos outros.
Se usarmos nossos olhos para encontrar faltas nos outros,
e gastarmos todo nosso tempo nesse processo, nosso coração
também se tornará impuro e desenvolveremos maus pensamentos.
O coração é como a lente de uma câmera.
O objeto em que concentramos nossa atenção fica impresso na mente.
Portanto, nós deveríamos fazer uma tentativa de perceber o bem
em tudo o que vemos.
Sathya Sai Baba