terça-feira, maio 29, 2007

REVOLUÇÃO DA ALMA



Ninguém é dono da sua felicidade, por isso não entregue sua alegria, sua paz, sua vida nas mãos de ninguém, absolutamente ninguém.

Somos livres, não pertencemos a ninguém e não podemos querer ser donos dos desejos, da vontade ou dos sonhos de quem quer que seja.

A razão da sua vida é você mesmo.

A tua paz interior é a tua meta de vida,

Quando sentires um vazio na
alma,

quando acreditares que ainda está faltando algo, mesmo tendo tudo,




Remete teu pensamento para os teus desejos mais íntimos e busque a divindade que existe em você.

Pare de colocar sua felicidade cada dia mais distante de você..

Não coloque objetivos longe demais de suas mãos, abrace os que estão ao seu alcance hoje

Se andas desesperado por problemas financeiros, amorosos ou de relacionamentos familiares,

busca em teu interior a resposta para acalmar-te, você é reflexo do que pensas diariamente.

Com um sorriso no rosto as pessoas terão as melhores impressões de você,

e você estará afirmando para você mesmo, que está "pronto"para ser feliz.



Trabalhe,

trabalhe muito a seu favor.

Pare de esperar a felicidade sem esforços.

Pare de exigir das pessoas aquilo que nem você conquistou ainda.
Critique menos, trabalhe mais.


E, não se esqueça nunca de agradecer

Agradeça tudo que está em sua vida nesse momento, inclusive a dor .


Nossa compreensão do universo, ainda é muito pequena para julgar o que quer que seja na nossa vida.


Por fim, acredite que não estaremos sozinhos em nossas caminhadas, um instante sequer...

...se nossos passos forem dados em busca de justiça e igualdade!!!


"A grandeza não consiste em
receber honras,
mas em merecê-las."
(Aristóteles)

O autor, "Aristóteles", filósofo grego, discípulo de Platão e este de Sócrates,
escreveu esta mensagem
no ano 360 a.C.
DEZ PASSOS PARA SE AMAR
Por Louise Hay



1 - Parem com toda a crítica
- A crítica nunca muda coisa alguma. Recusem criticar-se.
Aceitem-se exatamente como vocês são. Todos mudam.
Quando vocês se criticam, suas mudanças são negativas.
Quando se aprovam, suas mudanças são positivas.


2 - Não se alarmem
- Parem de se aterrorizar com seus pensamentos.
Encontrem uma imagem mental que lhes dê prazer e imediatamente desviem os seus pensamentos para algo agradável.


3 - Sejam gentis, bondosos e pacientes - tratem-se com paciência, gentileza e bondade.
Tratem-se como fariam com alguém a quem amassem.


4 - Sejam gentis com sua mente.
Odiar-se é somente odiar os seus próprios pensamentos.
Mudem gentilmente os seus pensamentos para pensamentos mais amorosos.

5 - Elogiem-se.
A autocrítica deprime o espírito interior.
A exaltação o edifica.
Afirmem a vocês mesmos como é apropriado o que estão fazendo com tudo.


6 - Apoiem-se.
Aproximem-se dos amigos e permitam com que eles os ajudem.
Ser forte é pedir por ajuda quando mais precisam.


7 - Sejam amorosos com seus pontos negativos -
Reconheçam que os criaram para satisfazer uma necessidade.
Agora estão encontrando novas maneiras positivas de preencherem estas necessidades.
Liberem os velhos padrões.


8 - Cuidem do seu corpo -
Aprendam sobre nutrição.
O que o seu corpo necessita para ter a energia e a vitalidade ideal?
Aprendam sobre exercícios.
Estimem o templo em que vocês vivem.


9 - Trabalho do Espelho
- Olhem dentro dos seus olhos freqüentemente.
Expressem o sentido crescente do amor que sentem por vocês mesmos. Perdoem-se por tudo, enquanto se fitam no espelho.
Uma vez ao dia digam -
"Eu amo você" para vocês mesmos no espelho.


10- Façam-no Agora
- Não esperem até que vocês fiquem bem, percam peso ou recebam um novo emprego.
Comecem agora, façam o melhor que puderem.



Extraído do Livro "Criando uma Abordagem Positiva" por Louise Hay

Florais de Bach

sexta-feira, maio 25, 2007

Shamanic essences

©Lynx Greywolf
Essences seem to me to be a natural outgrowth of shamanic teachings and process. Cultures around the world have relied on Sacred Plants as well as Animal/Nature Spirits to help both their Shamans and others achieve altered states of consciousness in order to bring healing to all members within their communities. Yet since many of these Sacred energies can be dangerous for use by a novice, essences of these energies help us to achieve the "Spirit" of this path in a safe, gentle and effective manner.
Our culture has forgotten how to be supportive of our natural Shamans and Healers. The essences described below will help those born to this path as well as those who are seeking to connect with their own "Inner Shaman" to find the courage and strength to follow the Shamanic path and return Shamanism to its rightful place of honour and respect.
Morganite:The Shaman's stone, Morganite encourages us to take full responsibility for our personal reality and life experiences. This essence centers us in the heart so that we may make choices based on what we LOVE and KNOW is right for us rather than following the dictates of another. Morganite calls in the presence of our allies and totem energies for manifestation and healing. Use this essence while in a medicine wheel to align positive forces to manifest your intent. Morganite also helps to lighten the Shamanic path for those who find it dark and heavy. It reinforces the true power of the Shaman, which is to be a channel of healing for his/her community.
The Shaman's Crystal:This essence was produced from a extremely powerful double terminated Quartz Crystal. When using this essence, it is very important to set an intention, visualizing the energy of what you desire to manifest shooting out from your solar plexus chakra, connecting with spirit and then returned to you amplified and manifested. Be sure you really desire what you are asking for you will get it. It is best not to use this essence more than 4 times per day. Putting faith and knowing into the process greatly speeds up the results of manifestation. Be grateful for the result before it manifests physically.
Dream Time:Use this essence to understand that we are both the dreamer and the dreamed. This essence helps us to hold a positive focus so that we may dream a new reality into being. It helps us to drop the busy "doing" in our lives, and rely more on our divine ability to become what we desire.
Bear:This is the powerful energy of the cave, going deep within Mother Earth to renew and heal the self or to transmit healing to another. Bear is a powerful ally who offers protection and guidance during stressful situations or to resolve long-standing problems in which you feel locked in and can't find a way out. Bear teaches us how to be silent and still so that we may receive higher guidance and inspiration. Bear also teaches us how to meet all of our needs from within so we never have to go without. Through Bear, we learn to access the guidance of Shamans who have walked this path before us, and have many gifts to share if we will but receive them.
Drum:The heartbeat of the Earth, use this essence to travel safely between the worlds to access higher guidance, receive healing, connect with your allies to create a strategy for the manifestation of goals, or to ease the initiation of yourself or another onto the path of Shamanism. This essence is very grounding for the body so that your Soul is able to move freely throughout all the levels of the universe as you are ready to do so. When the journey is over, this essence guides the Soul safely and gently back into the body, so that the body may also assimilate the wisdom of the higher planes and thereby increase its vibrational level. This essence is especially helpful when combined with Bear to attract higher guidance and practical solutions. Our knowing is already right within us; we just need to remember that we already know the solution.
Spirit Rattle:This is a wonderful essence for turning up old, limiting energies in the mind, body, and soul. It assists in opening you to be a clear channel for the universe so that all of your journeys, be they on the physical plane, or other levels of reality, are safe and abundant. This is also an excellent essence for those who are in the process of releasing negative thought patterns in favor of positive ones.
Wolf:A powerful essence for those who are ready to be the leaders of the new age that is now manifesting. Wolf essence is highly protective of those who are realizing their strengths and abilities to bring about higher changes in the world. Use this essence when you need to move ahead of your "pack," to scout the safe path and bring knowing back from your journey to share for the highest good of all.
Raven:An amazingly powerful essence for inducing altered states of consciousness safely and gently, to access healing for oneself or another. For those who know they are journeying, but are unable to retain conscious knowledge of what occurred, or who seek greater detail of their journey, this essence is invaluable.
Owl:Owl sees and knows the truth. It's ability to navigate through the darkest night and bring back nourishment for itself and others is the foundation of this essence. When you have lost your way, Owl essence will guide you back to your proper path and wisdom.
Pink Quill:Originally, this research essence was to be included with our flower essences. Since then, it has proven itself to be quite a shape-shifter! It adapts itself to the need of the person using it, so there is no one single definition or characteristic of this essence. If you need it, you'll know it, because it will call to you loudly and persistently!
Medicine Wheel:The essence of strength and healing, Medicine Wheel provides courage, protection, and guidance from our allies and totem animals. When beginning work with a new ally or totem, this essence helps to insure that we contact only the highest aspect of the energies involved.
Ghost Dance:The Ghost Dance was visioned by the Shaman Wovoka to assist his people in remaining connected with their ancestors after the coming of the Europeans to Turtle Island. This essence assists us in connecting with the wisdom of those who went before us, as well as clearing dysfunctional family patterns and belief systems.
Walkabout:A delightful essence to get us moving in the direction of our highest goals. It encourages detachment from all that weighs us down, or holds us back, so that we may journey freely as spirit wills, whether on this level of reality or another.
There is no doubt that our planet and all of life is in need of healing. Shamanic essences can help to restore the balance that has been lost, for when we seek to bring balance into our lives as individuals, we shall help to bring balance to the entire planet. So many are seeking transformation and positive change at this time, and it is so perfect that the Sacred Energies that Shamans and Healers round the world have called upon for thousands of years are now returning to contribute their gifts to all of life once again.
ABOUT THE AUTHOR: From Shamanism to Flower and Vibrational Essences and everything in between, Lynx has had a lifelong passion for alternative healing. She began producing essences over 22 years ago when a friend first introduced her to the Bach Remedies and then suggested she begin producing her own essences, which led to the birth of Morningstar. She currently lives in Los Angeles, California, and you can find out more about her work through her website.

Shamanism and Commitment

In this special issue of Vibration Magazine, you'll meet several experienced shamans and learn about their work. You may even have been drawn to this issue because you yearn to become a shaman yourself. Below, a panel of experts advises you of important principles for novice and intermediate students to be aware of and to heed. First, however, it would be good to define what a shaman is. Inputting the term "shamanism 101" into Google's search engine produced a variety of excellent and sometimes eye-opening articles -- you might try the exercise! Here's how a well-balanced and comprehensive article at Wikipedia defined it:
"Some anthropologists and religion scholars define a shaman as an intermediary between the natural and spiritual world, who travels between worlds in a state of trance. Once in the spirit world, the shaman would commune with the spirits for assistance in healing, hunting or weather management. Shamanism is based on the premise that the visible world is pervaded by invisible forces or spirits that affect the lives of the living. Shamanism requires specialized knowledge or abilities. It could be said that shamans are the experts employed by their communities. Shamans are not, however, often organized into full-time ritual or spiritual associations, as are priests." (See the rest at Wikipedia.)
Surveying what experienced shamans from a variety of traditions have to say, one truth emerges. Shamanism requires commitment -- often a lifelong commitment. It's not something you dabble in like a Ouija board -- shamanic work evokes forces that are too powerful for that to be safe without careful preparation. Nor is it recommended that you engage in the shamanic equivalent of a series of one night stands. If you include a smattering of exotic native practices from around the world in your ceremonies without thoroughly understanding the spiritual background and mastering the disciplines behind them, the result is likely to be neither safe nor effective.
Yes, there are common threads among the traditions, and, yes, you may need to explore a few possibilities before you find the one that fits you best. Then it's best to make a commitment to one tradition and stick to it. Rituals and ceremonies should not be eclectic, as lack of focus, mixing too many elements and invoking too many guiding forces can produce a muddle -- or a bit of territorial dispute between the spirit forces involved, since different traditions can have very different viewspoints and underpinnings. These forces are more likely to pay attention to your invocation and be willing to work with you if they know they have your loyalty and commitment -- and if you have paid them due respect.
COMMITMENT TO PLANT OR ANIMAL SPIRITS
Working in partnership with the spirits of plants and animals is a case in point. A power animal is not a pet, it is an ally in healing yourself or others, and it deserves to be treated with honor. Likewise, the most powerful work done with plant spirit medicine usually involves a deep and long-standing connection with a few well-chosen plants. Here's what Stephen Buhner has to say about forming this sort of bond in Sacred Plant Medicine:
"Go and sit by the plant and just let yourself admire it and enjoy its beauty. Let yourself fall in love with it. In making relationship with plants, the most important thing is treating them as equals; the second is having proper ceremony (like prayers and offering tobacco); the third is receiving the communication of the plants (it must be a dialogue not a diatribe); the fourth is doing what the plant asks of you; and the fifth is never violating the bond of trust between you and, if you should happen to violate that bond, making it up (as you would in hurting any close friend) immediately."
COMMITMENT TO A TEACHER
Commitment to a teacher is also an important stage in the development of shamanic practice. Work with someone who is experienced in these matters and can both instruct you and evaluate what is happening to you. Guidance by a true and seasoned shaman not only accelerates your growth but protects you from many of the pitfalls and dangers these practices can entail. Choose your teacher wisely and well, however, because there are many unqualified or even fraudulent people around the New Age circuits -- those called "plastic shamans". A Wikipedia article explains the term:
"The phrase plastic shaman is a pejorative colloquialism used for individuals who try to pass themselves off as shamans or other traditional spiritual leaders, but who actually have no genuine connection to the traditions they claim to represent. Rather, plastic shamans use the mystique of these cultural traditions, and the legitimate curiosity of sincere seekers, for personal gain. This exploitation of students and traditional culture can involve the selling of fake "traditional" spiritual ceremonies, fake artifacts, fictional accounts in books, illegitimate tours of sacred sites, and often the chance to buy spiritual titles. People who have been referred to as "plastic shamans" include fraudulent spiritual advisors, seers, psychics, or other practitioners of non-traditional modalities of spirituality and healing who are operating on a fraudulent basis.
"Critics of those who have been called plastic shamans believe one danger is that students who come to learn from plastic shamans may be exposing themselves to physical, as well as psychological and emotional risk. This is because the methods used by a fraudulent teacher may have been invented, "adapted" or stolen from other cultures and taught without reference to a real tradition, or to the precautions such a tradition would normally have in place in regard to sacred ceremonies and guidelines for ethical behaviour. There is evidence that fraudulent and sometimes criminal acts have been committed by a number of these imposters. It is also claimed by traditional peoples that in some cases these plastic shamans may be using corrupt, negative and sometimes harmful aspects of authentic practices."
COMMITMENT TO A HEALING GROUP OR PARTNERSHIP
Once you are seriously involved in shamanic work, a commitment to a shamanic or healing partnership -- even to a group that practices together -- is a crucial support that both protects you and empowers the work itself. Diana Stone, a seasoned shaman who incorporates Huna and Native American traditions into her healing work, advises:
"I experienced one of those moments in the early 1980s that one never forgets. I had deliberately sent out an intention to discover my soul purpose in this life. An incredible numinous figure appeared in a vision and revealed that I was to reawaken the Western shaman in the American psyche. Mind you, I had only the vaguest notion of what that meant. Troubling visions of dining on monkey meat around a jungle fire assailed my consciousness.
"Nearly thirty years later, that prophetic vision has proven to be true. I serve a worldwide shamanic healing ministry. The familiarity with the idea of shamanism in the American culture has surpassed by far any expectations I originally held. The positive aspect of this is that I and other non-native shamans have developed tools that are distinctly Western. The downside is the lack of any long-established traditions to train and protect the practitioners.
"I strongly admonish anyone who intends to practice as a shaman healer to not work alone. Ideally, there should be a balance of masculine and feminine energies in the group, as there is strength in the polarities. I work with a team of experienced shamans -- my husband, Don, my brother Duane, and my son David. This craft by definition deals with very powerful and varied energies. It is reckless and foolish not to have back-up. Connect with a teacher of proven integrity, other experienced shamans or energy workers. It needs to be someone who can monitor your energies and keep them clear. I have had the task of healing some very powerful shamans who literally were in a life threatening situation stemming directly from their healing work. You can't help anyone if you are dead!"
SOME FINAL CAUTIONS
Lynx Graywolf, who created the Shamanic Essences, concludes:
"I always hope that people take these sorts of cautions seriously, for there's no path to 'instant enlightenment'. If there was, I would have been on it a long time ago myself! Unfortunately, what some people don't seem to understand is that there is great potential for physical harm, including insanity or death, from consuming many of these sacred plants without proper supervision and training. Also, they're unlikely to be able to interpret and put to good use the experiences they have after consuming the physical energies of these plants. Most people don't have the benefit of a 'local shaman' to undertake a healing journey such as this with them!
"This is why Shamans undergo such demanding training for many, many years! On every level, from the physical to the spiritual, they have to be prepared and ready for what ever it may be that they encounter. Every Shamanic Journey is potentially risky, and that risk is greatly compounded when someone is using Sacred Plants, even for those who have had the training and experience! The essences are a gentle and respectful way of approaching these energies. Working with them acknowledges that one is willing and ready to heal on some level without putting one's self at risk, and also not showing disrespect to the Sacred Plant involved by not really understanding or knowing what one is doing."
ART CREDITS: The prints used to illustrate this article are derived from prehistoric petroglyphs found along the Columbia River Gorge. These petroglyphs, expressed in many different media, are a theme in the art of Pacific Northwest Native American artist, Lillian Pitt. To see more of her art, visit her web page. Page design by Donna Cunningham of Word of Mouth Web Design.

Pirates of the Caribbean 3: At World's End

quinta-feira, maio 24, 2007

Like yourself

Like Yourself You are with you every year,
Every day, Every hour and Every second.
Like you. Like yourself.
You need to like yourself
And achieve happiness from within.

Nothing can bring happiness in you except you.
Others can add to that happiness.
Trust yourself and have faith in the creator.
You are not here by coincidence.
Go beyond and see how being you,
Can change your life and others.
Be you. Like who you are.

Trust who you are.
You have to be happy for yourself.
Enjoy discovering your inner beauty.
The real you.

EU SOU

EU SOU
Eu sou luz resplandecente,
luz radiante, luz intensificada.
Deus consome a minha escuridão
transmutando-a em luz.
Hoje EU SOU um foco de Sol Central.
Através de mim corre um rio de cristal,
uma fonte vivente de luz
que nunca pode ser corrompida
por pensamentos e sentimentos humanos.
EU SOU um posto avançado do Divino.
A escuridão que se serviu de mim é consumida
pelo poderoso rio de luz que EU SOU!
EU SOU, EU SOU, EU SOU luz.
Eu vivo, eu vivo, eu vivo na luz.
EU SOU a mais completa dimensão da luz;
EU SOU a mais pura intenção da luz.
EU SOU luz, luz, luz
iluminando o mundo onde quer que eu vá,
abençoando, fortalecendo e anunciando
o propósito do Reino dos Céus!

O regime e os ambientes

Força de vontade, auto-estima, dieta equilibrada e exercícios físicos são fatores indispensáveis para quem pretende emagrecer, mas não são os únicos. A disposição dos ambientes onde passamos boa parte do dia pode interferir no processo, contribuindo para o sucesso ou fracasso do regime.

Veja, segundo a ótica do Feng Shui, que mudanças fazer em sua casa ou ambiente de trabalho para evitar a gula:

O excesso de energia: como a angústia e o nervosismo podem causar gula, é preciso combater os focos energéticos negativos.

- não deixe a cama de frente para a porta do quarto para não receber muita energia que deixa o sono dos moradores agitado evite dormir em quartos que fiquem no final de um corredor muito comprido. O corredor acelera a energia que chega ao quarto não coloque a mesa de trabalho ou estudo em frente à porta de entrada ou corredor

Posição da cozinha: se ao entrar em casa o primeiro cômodo visto é a cozinha, mantenha sua porta fechada para amenizar a vontade de comer em excesso ou a qualquer hora.

Evite beliscar enquanto cozinha: para evitar a tentação de beliscar os alimentos usados no preparo das refeições desvie sua atenção para outros objetos. Uma TV na cozinha; uma janela com visão para a área externa ou quadros são paliativos.

Cuidado com as cores: Vermelho, amarelo e laranja são cores que aguçam o apetite e podem até trazer angústia. Por isso, não são indicadas para a cozinha ou sala de jantar.

Calma nas refeições: Comer em frente à televisão ou falando ao telefone não são práticas aconselháveis. Os órgãos do sentido se distraem e o resultado é a ingestão de alimentos maior que a real necessidade. Procure também relaxar antes de começar as refeições. Veja algumas dicas: o azul é uma cor calmante, relaxante. Use copos, pratos e toalhas dessa cor escute música agradáveis e relaxantes procure conversar assuntos alegres e agradáveis durante as refeições coloque uma fonte d'água no ambiente ponha um relógio com pêndulo na parede

Os estímulos visuais: pacotes de biscoito, cesta de frutas e quadros de natureza morta estimulam o apetite. Por isso, evite esses objetos, assim como quadros com muito vermelho, laranja e amarelo.

Os aromas: use os cheiros ao seu favor para diminuir a ansiedade e a fome. Grapefruit, tangerina, manjericão, hortelã, junipero e olibano são boas alternativas.

O desprendimento: quem é apegado costuma guardar muitos objetos em armários e no quarto da bagunça. E para começar a perder peso é preciso se desapegar. Dê ou jogue fora aquilo que não usa mais.

franco guizhetti

O poder dos cristais e das pedras

Tão antigos quanto a própria Terra, os cristais sempre fascinaram o homem por sua beleza e energia. Em antigas civilizações da Índia e da Grécia, os cristais eram usados com fins terapêuticos.

Atualmente, muitos terapeutas holísticos usam os cristais --fontes de energias naturais-- em sessões de cromoterapia e massagem para harmonizar e renovar as energias de seus clientes.Da mesma forma que os homens, os cristais trocam energia, ou seja, emitem e recebem continuamente. Cada cristal tem suas propriedades energéticas e, por isso, devem ser estudas com profundidade por cada pessoa.

Como fontes de energia, podemos usar os cristais e as pedras para energizar um ambiente ou pessoa. Para saber como usá-los, veja quais são os mais indicados para cada setor do Bagua e também os mais comuns de cada signo:

Os cristais e o Bagua

Trabalho: é regido pelo elemento água, simbolizado pela cor azul. Podemos ativar esse setor com os cristais: água marinha, lápis lazuli ou turmaliza azul. Podemos colocar também um pirita, que está associado ao ouro e à riqueza de nosso trabalho. O diopsidio também pode ser usado porque é uma pedra que traz concretização profissional e comercial.

Espiritualidade: a pedra mais usada para esse setor é a ametista, pois simboliza o terceiro olho. Ativa a intuição e é uma ótima pedra para a meditação. Podemos também usar o cristal de quartzo, que simboliza a pedra da clarividência, sabedoria e misticismo.

Família: é regido pelo elemento madeira e pelas cores verde e azul. Podemos ativar esse setor com as pedras lápis lazuli, quarto verde, turmalina verde e quarto azul.

Prosperidade: as cores que predominam nesse setor são o vermelho, o lilás, o amarelo, o dourado, o laranja e o verde. Com essa variedade de cores, podemos usar uma boa quantidade de pedras para ativar este setor, como pirita, turquesa, granada, água marinha, citrino, esmeralda, turmalina verde e quarto verde.

- Sucesso: esse setor está associado ao elemento fogo e as suas cores são o vermelho, o amarelo, o laranja e o dourado. Podemos ativar esse setor com as pedras granada, esmeralda, citrino, safira, turquesa e pirita.

- Amor: os cristais mais usados para ativar esse setor são o turmaliza rosa, quarto rosa e o quarto branco --associados às cores do amor. A pedra da lua também pode ser usada nesse setor com muito sucesso. Por ser vermelha, a granada ativa as paixões.

- Filhos e setor da criatividade: podemos ativar essa área com o cristal de quarto, pois a cor que predomina é o branco. O citrino pode ser usado para ativar a criatividade. A soldalita fortalece a comunicação e criatividade, e a opala é uma ótima opção para o crescimento das crianças.

- Amigos: Use a pedra feldespato, que fortalece a comunicação e as amizades. O cristal de quarto e o quarto rosa favorecem os relacionamentos.

As pedras e os signos

- Áries: jaspe verde; ametista; ágata; turmalina rosa; granada e topázio
- Touro: água marinha, esmeralda, lápis lazuli, safira e quarto rosa
- Gêmeos: ágata, magnetita, crisocola, safira e topázio
- Câncer: esmeralda, turmalina verde, pedra da lua, opala e rodocrosita
- Leão: citrino, ágata, granada, rubi, topázio e turmalina rosa
- Virgem: amazonita, citrino, safira e ágata
- Libra: água marinha, esmeralda, safira, pedra da lua e opala
- Escorpião: turmalina verde, obsidiana, pedra da lua, rubi e esmeralda
- Sagitário: ametista, azurita, turmalina rosa, sodalita e topázio
- Capricórnio: ametista, cornalina, turmalina verde, rubi e safira
- Aquário: água marinha, granada, opala e lápis lazuli
- Peixes: ametista, fluorita, turmalina verde e pedra da lua

Observação: todos os signos podem usar o quarto branco!

Limpeza e energização dos cristais

Como o uso do cristal pode saturá-lo de energias negativas, é necessário saber algumas formas de limpá-lo e energizá-lo.Sempre que ganhar ou comprar um cristal, purifique-o ou limpe-o e energize-o antes de usar. Esse ritual de limpeza e energização deve ser praticado mensalmente com os cristais que já usamos. Essa prática é necessária porque o cristal emiti e recebe energias, podendo ficar saturado de vibrações negativas.

Entre as muitas formas de limpeza do cristal, uma das mais comuns é deixá-lo mergulhado em uma vasilha de vidro ou cerâmica, com água e sal grosso (ou marinho), por 24 horas.

Depois, banhe-o em água corrente por alguns minutos, completando assim o processo de limpeza. Outra forma é deixá-lo ao lado de um incenso aceso (arruda, mirra ou alecrim). A chuva e o sol são outras fontes de limpeza.

As Escolhas de uma Vida

Por Martha Medeiros


A certa altura do filme Crimes e Pecados, o personagem interpretado por Woody Allen diz: "Nós somos a soma das nossas decisões". Essa frase
acomodou-se na minha massa cinzenta e de lá nunca mais saiu.

Compartilho do ceticismo de Allen: a gente é o que a gente escolhe ser, o destino pouco tem a ver com isso. Desde pequenos aprendemos que, ao fazer uma opção, estamos descartando outra, e de opção em opção vamos tecendo essa teia que se convencionou chamar "minha vida".

Não é tarefa fácil. No momento em que se escolhe ser médico, se está abrindo mão de ser piloto de avião. Ao optar pela vida de atriz, será quase impossível conciliar com a arquitetura. Se é a psicologia que se almeja,
pouco tempo sobrará para fazer o curso de odontologia. Não se pode ter tudo.

No amor, a mesma coisa: namora-se um, outro, e mais outro, num excitante vaivém de romances. Até que chega um momento em que é preciso decidir entre passar o resto da vida sem compromisso formal com alguém, apenas vivenciando amores e deixando-os ir embora quando se findam, ou casar, e através do casamento fundar uma microempresa, com direito a casa própria, orçamento doméstico e responsabilidades. As duas opções têm seus prós e contras: viver sem laços e viver com laços. Escolha.

Morar em Londres ou numa chácara? Ter filhos ou não? Posar nua ou ralar atrás de um balcão? Correr de kart ou entrar para um convento? Fumar e beber até cair ou virar vegetariano e budista? Todas as alternativas são válidas, mas há um preço a pagar por elas.

Quem dera pudéssemos ser uma pessoa diferente a cada 6 meses, ser casados de segunda a sexta e solteiros nos finais de semana, ter filhos quando se está bem-disposto e não tê-los quando se está cansado, viver de poesia e dormir em hotel 5 estrelas. No way.

Por isso é tão importante o auto-conhecimento. Por isso é necessário ler muito, ouvir os outros, estagiar em várias tribos, prestar atenção ao que acontece em volta e não cultivar preconceitos. Nossas escolhas não podem ser apenas intuitivas, elas têm que refletir o que a gente é. Lógico que se deve reavaliar decisões e trocar de caminho: ninguém é o mesmo para sempre.
Mas que essas mudanças de rota venham para acrescentar, e não para anular a vivência do caminho anteriormente percorrido. A estrada é longa e o tempo é curto. Quanto menos a gente errar, melhor.

quarta-feira, maio 23, 2007

Aromaterapia - Peppermint

When concentration is needed you can rely on Peppermint. Peppermint aids
your ability to focus and sustain your attention. Peppermint helps to
stimulate and strengthen your inner will forces to find meaning and purpose
in life and to achieve your goals! Use Peppermint when you are in the
planning stages of an important project, or need to find motivation to
follow through and act on your important decisions and take action.
Peppermint is also good for memory retention, use it alone or in a blend
when completing a work project, homework assignment or studying for an exam!
Known to clear brain fog when you feel low energy and fatigued. Peppermint
will perk you up and get you going fast!

quinta-feira, maio 17, 2007

Visualization tecniques

Opening to Higher Energy
Try these visualization techniques to tune in to your life force, and to uplift the energy of others.
By James Redfield, Michael Murphy, & Sylvia Timbers

Excerpted with permission from "God and the Evolving Universe," published by Tarcher, a division of Penguin Putnam.

Visualizing Energy

After choosing a serene outdoor setting, sit down, close your eyes, and relax your mind and body. Now open your eyes and look at your surroundings. Intend to see more beauty and luminosity in the forms around you. Then close your eyes again and intend to see everything in its quantum reality, as dancing patterns of energy, each emanating from the same energetic source. Affirm that you are intimately connected with this energy, as though all the universe is part of you looking through your eyes. Breathe this higher source into your own body and mind.
Now stand up from your center, attempting to feel this constant, ever-renewing power. See yourself filled with it and floating up. Move as though rising from your center, affirming that you have an unlimited source of energy emanating from the core of your being. Carry this feeling with you for the rest of your day.

Uplifting the Energy of Others

In a group setting, attempt the following exercise, which demonstrates and builds on the higher connection that exists between us all. As each person speaks, visualize a stream of energy flowing from the Transcendent through you to the one who speaks, raising them into greater alignment with their own higher potential and source. Notice any difference in what is said or in their general demeanor.

This practice can also be attempted when all group members are committed to performing this technique. While one person talks about an issue that is important to them, the others visualize him or her being filled with energy and lifted into their greater wisdom and knowing. After each person has taken a turn, discuss the experience.

Silent Intervention

It is also possible to help strangers or passing acquaintances through telepathic outreach. One can do this in a restaurant or store, for example, when someone sitting or standing nearby, or someone serving you, seems depressed or upset. As in the exercise described above, lift the person in your imagination, bringing power from a higher source through you to them. See if their mood or attitude changes. Note how they react to those around them. You might be surprised at the results.

segunda-feira, maio 14, 2007

Exercise For Forgiveness and Letting Go

by William York

Many times our less positive past experiences can seem to be
overwhelming and create a less than balanced experience in the present. This
healing meditation is designed to allow you direct access to the energetic
component of all of your past experiences and allow you to not only
gain the benefit of forgiveness, but give you the opportunity to let go of
the past. I highly recommend that you work on only one experience at a
time. If you are working on numerous experiences with a particular
individual I suggest you work on only one experience at a time. Please read
this entire meditation through several times before beginning. If at
any point you feel very uncomfortable during the meditation you should
not continue.

It is important that before starting that you find a quiet, comfortable
place to sit/lay where you will not be disturbed for at least 45
minutes. I find it helpful to take a good hot shower (not a bath!) before
starting. Wear loose-fitting, comfortable clothing. It is best to wait at
least three to four hours after eating before beginning. I find that
this meditation is really best done in the early evening. After finishing
you will need a good rest. You may wish to skip dinner altogether and
to have someone else (if possible) have some soup ready for you when you
are done. It is important that after finishing that you allow yourself
at least 2 to 4 hours of rest. You will have transmuted a great deal of
energy and your physical body will be tired. Also, while you will have
made substantial progress in healing, the rest will allow you to not
revisit the issue for several hours. When you awake you will notice a
substantial clearing of energy in regards to your issue.

You will always be able to go back to the experience but you will have
the strength to see it in a new light. However, once the issue is
resolved I highly recommend that you just let it go. See it for the learning
experience that it is and move on in gratitude.

This process is not about judging or blaming others. This is a very
powerful meditation and the energies at work here are very real. Judging
or blaming others during this meditation will only prolong your healing
and make it that much more difficult to release these energies in the
future.

1. While sitting in your meditation place pick an issue. It is probably
best to pick a simple one until you are familiar with the process. For
most people the first time the issue usually picks itself.

2. If you have a standard practice to begin your meditation that puts
you in a relaxed an open place you can use this to begin.

3. Now begin to focus on your breathing. Follow the in and out breath
without attempting to control the breath. Do this for 8 to 10
repetitions.

4. Next we will do a series of affirmations in conjunction with the
breath work. It is important to focus on the energy connected with these
affirmations as you are breathing. The first part of each affirmation is
the same and you will repeat the words on the in breath. The second
part of each one is different and you will repeat it on the out breath.
All three are done in order and the order is repeated each time. You
repeat the affirmations in order 1, 2, and 3 and then start at 1 again. Do
the affirmations for about 15 minutes.

* (in breath) I Am
* (out breath) Whole and Complete
* (in breath) I Am
* (out breath) As God created Me
* (in breath) I Am
* (out breath) Completely Safe

5. Now you will want to focus on the experience that you chose at the
beginning. It is important to remember that this time during this
experience you are in complete control. Now begin to replay the experience in
your mind. Focus in a very clear and objective way on the
conversation(s) you had and as best you can remember what each of you said.

6. When you finish replay only your portion of the conversation. If you
see (and you will) places where you treated the other person unfairly,
were rude, or just went on a relentless attack you will want to
sincerely offer an apology and ask for forgiveness. Prepare the content of
your apology and imagine placing it inside a beautifully wrapped package.
Take this package and place it front of the person (in your mind). Bow
three times and each time say I am sorry. Then leave. (Again in your
mind) You are not concerned with what happens to the package or what they
do with. Your focus should be on making a sincere, no strings attached
apology.

7. Take a few minutes to breathe and repeat the affirmations for 1 to 2
minutes. You just want to recompose for the next step and not lose
momentum.

8. Now replay their portion of the conversation. This time be
absolutely quiet. Try to forget your original reaction. It sometimes helps to
see yourself as an uninterested third party taking notes. Listen very
carefully. Now replay it again and focus on the point the other was trying
to convey. Think about how you would convey the same point. When they
are finished thank them for sharing in the most sincere way you can. Now
ask them if there is anything else they would like to say. Very often
you will receive a great deal of insight into your relationship(s) at
this point. So, Listen carefully!

9. Next you need to imagine their entire conversation as a whole piece.
Allow the conversation to take whatever energetic form that seems
appropriate. Remember you are not being attacked here but merely listening
to what was expressed without any judgment.

10. While looking at this energetic package begin to watch your
breathing and repeat the affirmations. When you are ready you need to allow
this package to fully enter your heart center. Continue to breath and
repeat the affirmations. Very soon you will experience a deep sense of
peace. When you do look into the eyes of the person and say:

11. I have fully received your wondrous gift. Thank you for taking the
time to share your wisdom with me.

12. I am most grateful for your gift, but it is no longer something I
need.

13. Now look deeply into your heart center, repeat the affirmations,
and allow the energy you received to turn into pure love and light. Now
repeat these words:

14. I have transmuted your gift into pure love and I joyfully return it
to you in the fullness of love and joy

15. Now imagine that this new gift of love is flowing from your heart
center to theirs. When the transfer is complete say:

16. I am honored to have shared this learning opportunity with you. May
all beings be blessed by the love we have shared today.

17. Thank them again and return to your heart center. Focus on your
breathing and begin the affirmations again. Do this for about 3 minutes or
less. Slowly bring yourself out of your meditation. Stand up, and when
you are ready bow one time and thank the universe for this healing
opportunity.
________________________________

domingo, maio 13, 2007

Participando da Vida com os Florais

Este fim de semana tive a fazer o modulo 1 do curso Participando da Vida com os Florais de Bach. Deu para refrescar umas noções e aprender novas coisas. Acho que nenhum curso é igual ao outro, há sempre maneiras diferentes de ver e aprofundar os florais.
Para quem quizer saber mais podem ver o link abaixo.

http://www.institutobach.com.br/site/homesite/cursos_detalhes.asp?cod_curso=55

sexta-feira, maio 11, 2007

RELAXAMENTO PROFUNDO

Faça um RELAXAMENTO PROFUNDO

Deite-se com as palmas das mãos voltadas para cima e os pés levemente afastados. Respire profundamente, desde o umbigo, diafragmaticamente, do fundo dos seus pulmões. Sinta seu abdômen subir e descer na medida em que você inala e exala. Gradualmente sua respiração torna-se mais lenta. Cada vez que você exala, sente-se mais relaxado (a).

Agora se torne consciente de seus pés: sinta o relaxamento fluindo até seus pés a cada respiração profunda... Sinta suas pernas relaxando, bem como suas coxas e quadris.

Sinta a tensão nas suas pernas desaparecendo completamente; suas pernas estão completamente relaxadas.

Agora sinta o relaxamento fluindo até seus órgãos internos – relaxe seus intestinos, seu estômago, seu fígado, sua região lombar... Sinta o relaxamento espalhando-se através do tórax e da parte superior das costas – esteja atento para a expansão e contração dos seus pulmões com cada respiração profunda.

Agora sinta o relaxamento fluindo até seus ombros e braços com cada respiração profunda que você faz... Até seus ante-braços, seus braços, suas mãos e cada dedo. Você pode sentir um calor ou formigamento nas suas mãos na medida em que relaxa completamente. Sinta a tensão desaparecer de seus braços, mãos e dedos. Agora sinta a garganta e o pescoço relaxarem, bem como sua face, sua boca, seu nariz, as bochechas... Os ouvidos estão completamente relaxados... as pálpebras estão ficando em repouso, um pouco mais pesadas a cada respiração... sinta sua testa... sinta a tensão de sua testa desaparecendo na medida em que o relaxamento espalha-se.

Deixe que o relaxamento flua pelo seu cérebro, indo até o topo de sua cabeça. Toda a sua cabeça e todo o seu corpo, cada parte dele, desde as pontas dos dedos dos pés até o topo da cabeça, estão completamente relaxados e em paz.

Agora fique cônscio da sua respiração. Continue respirando lenta e profundamente, a partir do diafragma. À medida que você inspira, imagine que está inalando energia para cada célula do seu corpo; sua mente e corpo estão ficando completamente recarregados. Sinta a energia do Cosmos fluindo através de você, lavando todas as tensões e negatividade, limpando-o (a) por dentro e por fora. Sinta-se repleto, transbordante dessa energia purificadora, preenchendo todo o seu ser com alegria e amor. Permaneça nessa posição pelo tempo que quiser.

Agora se sinta retornando à sensação do corpo físico: movimente um pouco as mãos e pés. Dê uma espreguiçada e, lentamente, vire-se para o lado direito, sentando-se (é mais fácil e força menos as costas sentar-se para o lado direito). Então sinta seu corpo, mente e espírito completamente revigorados.

Fonte: Stress a seu favor, de dra Susan Andrews. Editora Ágora.

quarta-feira, maio 09, 2007

Conhecer a si mesmo

A relação mais importante na nossa vida é a relação
consigo mesmo. Só podemos nos relacionar bem com as outras
pessoas a partir do momento que nos conhecemos, nos aceitamos e
que tenhamos aprendido a controlar as nossas emoções. Há
muito tempo, Sócrates já falava da “importância de
nos conhecermos como fonte de felicidade e de sabedoria”. A
grande causa dos relacionamentos mal sucedidos se prendem a isto.
Vivemos num mundo conturbado e enfrentamos mil problemas, que
muitas vezes, trazem traumas que marcam nossa maneira de ser e
que se não forem conhecidos e enfrentados vão acarretar
problemas no nosso relacionamento com os outros.

Conhecer a si mesmo não é fácil. Na sociedade em que
vivemos nós confundimos isto com aquisições de
conhecimentos que nos transformam em identificação de
rótulos e características descritivas. Por exemplo: se
alguém perguntar a você quem você é, quase que
imediatamente responderá o nome, a profissão, etc. Isto
não é você, é apenas a sua superfície, são
apenas os condicionamentos que aprendemos na nossa infância
com nossos pais e na sociedade a que pertencemos. Como então
poderemos nos conhecer de verdade? Você terá que fazer uma
verdadeira busca arqueológica dentro de você mesma para
saber quem você é. Essa busca é no seu mundo interno e
para isso é só “observar a si mesmo”, jogando fora
os rótulos.

Fazendo isto abrimos espaços para novas perspectivas e vamos
progredindo e descobrindo muitas coisas sobre nós. Descartando
emoções reprimidas, aprendemos a ter mais confiança em
nós mesmos e maior espontaneidade no agir. Descartando antigos
rótulos impostos, traumas e descartando velhas crenças
sobre si mesmo chegamos a uma liberdade para sermos o que somos
na nossa essência e no nosso coração e só assim seremos
realmente felizes. E isto, essa busca a nós mesmos, é
maravilhosa e surpreendente.

Selma Di Iulio

Dias cinzentos

Estes dois ultimos dias estao a ser muito dificeis, a minha cabeça até explode. Não sei se isto vai melhorar ou vou ter de explodir de novo. Ontem ja tive de elevar a voz e ameaçar que saia porta fora para me ajudarem a resolver duas questões. Será isto normal? Até fico admirada comigo mesma com certas reações que tenho. E claro hoje tive de novo pouca colaboração do pessoal. Visto que não haver responsavel pelos vistos naquela area ninguem assume nada ou quer saber daquilo. Uns tem a desculpa que andam a fazer tratamento de psiquiatria... E eu que tenho de resolver os problemas fico com as batatas quentes nas maos, visto que a superior tb anda muito ocupada a fazer mapa e relatorios pros superiores e a lixar-nos pelas costas com a nova reestruturaçao a qual só teremos acesso no dia da sua execuçao. QUE RAIVA!

sexta-feira, maio 04, 2007

Buda e mantras - Festival de Wesak

Em homenagem á Buda, comemorando a semana de Wesak, vale ver esse vídeo, com imagens e mantras!Divirtam-se! É lindo. Muito gostoso de se ver e ouvir! Percebam que paz imensa ele nos traz!



Luz e Paz,

quinta-feira, maio 03, 2007

TAOÍSMO

O Taoísmo se baseia no sistema politeísta e filosófico de crenças que assimilam os antigos elementos místicos e enigmáticos da religião popular chinesa, como: culto aos ancestrais, rituais de exorcismo, alquimia e magia.
A origem da filosofia do Taoísmo é atribuída aos ensinamentos do mestre chinês Erh Li ou Lao Tsé (velho mestre), um contemporâneo de Confuncio, nos anos 550 a.C., segundo o Shih-chi (Relatos dos Historiadores). Apesar de não ser uma religião mundialmente popular, seus ensinos têm influenciado muitas seitas modernas.

Fundação do Taoísmo

Como no Budismo, muitos fatos da vida de Lao Tsé são lendas. Uma delas é a questão dele já haver nascido velho. Supostamente, ele nasceu no sul da China em volta do ano 604 a.C. Ele tinha uma importante posição no governo, como superintendente judicial dos arquivos imperiais em Loyang, capital do estado de Ch'u.

Por desaprovar a tirania dos regentes de seu governo, Lao Tsé veio a crer e ensinar que os homens deveriam viver uma vida simples, sem honrarias ou conhecimento. Sendo assim, ele renunciou o seu cargo e foi para casa.
Para evitar a curiosidade de muitos, Lao Tsé comprou um boi e uma carroça, e partiu para a fronteira da província, deixando aquela sociedade corrompida para trás. Ao chegar lá, o policial, um de seus amigos, Yin-hsi, o reconheceu e não o deixou passar. Ele advertiu Lao Tsé que deveria escrever seus ensinamentos, e só assim poderia cruzar a fronteira na região do Tibete.

Tao te Ching — o Livro Sagrado

Segundo a história, Lao Tsé, agora com 80 anos, regressou após três dias com os ensinamentos escritos em um pequeno livro com aproximadamente 5.500 palavras. Ele o denominou de “Tao te Ching”, o “Caminho e seu Poder” ou o “Caminho e Princípios Morais”. Logo após, ele montou em um búfalo e partiu para nunca mais voltar. Lao Tsé foi canonizado pelo imperador Han entre os anos 650 e 684 a.C. Segundo a história, ele morreu no ano 517 a.C.
Uma das facetas do “Tao te Ching” é ensinar ao povo como resistir às terríveis calamidades comuns na China. Ele diz que a pessoa deve sempre permanecer em um nível baixo, sem nenhuma ambição, e sem desejar sobressair sobre qualquer circunstância, a fim de sobreviver.

O Taoísmo religioso (Tao Ciao) surgiu na dinastia do imperador Han, no século II. Tchuang-tseu, um discípulo de Lao Tsé e filósofo chinês, que morreu no princípio do século III, desenvolveu e proliferou os ensinamentos de seu mestre.Tchuang-tseu escreveu uma média de 33 livros sobre a filosofia de Lao-Tsé, que resultou na composição de 1.120 volumes, os quais formam o Cânon Taoísta. Ele acreditava que o “Tao-te-Ching” era a fonte da sabedoria e a solução para todos os problemas da vida.
Para compreender a filosofia do Taoísmo, vejamos o que Tchuang-tseu pronunciou quando sua esposa morreu:
“Como posso me comover com sua morte? Originalmente ela não tinha vida, nem forma, e nem força material. No limbo da existência e não-existência havia transformação, e a força material estava envolvida. A força material se transformou em forma, a forma em vida, e o nascimento em morte. Da mesma maneira que acontece com as estações do ano. Ela agora dorme na grande casa, o universo. Para eu estar chorando e pranteando, será mostrar minha ignorância do destino. Por isso eu me abstenho.”

Os Ensinos de Lao Tsé

O credo do Taoísmo é: “Sujeite-se ao efeito, e não busque descobrir a natureza da causa.”
O Taoísmo é uma religião anti-intelectual, que leva o homem a contemplar e se sujeitar às leis aparentes da natureza, ao invés de tentar compreender a estrutura destes princípios. A doutrina básica do Taoísmo se resume em uma forma prática, conhecida como as “Três Jóias”: compaixão, moderação e humilhação. A bondade, simplicidade e delicadeza também são virtudes que o Taoísmo busca aparentar às pessoas.
Os ensinos de LaoTsé eram, em parte, uma reação contra o Confucionismo humanístico e ético daquele tempo, o qual ensinava que as pessoas só poderiam viver uma vida exemplar, se estivessem em uma sociedade bem disciplinada, e que se dedicassem aos rituais, deveres e serviços públicos. O Taoísmo, por sua vez, enfatizava que as pessoas deveriam evitar todo tipo de obrigações e convívios sociais, e se dedicassem a uma vida simples, espontânea e meditativa, voltada à natureza. Por isso, o imperador Shi Huang Ti mandou queimar os livros de Confuncio.

Segundo os ensinamentos do Taoísmo, o Tao (caminho) é considerado a única fonte do universo, eterno e determinante de todas as coisas. Os taoístas crêm que quando os eventos e coisas são permitidas existir em harmonia natural com a força macro-cósmica, então existe paz.
Tao — Deus: Apesar do Taoísmo originalmente ignorar um Deus criador, os princípios do Tao eventualmente tem o conceito de Deus. LaoTsé escreveu: “Antes do céu e da terra existirem, havia algo nebuloso... Eu não sei o seu nome, e eu o chamo de Tao.”
Yin e Yang: Eles consideram também que tudo no mundo é composto pelos elementos opostos Yin e Yang. O lado positivo é o yang, e o negativo, o yin. Esses elementos transformam-se, complementam-se e estão em eterno movimento, equilibrados pelo invisível e onipresente Tao. Yang é a força positiva do bem, da luz e da masculinidade. Yin é a essência negativa do mal, da morte e da feminilidade. Quando esses elementos não estão equilibrados, o rítmo da natureza é interrompido com desajustes, resultando em conflitos. Eles ensinam que da mesma forma que a água se modela dentro de um copo, o homem deve aprender a equilibrar seu Yin e Yang, a fim de viver em harmonia com o Tao. O filme “Guerra nas Estrelas” foi baseado na filosofia taoísta, em que a força universal existe e as pessoas determinam se a usam para o bem, ou para o mal.
Esta filosofia vai contrária a Teologia Bíblica. Deus é onipotente e a fonte de todo o bem. Lúcifer, hoje Satanás, foi criado por Deus, e por isso tem limites quanto à sua autoridade e poder. Como fonte do mal, o Diabo se opõe ao reino de Deus. Ele não é, nunca foi, e nunca será igual ou se harmonizará em sua oposição à Deus.
Embora formulado há mais de 2.500 anos, o Taoísmo influencia a vida cultural e política da China até hoje. Suas manifestações mais populares são o chi-kung, arte de autoterapia; o wu-wei, prática da inação; ioga; acupuntura; e as artes marciais wu-shu ou kung-fu.

Artes Marciais — É ensinado nas artes marciais como: kung-fu, caratê, judô, aikidô, tai-chi-chuan e jujitsu, que o equilíbrio da pessoa com o Tao é estabelecido quando a “Força” ou “Ch'i”, uma energia que sustenta a vida, flui no corpo e se estende a fim de destruir o seu oponente.
Acupuntura — Usando a mesma filosofia, eles vêm a saúde fisiológica como a evidência do equilíbrio do Yin e Yang. Se estes elementos estão desequilibrados, as enfermidades surgem. Eles ensinam que para restaurar a saúde necessita haver uma ruptura no fluxo do Yin e Yang, o qual é feito através de agulhas inseridas no corpo. Uma vez que o equilíbrio dos elementos tenham sido restabelecidos, a força do Tao pode fluir livremente no corpo trazendo a cura.
Ioga — Apesar da ioga não referenciar ao Taoísmo, ela incorpora a mesma filosofia da “Força” como sustentador da vida e da estética. O Taoísmo professa a longevidade e a imortalidade física pela perfeita submissão à ordem natural universal, através da ioga, meditação, prática de exercícios físicos e respiratórios, dietas especiais e mágica.

O Misticismo e o Taoísmo
Culto aos Ancestrais
Rituais de Exorcismo
Alquimia
Magia

Culto aos ancestrais: para os chineses, a maioria dos deuses são pessoas que tiveram poder excepcional durante a sua vida. Por exemplo, Guan Di, que é o deus protetor dos negociantes, foi um general dos anos 200 d.C.
Rituais de exorcismo: o Taoísmo possui um sacerdócio hereditário, principalmente em Taiwan. Esses sacerdotes dirigem rituais públicos, durante os quais, eles submetem as orações do povo aos deuses. O sacerdote principal, que no momento da cerimônia se encontra em transe, se dirige a outras divindades, representando outros aspectos do Tao, em favor do povo. O Taoísmo enfatiza que os demônios devem ser aplacados com presentes, a fim de assegurar a passagem do homem na terra.

Alquimia: química da Idade Média e da Renascença, que procurava, sobretudo, descobrir a pedra filosofal e o elixir da longa vida. O imperador Shi Han enviou expedições navais para várias ilhas, a fim de descobrir a erva da imortalidade. O imperador Wu Tsung tomou medicamentos taoístas para eterificar seus ossos. Os chineses buscam o Taoísmo para fins de cura e livramento de espíritos maus.

Magia ou mágica: arte oculta com que se pretende produzir, por meio de certos atos e palavras, e por interferência de espíritos (demônios), efeitos e fenômenos contrários às leis naturais. Os discípulos de Lao Tsé diziam ter poder sobre a natureza e se tornaram advinhos e exorcistas.

O Taoísmo na Atualidade

Na atualidade, o Taoísmo está dividido em dois ramos: o filosófico e o religioso.
O Taoísmo filosófico é ateísta e se diz ser panteísta. Ele trata levar o homem a uma harmonia com a natureza através do livre exercício dos instintos e imaginações.
O Taoísmo religioso é politeísta, idólatra e exotérico, pois consulta os mortos. Ele teve início no segundo século, quando o imperador Han edificou um templo em honra a Lao Tsé, e o próprio imperador ofereceu sacrifícios à ele. Somente a partir do século VII é que o Taoísmo veio ser aceito como religião formal.

O Taoísmo religioso possui escritura sagrada, sacerdócio, templos e discípulos. Também crêem numa nova era que haverá de surgir e derrotará o sistema estabelecido. Com o tempo, o Taoísmo aderiu deuses ao sistema religioso, crença do céu e do inferno, e a deificação de Lao Tsé.
O Taoísmo pratica o que Paulo escreveu aos Romanos: “Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.” A vida de virtudes éticas pode ser atrativa, mas falha quando se trata da natureza pecaminosa do homem. Respeitar as leis ou preservar a natureza é uma mordomia que o homem desenvolve para com a terra, mas nunca deve ser uma forma de devoção religiosa, acima do Deus Criador da natureza.
Antes do Comunismo tomar a China, para cada 11 chineses, um era taoísta. Suas práticas animistas tem diminuido na China, mas continua grandemente nas comunidades chinesas da Ásia. Apesar de não ser uma religião oficial nos Estados Unidos, seus princípios filosóficos são encontrados na maior parte das seitas orientais no Ocidente.

Atualmente, a religião conta com cerca de três mil monges e 20 milhões de adeptos em todo o mundo, sendo muito popular em Hong Kong, com mais de 360 templos.