quinta-feira, fevereiro 25, 2010

Minha Revolta face a tudo

Necessito desabafar, ando revoltada com problemas que me surgiram no emprego e não consigo resolver.Leio muitos testemunhas de pessoas com fibromialgia que lhes apareceu por volta dos 30-40 anos. Sinto-me injustiçada e revoltada como me tivessem roubado a minha vida, não tive oportunidade de a viver normalmente como os outros durante a minha "juventude". Sinto-me uma extraterreste ao pé das pessoas a minha volta. Tenho tantas dificuldades na vida profissional quer na minha pessoal. Quer sejam as dores, a intolerancia ao ar condicionado, quer seja pegar em pesos, quer seja cansaço, quer seja uma cadeira dura, tantos entraves que tenho na minha vida. Não consigo sair sem pensar em todos estes obstaculos. E o outro grande problema é que quase toda a gente não me entende, nem acredita em metade das minhas queixas. Olham para mim e acham que é fita ou má vontade, pois esta doença não deixa nenhuma marca fisica, que possa mostrar aos outros que ela realmente existe. Por vezes só me apetece rogra pragas, se esta gente sentisse isto na pele, calava-se num segundo.
Infelizmente esta doença não é fisica mas também atinge a parte emocional e psiquica. Pouco a pouco com a psicologa vou identificando os meus problemas ( a grande maioria já os sabia), porém não vejo como dar a volta a eles, pois isso implica mudar e eu não tenho conseguido. Mesmo que ela faça a abordagem de uma forma mais clara mostrando o ponto de vista das pessoas a minha volta e o meu, não consigo aceitar as coisas como são. Vou chegando ao ponto de desmotivação e frustração.
um abraço,
Lili

4 comentários:

Rê Paixão disse...

Olá amiga!

Visite meu blog:
http://www.maisbordados.blogspot.com

Beijos e boa semana!

Clara M. Machado disse...

Olha, pensa assim

Se você tem algo pra aprender com isso reze pra Deus te ajudar a aprender essa lição e procure na psicologia tb(isso me ajuda mto:)

Se essas pessoas tão erradas, deixa a Justiça Divina agir, tudo de mal que se faz ao outro volta pra ele em algum momento, neste ou em outra encarnação:P Meio cruel pensar isto, mas me conforma quanto estou com raiva e quero que alguém bata o carro num poste.


Um livro legal de psicologia é Emoções da Editora Summit Lighthouse do Brasil

bjs:*

Lili disse...

Olá!
Obrigada Clara pelos seus conselhos.
um abraço,
Lili

Ana de Brito disse...

Insistimos em olhar nossos problemas somente por uma única perspectiva. mude seu olhar, olhe para dentro de você e tente aprender qual é a função divina desta doença, acredito que as doenças comecem no nosso emocional, cure-se de dentro para fora, olha para dentro, não é fácil fazer mas tente não desista.Faça terapias alternativas que visam o seu conforto e fortalecimento emocional e espiritual, como Reiki, florais e outras tão maravilhosas.
Fique em paz.